• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Betovsky

Pedidos e sugestões

12 mensagens neste tópico

Boas gostava de ver um pouco o Haskell mais activo por estas bandas. Despoletar um pouco mais o interesse do pessoal pela linguagem. Até me pus a desenvolver um artigo para a revista.

Agora... Gostava de saber se há algum assunto/tema que seja do vosso interesse. Por exemplo, fazer um mini-tutorial, artigo, snippets, etc, para a revista ou para a wiki, relativo a esse ponto que vos interessasse.

Obviamente, não sou o senhor de todo o conhecimento, longe disso. Portanto não prometo nada. Mas também não se acanhem caso seja algo difícil, porque se houver algo que não saiba também existe o gosto especial de partir à descoberta.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Podias começar por responder à eterna pergunta que aflige todos os alunos da UM: "Mas para que raio é que isto serve?"

:)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Podias começar por responder à eterna pergunta que aflige todos os alunos da UM: "Mas para que raio é que isto serve?

Bem, eu não sei se sou a pessoa indicada para responder a isso. Provavelmente devia ser questionado ao director do curso ou os docentes. Acho que a resposta do JBB devia ser algo fantástico.

Mas respondendo à questão. Obviamente Haskell serve para elaborar software, não é para isso que serve as linguagens de programação? Agora, nas linguagens de programação há melhores e piores portanto o porque de aprender Haskell. Bem, na minha opinião aprender Haskell em si, não deva ser necessário na universidade, o que é importante é aprender algo no paradigma funcional, o que leva a ter-se de optar por uma linguagem da família Lisp ou ML. Na minha opinião Haskell é uma excelente aposta, provavelmente deve haver pessoal que prefere Scheme.

Mas voltando a frisar, o importante é aprender o paradigma funcional, só o facto de aprenderes vai mudar a forma do teu pensamento. Eu gosto de Haskell, bastante até, mas não uso no trabalho, programo maioritariamente em C#. Apesar de achar Haskell mais divertido e poderoso que C#, infelizmente não tem a task force que tem o C#, e o meu patrão não deveria achar nada divertido demorar 1 hora a fazer algo que no C# pode ser feito com um duplo-click. Mas no entanto, apesar de programar em C#, acho que só o facto de saber Haskell (mas pode ser outra linguagem funcional qualquer) torna-me melhor programador de C#.

Deixo este link que vale a pena ler.

E para concluir, como o Alan Perlis disse: "A language that doesn't affect the way you think about programming, is not worth knowing."

O que acho que Haskell corresponde fantasticamente, na minha opinião deve ser uma das linguagens que mais afecta o teu pensamento.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

agora a sério,

os eternos monads... como usar e tirar partido deles

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem, Monads hehe!

Isso dá pano pra mangas. Pode-se falar de tanta coisa.

Pretendes alguma parte mais especifica ou é tipo um tutorial de introdução aos Monads?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem, eu não pretendo lá grande coisa, até pq fiz pp1 com 19, mp1 com 16 e mp3 com 19.. não sou nenhum guru, mas cá me entendo com a coisa..

Mas por exemplo, só percebi para que servia o StateT na última aula do semestre. Era por aí que podias começar: O que é um monad, que tipos de monads são mais utilizados (IO, State, Maybe), os transformers e como e porque razão escreveríamos o nosso próprio monad.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pedes pouco pedes

Mas sim, posso ver se faço isso. Mas isso já é algo avançado e tenho que ver qual a melhor forma de fazer isso. Por tudo junto é capaz de ficar uma salgalhada e ninguém compreender nada. Talvez dividir isso em vários artigos. Um primeiro de introdução a Monads e depois outro para cada tipo Monad. Talvez também incluir a Lista juntamente com MonadPlus, é fixe para simular backtracking :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

a culpa é do Rui Carlos.. ele disse-me que percebias de Haskell a potes. Agora quero ver isso  :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem, eu não pretendo lá grande coisa, até pq fiz pp1 com 19, mp1 com 16 e mp3 com 19.. não sou nenhum guru, mas cá me entendo com a coisa..

bowdownzc9.gif

Não és guru, és um deus! :P

Acho que começar por mostrar qual a importância dos Monads, quais as suas potencialidades, o que é que eles permitem fazer que não é possível fazer de outra forma, seria um bom começo.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O vídeo é bastante interessante. Gostei particularmente da explicação sobre o monóides :D

Acho que o que gostaste mais foi da minha reacção ao filme  :D :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora