• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

Web resistiria a onda de ataques, diz estudo

4 mensagens neste tópico

Um estudo organizado pela Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, simulou os efeitos de ataques em massa à infra-estrutura de vários pontos da internet no mundo.

A pesquisa simulou ataques a múltiplos backbones da web e a várias redes comerciais e acadêmicas dos Estados Unidos.

Os resultados mostraram que os ataques prejudicariam fortemente a estabilidade da internet e causariam queda na velocidade das conexões e tráfego de dados.

A troca de arquivos leves, como e-mails e download de páginas HTML, no entanto, seria afetada muito superficialmente.

De acordo com o pesquisador Morton O’Kelly, há tantas conexões dentro da internet que é muito difícil o ataque a pontos específicos de sua infra-estrutura causar danos sérios ao tráfego de dados pessoais e estratégicos.

O estudo simulou os efeitos de um eventual atentado terrorista ao sistema de internet dos estados Unidos. O resultado da simulação, diz O´Kelly, atende às expectativas que motivaram a criação de redes de computadores interligadas no final dos anos 60, o que acabou gerando a internet comercial.

Naquela época, período de guerra fria, especialistas americanos desejavam criar uma rede de troca de dados que pudesse escapar de ataques sistemáticos em caso de guerra.

Fonte: IDG NOW!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Acho que também é pouco provável acontecer uma tragédia na internet. Estamos demasiado à frente e existem milhões e milhões de conexões dessas.

Nem que atacassem os pontos fulcrais, existiria sempre a net via wireless por exemplo...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

e virtualmente impossivel alguem controlar ou deitar e net abaixo, sao muitas coisas,

um ataque desses levaria ate anos a planificar, e ai ja era tudo diferente...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Poder-se-ia acabar a internet mas não a intranet. Por exemplo se os backbones portugueses fossem abaixo (quero diz as ligações externas de Portugal) continuavamos com a intranet fornecida pelos ISP e poderiamos aceder ainda à antiga internet pocausa de proxies (que muitos ISP portugueses devem usar).

Cumps 8)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora