• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Knitter

Como iniciar/terminar serviços em linux de forma simples.

13 mensagens neste tópico

Boas!

Tenho estado a migrar para linux e apesar de alguns problemas que ainda encontro estou relativamente satisfeito, no entanto começo a sentir falta da facilidade com que trabalho em windows ;).

Tenho instalado no meu portátil um servidor apache e mysql que uso para as aulas e para desenvolvimento no entanto não quero que os servidores estejam sempre a correr quero que se iniciem apenas quando eu quero e terminem quando eu mando e tudo isto à distância de um clique de rato. Existe alguma forma de conseguir isto?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Todos os serviços linux podem ser 'desligados' de se iniciar no boot. Depende por vezes da distro a sua simplicidade. Sei que em mandriva tens uma ferramenta muito simples para arrancar serviços ou pará-los assim como para os por a arrancar (ou não) no boot. Diz qual é a tua distro que pode ser que além saiba o nome da ferramenta adequada.

Cumps 8)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

My bad!

Realmente devia ter indicado a distribuição... Uso Kubuntu, uma variante do Ubuntu com o KDE.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

não dá para criar uma script com os comando a ser executados e depois criar um icone que correr essa script?

pelo menos no menu dos programas do KDE dá para criar um novo item e definir qual o executável que é corrido quando clicamos lá...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Gostava que uma vez na vida uma resposta a uma pergunta que faço sobre linux não envolva criar um script ;)

Bem posso sempre tentar, o que eu queria saber, e talvez não me tenha explicado é, basta remover os links das pastas de arranque? É essa a forma correcta ou essa é uma forma que funciona?

Já tinha pensado em criar os scripts, ou na pior das hipóteses criar um painel usando python, com meia dúzia de botões para ligar/desligar os serviços.

O que eu queria era uma coisa parecida com o painel do xampp que existe para windows. Tem lá as aplicações, como o apache, servidor de ftp, mysql, etc., e depois tem opção para colocar como serviço de windows, parar/ligar o serviço.

Queria uma coisa simples que não demore mais de 30seg a implementar, não tenho tempo para perder com soluções mais lentas, para isso continuo a trabalhar em windows :D

Peace.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

$ps -Aw -H

$kill -9 <processo>

Demora-te menos de 10 segundos ;) Sei bem que queres fazer isso à distância de um clique de rato, mas por vezes a consola facilita-te bastante a vida, e para quê complicar? :D

abraços, HecKel

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Faz isso à homem ;) ali numa shell:

service <serviço> [start|stop|restart]

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

$ps -Aw -H

$kill -9 <processo>

Demora-te menos de 10 segundos ;) Sei bem que queres fazer isso à distância de um clique de rato, mas por vezes a consola facilita-te bastante a vida, e para quê complicar? :D

abraços, HecKel

para quê o '-9'?

ou até, para quê o 'kill'?

os aplicativos devem ter comando para os terminar, não?

se é para ir à consola, então cria-se um ficheiro com os comandos para parar os programas e depois é só fazer 'source <nome_ficheiro>', ou até podemos definir um 'alias' para quando escrever-mos 'stop' (por exemplo) parar todos os programas. é claro que isto é se quisermos usar a consola, mas o Knitter queria algo que se fizesse num clique...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sei bem que os programas devem dar para terminar de outra forma, o exemplo que é para "matar um processo".

Sobre o -9: http://unixhelp.ed.ac.uk/CGI/man-cgi?00+00

E sim, eu sei que ele quer algo "visual", também referi isso no meu post ;) O que escrevi foi uma forma para "desenrascar".

abraços, HecKel

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

eu sei para que é o '-9'. trata-se do sinal 'KILL', que não é interceptado pelo processo em causa, e como tal temos a certeza que ele é morto.

mas se fizeres apenas 'kill' o sinal enviado é o 'TERM', que pode ser interceptado pelo processo, permitindo que este termine de uma forma mais "saudável" (pode, por exemplo, fechar os ficheiros que encontrem abertos ou terminar outros processos que ele tenha iniciado...).

devemos sempre fazer 'kill <pid>' e só se este não funcionar é que usamos o 'kill -9 <pid>', isto, é claro, se o programa não fechar "sozinho"...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu tenho um aplicativo no meu kde chamado ksysguard onde podes terminar processos simplesmente (podes usar o vcn para controlar o desktop remotamente). É +/- como carregas alt+ctrl+del no windows, mostra todos os processos a correr e podes parar, no entanto não podes eliminar no arranque.

Cumps 8)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Boot UP Manager serve?

Se se encontrar no repositório do ubuntu e não instalar 1001 bibliotecas gnome no meu kubuntu então vou dar-lhe uma oporunidade.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora