• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

hister

GooTube Elimina 29,549 videos

4 mensagens neste tópico

A total of 29,549 videos were deleted from video streaming site YouTube following a request from copyright-related rights organizations, NHK and other broadcasters, the Japanese Society for Rights of Authors, Composers and Publishers (JASRAC) said Friday.

The collective request to delete the videos was made by 23 businesses and organizations. Parties included public broadcaster NHK and private television stations.

YouTube is a site allowing users to freely watch uploaded videos, which include clips from Japanese television programs, but in most cases, permission to post the videos has not been obtained from the copyright holders, and JASRAC and other organizations in Japan view them as a violation of copyright.

Under U.S. law, items are not considered illegal if they are deleted in line with requests, but there are a huge number of videos uploaded on the site, and if the videos are downloaded before they are deleted, the damage can't be prevented.

The aim of the collective request to delete the large number of videos was apparently intended to underline the seriousness of the problem to YouTube. (Mainichi)

Fonte: http://mdn.mainichi-msn.co.jp/entertainment/news/20061020p2a00m0et018000c.html

logo_tagline_sm.gif

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Paa quem não percebe inglês:

O site de vídeos YouTube, recentemente comprado pelo Google, removeu 29.549 arquivos do seu sistema a pedido de um grupo de empresas de comunicação do Japão que alegava que os registos violavam os direitos de autor

Vídeos com programas de televisão, músicas e filmes foram publicados no site sem autorização dos detentores dos direitos de autor, informou a Japan Society for Rights of Authors, Composers and Publishers em comunicado.

O grupo, que representa 23 empresas de comunicação que incluem redes de TV e distribuidores de filmes, informou que pediu ao YouTube para definir medidas que impeçam a publicação de conteúdos não autorizados. A entidade também fez um apelo para que os cibernautas não publiquem vídeos que violem as leis sobre direitos de autor.

O YouTube, que transmite mais de 100 milhões de vídeos por dia, tem sido alvo de várias críticas relacionadas com os direitos de autor, mas afirma que não reúne condições para acompanhar a autenticidade dos arquivos.

Fonte: Diário Digital

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
a pedido de um grupo de empresas de comunicação do Japão que alegava que os registos violavam os direitos de autor

Vídeos com programas de televisão, músicas e filmes foram publicados no site sem autorização dos detentores dos direitos de autor, informou a Japan Society for Rights of Authors, Composers and Publishers em comunicado.

Ou seja, adeus anime via Youtube

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora