• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

Mais de 100 mil CD e DVD piratas apreendidos em 6 meses

3 mensagens neste tópico

A pirataria não pára de aumentar. E as apreensões também não.

Mais de 100 mil cópias ilegais de obras cinematográficas, concertos musicais, videojogos, programas informáticos, músicas e livros foram apreendidas no primeiro semestre de 2006 em Portugal, revelou a Inspecção-geral das Actividades Culturais (IGAC).

Um relatório da IGAC indica que 100.907 cópias ilegais foram apreendidas em 325 operações. Lisboa foi o distrito onde se registou o maior número de apreensões (3 4,5 por cento do total do país) seguindo-se Santarém (17,7%), Porto (17,4%) e Setúbal (11,6%).

Além das cópias ilegais, foi apreendido material diverso como equipamento envolvido na prática de infracções, designadamente 15 computadores, 18 leitores de CD/DVD, um gravador de CD-R, três viaturas, sete equipamentos diversos de som, para além 915 euros provenientes da venda de pirataria.

Segundo a IGAC, «em apenas seis meses apreenderam-se quase tantos objectos como durante todo o ano de 2004».

Em 2004 foram apreendidas 103.843 cópias ilegais e o ano passado, 157.5 35.

As acções visaram feiras e mercados que, segundo o IGAC, «se mantiveram com grande intensidade», tendo-se realizado 34 operações de grande envergadura com o apoio das forças policiais GNR e PSP e ainda do Batalhão Operacional do Regimento de Infantaria da GNR e do Corpo de Intervenção.

«Na área técnica, apesar de se estar aquém do desejado», refere também o relatório, aumentou o número de exames periciais. No primeiro semestre de 2006 foram efectuados 357, mais do que em 2004 (294) e mais de metade dos realizados o ano passado (453).

O valor estimado da mercadoria e equipamentos apreendidos este ano ronda os 2,35 milhões de euros, indica a IGAC.

Visitar fonte

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Mas mesmo esses axo muito bem que os apanhem todos! é uma vergonha, (independentemente de concordar ou nao com as leis) se é lei é para cumprir e os gajos andam ai nas feiras a vender na boa,.. como se não fosse nada com eles e tal,... impostos "é pó cú" e se for preciso ainda andamos todos nos a pagar um subsidio qq da desemprego aos gajos....

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora