• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Gurzi

Gerir a Sua carreira

1 mensagem neste tópico

T rabalhando um bom tempo já com pessoas de Recursos Humanos, grandes executivos e, numa empresa de RH referência no país, aprendi muito sobre gestão de carreiras, e com isto, resolvi compartilhar o conhecimento que adquiri.

Algumas palestras me fizeram refletir sobre o que pensam os grandes executivos a nosso respeito.

Vocês sabiam que somente 20% do nosso sucesso vem do nosso conhecimento técnico?

Pois é, o principal item para alcançarmos o sucesso é a nossa atitude.

Oportunidades nunca serão oferecidas a programadores que, são experts no código, porém na relação interpessoal são péssimos.

Antigamente, media-se a inteligência de uma pessoa através do seu Qi, que determina o grau de raciocínio lógico do indivíduo. Porém, com o tempo, fomos percebendo que existe algo chamado “aptidão”.

Com isso, trocamos o Qi pelo “Relacionamento Interpessoal”.

Mas o que é isso? É a forma como você se relaciona com as pessoas. E isto é muito exigido de um profissional hoje em dia.

Veja só estes dados:

Nossos resultados, nosso sucesso, vêm de:

> 10% de nossas habilidades,

> 20% de nossos conhecimentos e

> 70% de nossas atitudes.

O que eu tinha dúvidas, era em relação ao que um programador deve estudar, e é esta resposta que venho dar hoje.

Assim como um executivo, um programador deve ter cursos técnicos, ser autodidata, ler muito, ser especialista numa linguagem, porém ter noções de tudo um pouco. Ter uma graduação, se possível, uma certificação que com certeza fará a diferença. Falar o inglês se possível fluentemente, ter uma Pós-Graduação seria muito bom, um MBA será muito bem vindo.

Tudo isso amplia sua visão, e claro, num ambiente acadêmico, é quase impossível não se adquirir um bom Relacionamento Interpessoal.

Ora, mais como eu vou conseguir tudo isso? È o que você deve ter se perguntado. A resposta é simples: - “Se esforçando!”.

O que vem fácil vai fácil. Não se iluda. Os maiores executivos trilharam este caminho e, com suor, obtiveram sucesso.

Mas lembre-se, a cada etapa concluída, você será recompensado.

A graduação e a certificação lhe garantirão um bom salário e, com isto, você já poderá ser um programador líder de equipe.

Depois, investir numa Pós-Graduação deixará os olheiros de sua empresa muito contentes, te tornando um forte candidato para um cargo de gerente ou coordenador.

E um MBA, tornará fixa, a idéia na cabeça dos diretores da empresa, que você tem um timbre especial para ser o diretor de TI, porquanto, você conhece a fundo os sistemas da empresa, você tem um ótimo relacionamento interpessoal dentro da empresa, você é uma pessoa de atitudes, idéias, e mesmo tendo sido um programador, você conhece um pouco de marketing, um pouco de economia, um pouco de administração, você fala inglês, é dinâmico, muito educado e popular, logo, será um ótimo diretor.

Agora, se você fosse aquele “cara”, que vai trabalhar de qualquer jeito, fala de qualquer maneira, se acha o “neo do matrix” porque cria classes de olhos fechados, domina Java, conecta com qualquer banco de dados e enfim, você seria meramente um programador!

Nós somos como empresas;

As empresas que nos contratam, estão comprando nosso produto, que é o conhecimento sobre uma determinada linguagem e um determinado banco de dados e talvez ainda, sobre um determinado sistema.

Toda empresa, tem seu sistema de qualidade, seu serviço de atendimento ao cliente, seu departamento de cobrança, seu departamento pessoal, marketing e etc.

Estes departamentos, são os nossos estudos. Nossa Graduação, nossa Pós-Graduação, o MBA, uma Certificação de uma determinada linguagem, emfim.

Espero ter ajudado. Principalmente os que estão começando.

Acredite no seu valor em vez de agir tentando provar seu valor

Você age segundo sua auto-imagem. Se você se vê como um vencedor, você age como um vencedor. Se você se acha um fracassado, age como fracassado. Abomine viver sobre o vício de aprovação, se falsificando para ser aceito. Ao contrário, fortaleça suas potencialidades, suas virtudes e suas habilidades. Invista nos seus pontos fortes. Acredite que você pode: pense alto, alto e ainda mais alto. Atinja as nuvens! Por que não voar? Ouse! Dê mais um passo! Vá além! Saia do lugar comum! Assim, sua vida valerá a pena ser vivida.

Um abraço a todos,

Murilo Moreira

Retirado de www.phpbrasil.com

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora