• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Rui Carlos

AMD lança chipset com vídeo ATI Radeon

2 mensagens neste tópico

A AMD apresentou nesta quinta-feira (01/03) a nova família de chipsets AMD 690G para desktops de mesa, o primeiro resultado da aquisição da ATI, fechada em julho do ano passado.

O objetivo do lançamento da linha 690G é oferecer ao mercado uma plataforma de computação que seja capaz de executar aplicações de vídeo em alta definição (HD), cujo interesse deve aumentar com a inclusão do aplicativo de Media Center no Windows Vista Premium e, desta forma, abrir perspectivas interessantes do uso do PC em aplicações de home theater.

Por isso, um dos grandes atrativos é a implementação de uma aceleradora gráfica baseada na GPU ATI Radeon série X1250, capaz de reproduzir imagens em alta definição e saída HDMI e DVI.

Segundo o diretor de marketing da divisão de chipsets da AMD, Reuven Soraya, a combinação de uma placa-mãe com chipset 690G e um processador Athlon 64 x2 e um leitor de HD DVD seria uma solução completa de leitura, processamento e reprodução de vídeo em alta definição a um preço bastante atraente para o usuário final.

Para aqueles não interessados nesse recurso, a empresa oferecerá uma versão mais simples, sem suporte para HDMI: é o AMD 890V, baseado na aceleradora gráfica X1200.

Quando questionado sobre o desempenho dessa plataforma com um processador Sempron no lugar do Athlon 64 x2, o executivo disse que o suporte para vídeo de alta definição seria comprometido. Ou seja, o 690G ainda depende muito do processador para obter o melhor resultado.

Reuven  revelou ainda que o sucessor do 690G — chamado de série 700 e previsto para o final desse ano — terá total capacidade de processamento de vídeo em alta definição no próprio chipset e suporte para DirectX 10. Com isso, seria possível ter alta definição mesmo usando um processador Sempron.

[...']

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A fabricante de processadores AMD comprou a ATI em outubro do ano passado, mas só agora apresentou os primeiros chipsets produzidos com a tecnologia que incorporou da ATI, famosa por sua produção de placas de vídeo.

Chamada de AMD 690, a série de chipsets tem modelos voltados para o mercado corporativo e doméstico de alta performance, para processar games e aplicativos multimídia.

O modelo 690 G, por exemplo, é compatível com vídeos em alta definição (saídas DVI/HDMI) e suporta drives de leitores HD-DVD e Blu-ray. Os chipsets da linha 690 têm ainda dois controladores de display independentes, o que permite o uso de até quatro monitores ao mesmo tempo.

Os novos chipsets devem chegar ao mercado integrador em dois meses, prevê a AMD.

A linha usa tecnologia que permite processar até 1,07 bilhão de cores, processa imagens em 10 bits e é compatível com placas-mãe das principais marcas, como ASUS, MSI, Foxconn e Biostar.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora