• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

flabron

Ubuntu vs Debian

17 mensagens neste tópico

Vi isto no digg.com, é um link de um blog onde o escritor "explodiu" com a moda do Ubuntu. É bastante interessante, e concordo bastante com alguns pontos que ele menciona assim como discordo de outros. Penso que o Ubuntu não passa de uma cópia de Debian, e tornou-se numa moda autentica tirando bastantes créditos á distro que está por detrás do Ubuntu (Debian), mas no entanto não tenho nada contra quem use, eu próprio já usei, mas fiquei-me pelo Debian. Deixo a cabo cada um ler e tirar as suas próprias conclusões.

Leiam 1º este

http://techanchor.blogspot.com/2006/08/stfu-ubuntu-users.html

e só depois este

http://techanchor.blogspot.com/2006/08/ubuntu-vs-debian-what-canonical-doesnt.html

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem, reconheço nessa personagem uma posição bastante extremista. Mas não posso deixar de concordar em alguns pontos...

Mas no fundo há-de ser sempre a velha guerra entre quem verdadeiramente percebe e quem não percebe, antes protagonizada pelos linux user's vs. windows user's. Com os windows users a invadirem distros como Ubuntu, passa a ser a regra entre a malta hardcore, e a noobaria que invade os Ubuntu, e para a qual o Ubuntu é feito.

Não tenho nada contra o Ubuntu, e sinceramente recomendo-o quase sempre, já lá estive e gostei... mas achei que precisava de algo mais, algo que o Gentoo deu-me.

Fiquem bem;):D;)

P.S.: deve ser de facto inglório para o pessoal do Debian ver o seu sistema apt-get tão facilmente atríbuido a algo exclusivo do Ubuntu.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Realmente não posso de deixar de concordar que o Ubuntu é uma grande cópia do Debian.

A minha primeira distro foi CM, assim como a de muitos. Depois de andar uns tempos a saltar de distro em distro acabei por ficar no Ubuntu uma vez que havia um tutorial para o Ice Data 500 e já podia usar e tal. Mas à uns tempos comprei um router e esse prob desapareceu. Decidi exprimentar então Debian (Gentoo tb já vou exprimentar futuramente :D ). Instalei (usei net-instal) e ao iniciar vejo tudo igual... De ínicio não me admirei muito porque era o gnome e isso, gnome é igual. Mas quando começo a ver as tools.... IGUAIS.

A única diferença residia em que o Debian não instalava tanta tralha como o Ubuntu, logo não corria tantos processos, logo era um bocado mais estável.

Para mim o Ubuntu tem uma coisa boa: o ShipIt e a promoção que está a fazer do GNU/Linux. Mas sinceramente preferia ver o Ubuntu como uma distro inovadora e não como uma cópia.

Filho de Peixo sabe nadar :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu uso Ubuntu, dou-me bem com ele, já tinha lido alguns post's do _JR_ a falar sobre o Ubuntu ser uma grande cópia do Debian e NON ME GUSTA cópias :\ por isso estou capaz de dizer que a próxima Distro a experimentar vai ser o Debian :D

Fiquem Bem []

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não sou propriamente um opositor ao Ubuntu mas tens razão julgo que no tópico "Já é da praxe" disse isso :D

Mas exprimenta que ficas bem servido :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Vais experimentar Gentoo _JR_? Depois fala-me nisso que dou-te suporte... :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não é para exprimentar já amanhã nem nada do género :thumbsup:

É algo que tenho na cabeça.... :thumbsup:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pessoalmente Ubuntu para mim é mesmo muito mau, alias nem entra na minha lista de distro de linux :thumbsup:

Para aquem usa ubuntu aconselho a esperimentar Slackware(só para aqueles que querem mesmo dominar linux :thumbsup:), Suse(baseado em slackware, mas mais automatico e menos nativo), Alinex(:thumbsup:) são as minhas sugestões :D

Pesso desculpa pela parte de off-topic :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

"So, I'm going to more or less ask the question, is Ubuntu's success really due to the OS itself or the successful marketing of a highly branded version of Debian?"

Answer: The second one.

Por mim que custe, grande parte das coisas que os dois textos dizem é verdade. Ubuntu não passa de uma cópia de Debian com a custumização "à la ubuntu". E que tem mais uso que Debian pela publicidade que outra coisa. E que muitas vezes o apoio deles é muito à windows (assim, assim, assim, sem explicar o porquê).

Ainda assim tem mérito de chamar a atenção para GNU/linux.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu acho que estes textos são um pouco exagerados, apesar de tentarem alertar para o problema da exclusão do nome Debian em prol do nome Ubuntu. A verdade é mesmo essa: com a divulgação do Ubuntu, o Debian deixou de ser reconhecido como o SO que inovou com o apt-get, por exemplo.

Agora, o que interessa de facto é que o Ubuntu trouxe ao mundo GNU/Linux algo que nenhuma outra distro tinha trazido anteriormente: fama e vulgarização. Conheço muita gente que nada sabia de GNU/Linux antes de brincar com o Ubuntu, antes de sentir aquela frustração inicial quando surge um problema e antes de sentir aquela satisfação interna quando o resolve. É aí que está o segredo: o Ubuntu é bonito, tem uma comunidade que apoia incondicionalmente, um fórum com um visual totalmente customizado, um empresa que detém os direitos de distribuição e publicidade por detrás, um apoiante cheio de dinheiro capaz de fazer investimentos de modo a divulgar ao máximo o nome da distribuição e, muito importante, um fosso gigantesco entre os que muito sabem e os que nada sabem da próprio SO.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O artigo é uma trampa escrito por alguém com diarreia cerebral!

Eu adoro e uso Debian e Ubuntu!

A mania de que a malta do Ubuntu rouba o que quer que seja ao Debian é coisa de otários e paranoicos!

A comunidade Ubuntu é composta por inumeros Debian Developers activos nos dois projectos, e contribui com muito código para o Debian. A licença GPL não exige que se anda a anunciar que a software é derivado de outro aos quatro-ventos e não há também qualquer necessidade de o fazer.

Nunca a ninguém do Ubuntu tentou arrecadar louros que não lhe pertencem!

O Software Livre é isto mesmo! Todos podem usar, copiar e modificar, sem terem que dar justificações a ninguém! Quem não entende isso não compreende o Software Livre.

O Ubuntu é uma cópia de Debian? Não é uma derivação de Debian, e ainda bem! QUAL É O MAL DISSO??????

É bom é para se usar! Software Livre é isso mesmo!

O Ubuntu também inova, por exemplo muitas das melhorias do Gnome foram criadas pela malta do Ubuntu, financiadas pela Canonical. E carradas de patchs do Ubuntu entraram no Debian. O passo de desenvolvimento acelerado do Ubuntu beneficiou em muito o desenvolvimento das distribuições de Debian porque a comunidade Ubuntu cria releases de 6 em 6 meses integrando já muita das coisas que assim só mais tarde é que estariam preparadas na Debian.

Como utilizador de Debian, eu sempre quiz algo como o Ubuntu. A diferença é que com Debian tinha de ser eu a preparar e com Ubuntu já está preparado e vai benificiar directamente a Debian.

Ubuntu é o refinamento de algumas instalações possíveis em Debian, que não era boa ideia fazer dentro do projecto Debian em si para não limitar o Debian nem o refinamento.

Eu próprio estava a criar algo muito semelhante ao Ubuntu quando ele apareceu, misturando Debian Sid, com vários derivados de Debian Sid (Knoppix e Gnopix) e quando me apercebi do que era o Ubuntu larguei o que estava a fazer e abracei-o porque para mim Ubuntu era precisamento o que eu queria:

* a execelente implementação de Gnome em Debian, mas ainda melhor e actualizadissima;

* software muito recente, mas sem a torrente de actualizações do Debian Sid, que é necessário para se criar produtos e serviços para a plataforma;

* um pouco mais cuidado com os pacotes do que acontece com Debian Sid (de vez em quando aparecem alguns erros que apesár de serem rápidamente corrigidos não podem ter lugar em sistemas de produção);

* alguma estabilidade a mais que Debian Sid aproximando-se muito das versões Testing e Stable, mas com software mais recente e com as implicações inerentes;

* colaboração com o projecto Debian que ainda é uma excelente fonte de infra-estrutura;

Para ser bom ou digno de nota, ou inovador, não tem que ser totalmente diferente, no software a inovação é incremental! Não vale a pena estár sempre a reinventar a roda, Debian é muito bom, tem uma excelente infra-estrutura, sempre houve carradas de distribuições que tal como o Ubuntu são derivados de Debian e nunca houve esta mania de perseguição e o mesmo se pode dizer em relação às distribuições derivadas do antigo Red Hat Linux, do Red Hat Enterprise Linux, etc...

Para aquem usa ubuntu aconselho a esperimentar Slackware(só para aqueles que querem mesmo dominar linux

Slackware é uma TRAMPA!

Não tem um gestor de pacotes decente!

É uma distribuição da idade das cavernas!

Não cumpre standards como Linux Standard Base!

Depende de um tipo cuja estabilida psicológica é no mínimo duvidosa.

Parte relevante do que se aprende em Slackware não serve para as outras distribuições dadas as diferenças entre Slackware e o resto das distriuições.

Suse(baseado em slackware, mas mais automatico e menos nativo)

Suse não é baseado em Slackware!

Suse é uma distribuição completamente autonoma que tem raizes no antigo Red Hat Linux.

Alinex é baseado em Debian tal como o Ubuntu. Por isso acho muito estranho que não gostes de Ubuntu e gostes de Alinex.

A verdade é mesmo essa: com a divulgação do Ubuntu, o Debian deixou de ser reconhecido como o SO que inovou com o apt-get, por exemplo.

Isso não é verdade!

O Ubuntu não retirou absolutamente nada ao Debian. Não há nenhuma re-escrita da História.

Que raio de paranoias!!!

Preocupem-se é com as ameças do software proprietário, dos formatos e protocolos proprietários, das patentes de software e do DRM. Isso sim são problemas!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
...The SUSE Linux distribution was originally a German translation of Slackware Linux....
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
A verdade é mesmo essa: com a divulgação do Ubuntu, o Debian deixou de ser reconhecido como o SO que inovou com o apt-get, por exemplo.

Isso não é verdade!

O Ubuntu não retirou absolutamente nada ao Debian. Não há nenhuma re-escrita da História.

Só para reforçar nesse argumento: os pacotes são .deb(ian) não .ubu  :P:

No fundo Debian e Ubuntu tem simplesmente méritos diferentes. Ubuntu sendo basiado em Debian é normal que pareça uma cópia de Debian, se bem que com um visual diferente (por causa da alteração visual do gnome). Se Debian parece-me mais estável, mas Ubuntu tem simplesmente um grande fórum com muitos how-tos (Debian também tem muitos, mas não assim concentrado como o Ubuntu). O que me parece relevante no Ubuntu é que graças a ele muita gente já começou a dar os primeiro passos em linux.

Mas Ubuntu não tirou créditos. Toda gente sabe (menos aqueles  iniciantes, claro) quem é o pai  :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Suse autonoma ?????

Hummmm ve melhor isso olha que não é bem assim, Suse tem bases de slack.

Em relação a Slack ser uma trampa das duas uma ou nunca usas-te ou entao és dos que quer tudo ja feitinho como é o caso de ubuntu.

Há e slack tem varios gestores de pacotes que na minha opinião não tem utilidade visto os pacotes tgz do slack serem super simples de instalar.

Quanto a não aprenderes nada com slack aconselho a que reavalies essa opinião.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Suse não tem, nem nunca teve bases do slackware!

Eu conheço bem o slackware! Utilizo GNU/Linux à mais de 6 anos e até já administrei um servidor de ficheiros com slack, para além de conhecer e conviver com utilizadores de slack.

E sim quero tudo já feito como em Debian e Ubuntu. Os computadores não devem precisar de amas secas e eu tenho coisas mais produtivas e interessantes para fazer.

O slack tem vários gestores de pacotes, mas nenhum é o oficial da distribuição, resultado? São praticamente inuteis e quando utilizados frequentemente causam problemas.

Os gestores de pacotes não são uteis? Não digas barbaridades! Andar a resolver dependências à mão e andar a tomar conta do sistema enquanto ele está a instalar software é algo disparatado. Gestores de pacotes fazem isto e muito mais como evitar e resolver situações de conflitos e quebras do funcionamento de software, porque foi re-escrito um ficheiro qualquer.

Eu não disse que com slack não se aprende nada. Aprende-se a perder tempo. E não se aprende nada util para as outras distribuições de GNU/Linux que não possa ser aprendido com as outras distribuições.

Não Suse não tem bases de Slack. As primeiras versões de Suse foram baseadas em slack, mas umas versões mais tarde largou-se essa herança em troca de uma nova herança vinda da Red Hat Linux, mas mesmo assim já à quase 10 anos que a Suse é completamente autonoma! Achar que ainda é baseada em Slackware é um disparate de quem não sabe o que é Suse.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

o Falco tem razão, quando vi essa do Suse é baseado em Slack tb fiquei wtf?

Aqui cada um usa o que gosta, e estas guerrinhas não ajudam ninguem.

Tal como disseram, o que Ubuntu fez foi trazer Gnu/Linux para o Mainstream, abriu ainda mais portas a este mundo.

Ubuntu é mais actualizado e assim, Debian tem mais pacotes, ubuntu é tal, debin é isto, são tudo pontos de debate.

Tal como usar suse ou fedora ou slack.

Eu já fui slack user, durante 1 ano, e fartei-me. (PONTO) perdi a paciencia de perder "horas" a volta de um pacote ou progrma para compilar e instalar. isto não é o futuro.

Uso Ubuntu desde o Warty, uso os repositorios, compilo manualmente, faço de tudo e não estou a ver onde estou a aprender menos que usando slack.

Existe a necessidade de mostar as vantagens do Software Livre / Open-source ao mundo e em Portugal, e qualquer ajuda é bem vinda.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora