• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Hipnoted

Gestores reconhecem virtudes do Plano Tecnológico

9 mensagens neste tópico

Cinquenta e nove por cento dos gestores portugueses consideram que as medidas levadas a cabo pelo Governo no âmbito do Plano Tecnológico estão a contribuir para a inovação e modernização das empresas nacionais.

A conclusão é de um estudo encomendado pela Accenture e pela SAP onde 40 por cento dos dirigentes entrevistados consideram no entanto que a competitividade da economia nacional não se alterou.

Uma opinião diferente têm 32 por cento dos inquiridos que notam mudanças a este nível. Vinte sete por cento são mais pessimistas e consideram que a competitividade da economia tem mesmo vindo a piorar.

Num futuro próximo os gestores consideram que as Tecnologias da Informação serão um dos motores de crescimento da economia, que no entanto recolherá mais benefícios da performance do sector do turismo e lazer.

O estudo destaca ainda a importância de uma política fiscal adequada ao desenvolvimento económico e da flexibilização da legislação laboral.

Os inquiridos consideram que a par destas questões, o Governo deveria dar prioridade a aspectos como a modernização da justiça, reforma efectiva da Administração Pública e incentivos fiscais à formação da força de trabalho. Estes aspectos são prioritários para mais de 50 por cento dos inquiridos.

Para os próximos dez anos os gestores identificam como factores chave para alcançar o êxito factores como a competitividade preço/custo, a melhoria da qualidade dos produtos/serviços e um posicionamento claro e diferenciado.

O estudo A Gestão Empresarial em Portugal em 2006 foi encomendado pela Accenture e pela SAP à Escola de Direcção e Negócios. Setenta e seis por cento das empresas participantes têm capitais portugueses e 59 por cento mais de 250 trabalhadores.

Fonte

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu concordo com o que disse a maioria dos gestores. Para conseguirmos ter uma economia mais competitiva precisamos, em primeiro lugar, de resolver as questões pendentes: os 200 mil funcionários-fantasma que continuam a receber na Administração Pública, adoptar os tais métodos de resolução de problemas que já se começam a ver na justiça de modo a libertar um pouco o trabalho dos tribunais e incentivar á criação de empresas, á criação de produtos nacionais.

No geral, penso que o Governo actual tem feito um trabalho muito razoável comparado com os governos anteriores e julgo que finalmente começamos a caminhar no bom caminho.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

No geral, penso que o Governo actual tem feito um trabalho muito razoável comparado com os governos anteriores e julgo que finalmente começamos a caminhar no bom caminho.

Eu também acho que no que diz respeito a novas tecnologias, o governo actual tem dado o exemplo! Num curto espaço de tempo, quase todas as medidas que faziam parte do plano tecnológico foram postas em acção.

Parece que finalmente temos alguém que poem em prática as acções em vez de ficarem sempre no papel!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pela primeira vez tambem estão a ser tomadas medidas que não são de caracter eleitoralista, e medidas nas quais somos pioneiros na Europa o que é inédito.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pela primeira vez tambem estão a ser tomadas medidas que não são de caracter eleitoralista, e medidas nas quais somos pioneiros na Europa o que é inédito.

Sim, é inédito neste país. O governo actual tem trabalhado bem. Eu julgo que a maior diferença entre este governo e os anteriores, é que os anteriores governavam para lá continuar no mandato seguinte; este governo colocou um programa eleitoral na mesa e está a esforçar-se ao máximo para o cumprir. Acho que foi o Winston Churchill que um dia afirmou: "Só quero no meu governo os que lá não queiram estar!"  :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Apesar de estar a governar com uma politica de direita, acho que está a tomar as medidas necessárias e que até hoje ninguem tinha tido coragem para as tomar sob pena de não renovarem o mandato.

Pela primeira vez temos um governo com coragem, e que não tem medo de tomar decisões, basta vêr que a oposição tem sido pouca e quando se opõe não apresentam medidas mais eficientes.

É de louvar !

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Apesar de estar a governar com uma politica de direita, acho que está a tomar as medidas necessárias e que até hoje ninguem tinha tido coragem para as tomar sob pena de não renovarem o mandato.

Política de direita? Como assim? Não te estás a referir ao pacto que foi feito aqui há uns tempos sobre a questão dos tribunais pelo PS e PSD, sob a assinatura e concordância do Cavaco Silva pois não? É que isso para mim foi um mero acordo que beneficiava o país, uma atitude que deu confiança aos portugueses. Pactos destes, em determinadas situações são louváveis.

Pela primeira vez temos um governo com coragem, e que não tem medo de tomar decisões, basta vêr que a oposição tem sido pouca e quando se opõe não apresentam medidas mais eficientes.

É de louvar !

É bem verdade. Não tenho ouvido queixas do Bloco de Esquerda nem do Partido Comunistra e o PP tem andado muito calado. Acho que está tudo a correr bem, uma coisa que já não víamos há muitos anos. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

deathseeker25, o Ridelight tem razão. O Sócrates está a levar a máxima "a política é como tocar violino, agarra-se com a mão esquerda e toca-se com a mão direita", ele estás a fazer o mesmo que o Tony Blair: ganhou à esquerda e governa à direita (agora pareço um tipo do PCP a falar :P).

Mas da solução não faz apenas parte os funcionário públicos (agora estão na berra, mas não é só por ai), necessitamos de uma justiça que funcione: uma boa justiça é a base de qualquer país desenvolvido, é a justiça que permite a que se não se fazem as coisas como deve ser, há penalizações.

Reparem que se eu for vosso cliente e nunca vos pagar o que devo, vocês ficam a arder, se recorrerem à justiça portuguesa, continuam a ficar a arder pois a justiça não funciona correctamente. Ou seja, compensa "jogar sujo", pervertendo a economia, onde vocês podem ficar em graves dificuldades e até despedir pessoas e fechar as portas.

Se for numa suiça, numa inglaterra ou nos eua, a coisa "pia mais fininho", se eu não vos pagar, vocês levam-me à justiça que é rápida e implacável, pelo que eu tenho de me portar bem caso contrário as sanções são tão altas que eu é fico entalado. Isto permite que as regras económicas funcionem correctamente e que a economia seja sadia.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Apesar de estar a governar com uma politica de direita, acho que está a tomar as medidas necessárias e que até hoje ninguem tinha tido coragem para as tomar sob pena de não renovarem o mandato.

Eu não acho que o actual governo tenha uma política de direita, nem de esquerda, ... Mas sim de centro, isto é, sabe olhar para os problemas de todos. Nem defende os mais ricos nem os mais pobres mas sim a todos os portugueses.

Isto é a minha opinião, mas digo desde já que não votei neles nas últimas legislativas. Têm-me surpreendido pela positiva...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora