• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

QuickFire

Produção da Xbox 360 custa 715$

17 mensagens neste tópico

Earlier numbers by Business Week may have reported that Microsoft is losing $126 on every Xbox 360 sold. That figure is now believed to be a bit higher by some. According to Insider Scoop, the world's largest software maker is losing upwards of $300 per console sold. From the article: "A high ranking friend at IBM, one that worked on the Xbox 360 chip design, tipped us regarding the real expenses involved in manufacturing the Xbox 360... 'It costs Microsoft approximately $715 to make, the manufacturing costs are still too high, another reason why they’re producing relatively small quantities.'”

If anyone has the money to blow, it's Billsoft. And if true, how long can the company stay in the red?

Fonte: http://www.joystiq.com/2005/12/28/xbox-360-costs-715-to-make/

Bem vou tentar perceber isto :D A M$ anda a perder acima de 200$ em cada consola que vende, sabendo que na china eles vendem em version premium ao preço da chuva, pergunto-me - O Uncle Bill está doido ? É que isso é querer passar a ainda não lançada PS3 de maneira radical mesmo... enfim :P Por mim podiam perder 720$ e mandar uma aqui para casa com tudo pago :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já na geração da Xbox e da PS2 foi assim. Perdem dinheiro no fabrico das consolas e vão buscar esse dinheiro nos jogos vendidos. :fartnew2:

Pode não parecer mas resulta, visto que os jogos vendem-se a preços exorbitantes, onde tanto a empresa que os fabrica como a empresa dona da consola ganha bastante por jogo. Compram-se muitíssimos mais jogos que consolas, logo os ganhso são muito grandes mesmo.

Cumps

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

e depois existem aqueles que xispam a console e sacam jogos da net :D

São uma minoria e não significam uma perda assim tão grande de lucro face aos verdadeiros lucros com jogos..

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

sinceramente eu axo k fazer isso é uma grande falta de respeito, pá é que não é um programa kk da m$ que os gajos sacam da net, é um jogo que se vende simplesmente 1 ou 2 milhões de unidades (nos jogos menos conhecidos) e uma estudio de produção gasta dois anos a trabalhar nele. (Pois, porque a m$ vende aos milhares de milhões...)

mas pronto é só a minha opinião

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

é sou totalmente contra o plágio mas ás vezes respeito certas situações. Todos nós sabemos que comprar uma consola que custa 400 € para depois ter apenas 1 jogo porque cada jogo custa 60 € não é agradável.. ora se as empresas produzem milhares de jogos e eu coitado deu 400 € por uma console e gostava de ter 5 joguinhos (5 * 60 = 300 €) tipo... é normal que o pessoal copie e não compre nada original.. porque 5 jogos ficam quase mais caros que a própria consola..)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

mas curtias trabalhar numa produtora de jogos e veres k bué pessoal joga a tua última produção, mas ninguém o comprou? é um bocado  mau...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

De facto as leis de marcado não são justas e dificilmente o serão. :hmm:

Um dos mercados que rege pela  mesma regra que as consolas, é o mercado das impressoras. As impressoras chegam a ser oferecidas aos assembladores para serem incluídas nos pc's. Vejamos o caso de uma impressora de entrada de gama custa 50€ ou menos. Os tinteiros para a impressora são vendidos a 30€ cada um. De facto um tinteiro saído de fábrica custa +/- 0.30 €. 30€ - 0.30€ = 29.70€ de lucro!!! Com a entrada em cena dos tinteiros por cada cor, isto aumenta e x2 para x4 ou x6.  :shocking:

No caso das consolas presumo que funcione +/- assim.

700 € - 300€ = 400€ de prejuízo (atenção que o prejuízo tende a diminuir com o passar do tempo, pois os custos de produção vão baixando :thumbdown:)

mas se contabilizarmos que 30% ou 50% (dependerá de uma negociação caso a caso) do preço de capa de um jogo vai para a microsoft 60€ * 30% = 18€

Se contabilizarmos que no mundo inteiro se vendem milhões de jogos teremos lucros enormes.

Além disso devem contabilizar-se o preço do acessórios originais, que por vezes são muito mais caros que outros do mesmo tipo.

No caso da Xbox ainda podemos contabilizar as subscrições dos pacotes web da Xbox, da integração com outros periféricos que usam software microsoft, outra das grandes apostas.

O que torna os jogos e o software caros é na maior parte dos casos são os revendedores. Se uma pequena empresa pensar em vender um software terá de o revender a um revendedor que depois o coloca num distribuidor. De 50€ de preço de capa apenas 10€ vão para o produtor, o resto é comido pelos bichos. E olhem que é f****** colocar software nas grandes superficies. De cada vez que se passa um elo da cadeia este fica com +/- 35% (ou +). O cliente final é que se lixa :rant_01: assim como o produtor.

Se quizer vender um software por 10€, e tendo em conta que o preço de produção pode ir até aos 2€ por unidade, e os revendedores comem 70% :rant_01:, fico com apenas um 1€ de lucro. Se investi 50.000€ para desenvolver o software (nem é tanto assim) teria de vender 50.000 unidades para pagar o investimento. Portanto para o mercado português é quase impossível vender software com uma boa investigação a baixo preço. O nosso poder de compra é fraco, mesmo assim quando olhamos para um software barato desconfiamos e preferimos copiá-lo a ajudar empresas a desenvolver bons produtos. :D

De cada vez que copiamos um software estamos a lixar a empresa que o desenvolveu, de for uma empresa nacional, poderemos estar a colocar uma pessoa no desemprego. :bye2:

Pensem nisso.

Com os melhores cumprimentos,

Sérgio Matias

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

São uma minoria e não significam uma perda assim tão grande de lucro face aos verdadeiros lucros com jogos..

Isso resume tudo! :D

No caso da minotia é mais ou menos como os Windows Ilegais... é certo q só 1 em cada 5 ou 10 utilizadores é q o tem legal.... mas a Microsoft ainda n se preocupa muito com isso... uma empresa q tenha 200 pc's são logo 200 licenças! :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

mas curtias trabalhar numa produtora de jogos e veres k bué pessoal joga a tua última produção, mas ninguém o comprou? é um bocado  mau...

eu se fosse de uma produção de jogos nunca lançaria um produto a 60 €..

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

tu se fosses para uma equipa de produção não te iriam perguntar se concordavas ou não.

e não te esqueças que não é só um salário para pagar, são montes deles, mais custos de produção, mais a margem de lucro para a empresa.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

pois é verdade.

mas a maior parte das vezes os jogos para uma determinada plataforma têm um preço médio, as empresas apenas se limitam a vender +/- a esse preço.

Por exemplo, na 360 a Microsoft está a vender os seus jogos a 60€ e picos e a EA está a vender a quase 70€ ou mesmo isso.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

correcto mas eu não posso pensar nos coitados que vão para o desemprego porque os bois que conduzem a carroça roubam e não é pouco se formos por aí tu por ex tens carne no lidl da mesma qualidade que do talho mas no talho o chefe em vez de 20 € poe a 50 , tu vais comprar no talho porque se nao eles ficam sem emprego, nao ando alimentar xulos , sabes qual é o problema ? é quererem crescer rápido, e podem dizer que não tenho espirito de programador , mas estou mais dentro do assunto do que tu pensas, tenho muita gente na familia no ramo e só te digo que uma das pessoas da familia produziu um software educativo , foi lançado nas grandes instituições como fnac etc e para ele nem vou dizer publicamente quanto por cento ele ganhou porque parece miserável, e por isso dizem que trabalho de programador é de pobre e é tipo escravo, pois é porque os outros tem a mania que são os herois e no fundo quem faz o trabalho todo somos nós.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

pois era o k estava a dizer. só que em vez de 1 programador imagina quantos tens.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

pois mas por isso mesmo é que os coitados dos programadores sofrem pela riqueza dos outros, tipo para promoveres um jogo ou para que consigas por o jogo á venda numa fnac etc não precisas de HORAS , MESES, ANOS de programação, não precisas de deixar de dormir dias e dias , e quem o faz no fim ganha uma miséria ? e os outros andam de porshe á pala do que eu fiz e ando num fiat uno ?  é daquelas coisas que enfelizmente ou tu tens uma empresa que fazes tudo, és analista , és gestor de projectos , és programador ou andas a levar no "cu" a todo o momento e por isso aquela andedota de comparar prostitutas com informáticos cada vez me deixa mais pensativo...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

pois mas por isso mesmo é que os coitados dos programadores sofrem pela riqueza dos outros, tipo para promoveres um jogo ou para que consigas por o jogo á venda numa fnac etc não precisas de HORAS , MESES, ANOS de programação, não precisas de deixar de dormir dias e dias , e quem o faz no fim ganha uma miséria ? e os outros andam de porshe á pala do que eu fiz e ando num fiat uno ?  é daquelas coisas que enfelizmente ou tu tens uma empresa que fazes tudo, és analista , és gestor de projectos , és programador ou andas a levar no "cu" a todo o momento e por isso aquela andedota de comparar prostitutas com informáticos cada vez me deixa mais pensativo...

Hey olhem lá as comparações. Sou um 'informático' há uns tempos e nunca sequer pus a hipótese de me tornar um prostituto no futuro ao ser engenheiro... :D

Acredito que ainda não se dê o valor suficiente ao programador, pelo menos aqui no nosso país. Mas acredito tambem que se fores para o estrangeiro (leia-se EUA, Japão, Alemanha, Holanda ou países nórdicos) um programador é visto como um intelectual sem precedentes, como um matemático ou como um homem cheio de talento e que há que aproveitar todo esse talento para o benefício dos projectos com a bandeira desses países.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora