• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

magician

Ruby sim ou não ?

19 mensagens neste tópico

Boas como já estou um bocado farto de programar em Java, C, php etc... pensei em aprender por conta própria outra linguagem pensei em Ruby, principalmente por ser uma linguagem totalmente OO que é uma metodologia que gosto bastante talvez por estar habituado a Java.

Mas agora a questão que coloco é se vale a pena aprender Ruby ? Já vi algumas coisas e não me pareceu muito complicado.

Já agora uma coisa que ainda não consegui descobrir Ruby é interpretada com Java e Python ou é apenas executada como C e C++.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pa, eu tive também a comecar a dar uns toques em ruby, e acho que vale a pena.

É uma linguagem com um grande potencial.

Ruby é interpretada como python

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu comecei também a dar uns toques em _ruby_ e é muito fácil de aprender.

Gostei muito.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já agora podiam dar algumas informações sobre o desempenho é que linguagem interpretada e relativamente pesada já tenho o Java LOL :thumbsup:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu digo não. Em primeiro lugar porque acho esta cena das linguagens puramente orientadas a objetos uma idiotice de todo o tamanho.

Em segundo lugar porque não existe nada de jeito decentemente desenvolvido em ruby. Ah e tal esta biblioteca escrita "paramente em ruby" bla blablablabla.. vais a ver melhor e está tudo em fase de desenvolvimento há anos, nada funciona em pleno, é só coisas que vão ser o melhor que existe quando existirem elas próprias de forma decente.

O que eu procuro numa linguagem de programação é liberdade. E isso só se consegue se houver um leque decente de bibliotecas extensivamente documentado e que esteja acessível ao programador. O que não é de todo o caso do ruby.

Forçar práticas ao programador e dizer: "tens k fazer assim porque de outra maneira é pior, por isso fazes assim ponto final" é um grande erro.

Por exemplo... comparando php com python...

isto, na minha opinião é uma aberração

pagina = urllib2.urlopen(url).read()

quando comparado com isto:

$pagina = fopen($url);

Se por outro lado, quiseres aprender uma linguagem por ser cool e fazeres boa figura, aí força, um "eu programo em ruby" faz um figurão do carago.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
É muito mais leve e pratica do que java (e mais rápida)

Rápida, quão rápida? Em que situações? Baseado em que testes?

O Java pelo menos pode ser compilado nativamente :thumbsup:

Se é uma linguagem a aprender? Sim, penso que sim, não pela questão da velocidade :D. Mas tens de ter noção que é apenas mais uma linguagem orientada a objectos e interpretada. Eu pretendo aprender um pouco mais, tal com pretendo aprender mais de D. Mas não é uma linguagem que se tenha muita fama, muita gente não conhece, eu praticamente não conheço programa feitos em Ruby e, apesar de se encontrar muita documentação, é ainda considerada uma linguagem sem grande sucesso.

É apenas mais uma no meio de tantas, acho a motivação para aprender deve ser mais do que estar um "bocado farto de programar em Java, C, php etc...". Até porque, por mais farto que estejas de programar em Java, ou outra, de certo não tens um conhecimento profundo de nenhuma. Para mim, saber pouco de muitas linguagens é o mesmo que não saber. Mesmo que não te queiras especializar, e que pretendas ter o maior número de conhecimentos possíveis, é necessário ter bases.

A questão é: tens fortes conhecimentos de POO para aprenderes outra linguagem OO?

Penso que se não os tiveres acabas por saber programar OO um bocadinho em Java e outro em Ruby, o que leva a que não saibas POO.

Bem, sou capaz de me ter desviado do objectivo :cheesygrin:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Relativamente existir poucos projectos em Ruby também já tinha reparado nisso esse foi tambem um dos motivos que me deixou na duvida.

Acho que vou deixar Ruby para daqui a mais um tempo :thumbsup:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

pessoalmente, não está nas minhas prioridades.

acho que essa é uma daquelas linguagens que se aprende por gosto, por isso se gostas de Python vai em frente, caso contrário não me parece que seja essencial à tua formação.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

pessoalmente, não está nas minhas prioridades.

acho que essa é uma daquelas linguagens que se aprende por gosto, por isso se gostas de Python vai em frente, caso contrário não me parece que seja essencial à tua formação.

Também não está nas minhas prioridades, mas há gostos para tudo. Acho que se queres aprender uma linguagem podes escolher uma que seja requisitada pela maioria do mercado de trabalho. C# é um exemplo disso, vejo inúmeros anúncios a pedir programadores de C#. E para ti não deve ser difícil porque deves dominar bastante bem Java.

Caso contrário vai para a linguagem do momento - Python :thumbsup:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu não sei dizer se devias aprender ou não, isso depende dos teus objectivos com programação...

Ruby é um pouco mais lento que Python e mais lento que Java, que é pre-compilado. Agora as vantagens, muito fácil de aprender, sim não existem certas bibliotecas, outras ainda estão em desenvolvimento, mas também podes contar com brindes como XML e RSS parsing built-in, entre outras...

Sobre a aberrações, considero que:

for (int i=0; i<size(list); i++)
{
   list[ i ];
}

é uma aberração, ao invés de simplesmente:

for element in list
   element
end

Depois em Ruby também tens algumas propriedades que facilitam a leitura de código, como:

5.times { print "Ruby" }
1.upto(10) { |n| puts "Ovelha #{n}" }

Também não gosto de me preocupar até que valores as minhas variáveis suportam, nem de criar uma nova variável cada vez que quiser mudar de tipo um valor.

Pode-se dizer que Ruby é um pouco mais virada para web, ou pelo menos é usada mais nesse sentido, daí tender para mais bibliotecas e funcionalidades. Foi graças às suas propriedades que foi escolhida para ser usada na framework Ruby on Rails, a framework web do estilo MVC mais usada actualmente.

Ah, e para fazer figurão, dizer que programo Lisp dá mais efeito...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

É uma aberração:

for element in list
   element
end

Ao invés do simples...

foreach ($list as $element)
    statement

Pronto pronto, era só para meter nojo... a verdade é que são ambos simples, ou seja, o exemplo que tu deste é inválido...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

É claro que o exemplo que dei era referente às linguagens C/C++ e Java, não a PHP claramente, outra linguagem interpretada...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

É claro que o exemplo que dei era referente às linguagens C/C++ e Java, não a PHP claramente, outra linguagem interpretada...

por acaso o Java 5 também introduziu uma forma mais simples de percorrer listas e coisas do género.

for(Object element:list)
  <statement>

mas normalmente linguagens como Ruby, Perl, Python, PHP, etc. tendem a arranjar formas alternativas (mais simples) de fazer as coisas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Acho que vou dar uma passagem por python para ver como é :thumbsup: Já que todas as principais linguagens que sei tem todas mais ou menos a mesma sintaxe (Java, C, PHP, C#) vou ver Python que é diferente e tambem dizem ser muito simples de usar.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

lol.

Neon pannock, eu estava já a fazer scroll down para te responder, mas nem cheguei ao fim da página pois o nazgulled escreveu exactamente o que eu ia escrever. O exemplo n é valido para php que é a linguagem que eu usei na comparação inicial.

Haverá outros contra exemplos. Eu só chamei a atenção para o facto de haver opiniao para alem dos contos de fadas das linguagens puramente orientadas a objectos.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora