• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

AriOps

Marca “Linux” deixa de ser gratuita

11 mensagens neste tópico

Linus Torvalds, criador do sistema operativo de código fonte aberto Linux, resolveu cobrar pela utilização da sua marca.

Com este objectivo, registou o nome e criou o Linux Mark Institute (LMI), uma organização sem fins lucrativos para defender e licenciar a marca. O advogado de Torvalds já começou a agir. Entrou em contacto com 90 empresas da Austrália, pedindo para que paguem pela utilização da marca "Linux” no LMI.

Estas, teriam de desembolsar entre 200 dólares a 5 mil dólares para adquirirem uma sub-licença do nome Linux. A comunidade de código fonte aberto está a protestar e acusa Torvalds de estar a querer cobrar pelo sucesso do Linux. Ele defende-se, dizendo que os custos legais da taxa de licença são muito mais altos do que está a pedindo pela sub-licença.

O fundador do Linux diz ainda que o objectivo do LMI não é ganhar dinheiro, mas sim proteger e controlar o uso da sua marca.

Exame Informática Online

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Repondo como respondi noutro fórum:

Yah, também recebi na newsletter da exame informática.

Enfim, é o 1inux Torvals a armar-se em Bill Gaitas....tá mal...tá mal...

As organizações que fazem as distros de 1inux não ganham dinheiro nenhum com aquilo que fazem (só com edições para empresas ou servers), só ganham uns cobres pelas donations e agora ainda têm de pagar para poder ter o nome 1inux no seu SO....tá mal...

Mas organizações como a que faz o Ubunto, Debian, Knoppix, etc, não terão problema nenhum com isto, simplesmente porque em nenhum destas (ou quase nenhum ) se vê a palavra 1inux, não precisam de lá a ter.

Enfim...é o 1inus a enconar....fiquem bem;););)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Atenção que isto não significa que a kernel Linux vai deixar de ser gratuita, significa apenas que eles registaram o nome e todos as firmas que vendam produtos que tenham "Linux" no nome terão que pagar pelo uso da marca registada, o linux é e vai continuar a ser gratuito e open-source e todos as distros poderão ter "linux" algures no nome desde que estas sejam distribuidas gratuitamente, quanto a distro comerciais que incluam o nome "linux" já terão que pagar pela marca registada.

Podem tirar as vossas duvidas aqui - http://www.linuxmark.org/who_needs.html

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Atenção que isto não significa que a kernel Linux vai deixar de ser gratuita, significa apenas que eles registaram o nome e todos as firmas que vendam produtos que tenham "Linux" no nome terão que pagar pelo uso da marca registada, o linux é e vai continuar a ser gratuito e open-source e todos as distros poderão ter o nome "linux" algures no nome desde que estas sejam distribuidas gratuitamente, quanto a distro comerciais que incluam o nome "linux" já terão que pagar pela marca registada.

Podem tirar as vossas duvidas aqui - http://www.linuxmark.org/who_needs.html

Ora nem mais. É apenas uma maneira de proteger o nome e a reputação da comunidade. Assim outras empresas que nada têm a ver com o Linux (sistema operativo) e que se aproveitam do sucesso do mesmo para lançar os seus produtos serão punidas.

Acho que foi uma medida muito boa e que vai conseguir travar os avanços e abusos de empresas que se aproveitam do sucesso deste SO.

Cumps

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pois, vamos ver que medidas vão ser adoptadas pelo LMI nos proximos tempos e logo veremos quais são as intenções do Linus Torvalds.

Eu duvido muito que ele se venda, ele deixou tudo bem claro quando a SCO andava a tentar meter o bedelho e tentou patentear a kernel, se calhar esta medida server para pervenir mesmo isso, é uma protecção contra os gigantes.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Atenção que isto não significa que a kernel Linux vai deixar de ser gratuita, significa apenas que eles registaram o nome e todos as firmas que vendam produtos que tenham "Linux" no nome terão que pagar pelo uso da marca registada, o linux é e vai continuar a ser gratuito e open-source e todos as distros poderão ter "linux" algures no nome desde que estas sejam distribuidas gratuitamente, quanto a distro comerciais que incluam o nome "linux" já terão que pagar pela marca registada.

Podem tirar as vossas duvidas aqui - http://www.linuxmark.org/who_needs.html

Nem eu disse o contrário, i think. ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Lol, eu sei, não foi em relação ao teu post, foi só para as pessoas não começarem a desesperar e a tirar conclusões erradas.

Ainda ontem me veio um gajo perguntar se tinha que comprar a licença para os 2 PC´s que tem com linux lá no trabalho, porque viu esta noticia algures na net... :roll:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Lol, eu sei, não foi em relação ao teu post, foi só para as pessoas não começarem a desesperar e a tirar conclusões erradas.

Ainda ontem me veio um gajo perguntar se tinha que comprar a licença para os 2 PC´s que tem com linux lá no trabalho, porque viu esta noticia algures na net... :roll:

LOL, nada a ver mesmo...Linux continua a ser free. A marca é que passa a estar registada para que não hajam aproveitanços. Digamos que é quase uma questão de protecção dos direitos de autor ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Um post do Linus da mailing list do kernel

From: Linus Torvalds

Subject: Re: [OT]Linus trademarks Linux?!!

Date: Sat, 20 Aug 2005 17:42:33 -0700 (PDT)

Gaah. I don't tend to bother about slashdot, because quite frankly, the

whole _point_ of slashdot is to have this big public wanking session with

people getting together and making their own "insightful" comment on any

random topic, whether they know anything about it or not.

[ And don't get me wrong - I follow slashdot too, exactly because it's fun

to see people argue. I'm not complaining ;]

And I don't tend to worry about the Inquirer and the Register, because

both of them are all about being rough and saying things in ways that

might not be acceptable in other places, and that's what makes them fun to

read. So when they then write something nasty about Linux (or me), hey, it

goes with the territory.

But I was really hoping this particular wanking session wouldn't overflow

into Linux-kernel.

Anyway, the posting Jesper points to is a fine one. Partly to show that

this trademark thing sure as hell isn't anything new, and partly because

the rules really haven't changed.

So let's repeat that link again, just as background,

http://boudicca.tux.org/hypermail/l...eek04/0654.html

and then people should think a bit (and maybe research) what a trademark

really means.

A trademark exists to set up some rules about using a "mark" (name, logo,

you name it) in trade. The people who pay to license (or get a unique

trademark of their own) a certain name do so because they care about that

particular name. People who don't care, don't pay. It's really that easy.

It's about getting legal protection for a particular name.

For example, this means that a _user_ would never pay a single cent over a

trademark. I don't know why/how the Inq even came to that "companies to

pay for using free software" idea. It shows a total lack of understanding

about what a trademark is in the first place.

Now, a company that has a company name usually _does_ want to protect

their name. Not always, but it's kind of embarrassing (and easily an

expensive and big bother) if somebody else trademarks that name, and then

sends a cease-and-desist order to you and forces you to switch to

something else.

So you'll find that most commerical entities protect their name some way,

regardless of _what_ that name is. For example, let's say that you called

your company or distribution "Lipro", then you'd like to trademark that.

Goodie. It's pretty expensive, but most companies feel that it's more than

worth it to know that you've got exclusive rights to that name, and nobody

else can force you to change,

So the first point here is that regardless of you call your Linux

distribution "Linux Something" or something totally different, you'll want

to protect that name if you are serious about making a big commercial

distribution. Exactly because you do _not_ want to be in the situation

that somebody else hijacks your name from you.

Now, you can do that protection two different ways: you can make up a

unique name of your own ("Red Hat" or "Linspire" or "Debian" or whatever),

and trademark that. Then the trademark office keeps track of things, and

guarantees that there are no clashes (within your business area).

Or, alternatively, you can ask somebody else who already has a unique name

if they might "sublicense" their name in combination with something else.

In the case of "Linux", that name is already guaranteed unique by the

trademark office, so let's say that you felt that you wanted to have a

unique name that contained that, you'd approach LMI and say "I want to

call my magazine LinuxJournal, can you write up paperwork that makes sure

that nobody else can do so"?

And let's repeat: somebody who doesn't want to _protect_ that name would

never do this. You can call anything "MyLinux", but the downside is that

you may have somebody else who _did_ protect himself come along and send

you a cease-and-desist letter. Or, if the name ends up showing up in a

trademark search that LMI needs to do every once in a while just to

protect the trademark (another legal requirement for trademarks), LMI

itself might have to send you a cease-and-desist-or-sublicense it letter.

At which point you either rename it to something else, or you sublicense

it. See? It's all about whether _you_ need the protection or not, not

about whether LMI wants the money or not.

As to the "cease-and-desist or sublicense the mark" letters, they are

sadly directly brought on by the requirements of maintaining a trademark.

If you have a trademark, you have to police it, which means that you have

to do trademark searches to see who uses it in a commercial setting, and

make sure that they use it properly.

So to answer a particular question that came up here on Linux-kernel:

"Does the linuxjournal.com pay $5000?".

First off, I don't know where the $5000 came from - it's different for

different classes of people. Secondly, LinuxJournal was one of the

companies that raised the money to get the "Linux" trademark in the first

place! As a result, they don't pay a red cent, because they had been part

of protecting the name in the first place. And yes, they paid real lawyers

to do so. Their sublicense got "grandfathered in".

Finally, just to make it clear: not only do I not get a cent of the

trademark money, but even LMI (who actually administers the mark) has so

far historically always lost money on it. That's not a way to sustain a

trademark, so they're trying to at least become self-sufficient, but so

far I can tell that lawyers fees to _give_ that protection that commercial

companies want have been higher than the license fees. Even pro bono

lawyers chanrge for the time of their costs and paralegals etc.

Linux International has paid for it, maddog has worked on it on his own

time, and various companies have helped chip in (like the original

companies and people who got the trademark in the first place).

Linus

Desculpem tar a desenterrar mas acho que o assunto fica explicado com isto :P eu fiquei convencido ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu li isso hoje de manha num outro forum que frequento. Nada de novo a crescentar. O Linus disse exactamente aquilo que eu tinha argumentado noutro post neste mesmo tópico.

Penso que está esclarecido o assunto, digo eu.

Cumps

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora