• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Hipnoted

Microsoft recorre aos conhecimentos de hackers

1 mensagem neste tópico

A líder do software mundial marcou presença na maior conferência de segurança informática realizada em Kuala Lumpur, Malásia, no final de Setembro. O evento, que dá pelo nome de Hack in the Box, contou com a participação de hackers vários pontos do mundo e também empresas especializadas na segurança informática. A ida de responsáveis da Microsoft ao local tem por objectivo preparar o lançamento do Windows Vista e também pôr termo à postura “isolacionista” face ao mercado.

À BBC a gestora do Programa de Segurança da Microsoft, explicou a ida ao maior evento de segurança informática do seguinte modo: «Vamos a conferências, como a Hack in the Box, para interagir com a comunidade de investigadores, aprofundar as relações existentes, conhecer as novas tecnologias, ferramentas e metodologias, e especialmente para sabermos como podemos tornar os nossos produtos mais seguros e manter os nossos clientes a salvo».

A Microsoft sabe que é nas principais conferências de hackers (termo conotado com pirataria, mas que designa apenas entendidos que descobrem falhas de segurança) que se conhecem as principais tendências e que as revelações mais “escandalosas” em relação à segurança de algumas das aplicações mais populares costumam ser trazidas a público.

Aos participantes das conferências, a presença da Microsoft não tem passado desapercebida. «Toda a gente vê a Microsoft como o grande império do mal que nunca vai poder ser mudado por ninguém, mas na realidade a empresa está a mudar. Eles estão a fazer vários esforços para comunicar com investigadores e a comunidade em geral. Estão a convidar pessoas para a sua sede, para que lhes digam o que está mal com os seus códigos e também sobre as formas como podem resolver essas falhas», comenta Mike Davis, da Honeynet.

Há quem mantenha uma posição menos optimista quanto aos reais interesses da Microsoft em conferências de segurança informática. Joanna Rutkowska, uma perita de segurança da Coseinc, revela que, numa conferência similar organizada em Sigapura, durante o mês de Julho, deu a conhecer uma forma de superar as defesas do código-nuclear do Vista, que dá pelo nome de Kernel.

A responsável da Coseinc falou com técnicos da Microsoft, mas afirma que estes não se terão mostrado suficientemente interessados em fazer algo para eliminar a falha de segurança.

Fonte: Exame Informática

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora