• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

Twitter não vai andar à caça da publicidade

1 mensagem neste tópico

A garantia foi dada por Biz Stone, fundador do serviço de mensagens curtas mais famoso da actualidade: a publicidade não é muito interessante para o Twitter. 

Contrariando o principal modelo de negócio da Internet, Biz Stone afastou a hipótese de o Twitter começar a rentabilizar os índices de popularidade com a venda de espaço publicitário.

Em declarações reproduzidas pela Reuters, o ciberempresário lembrou que esta decisão não impede a plataforma de mensagens de apostar no desenvolvimento de ferramentas que vão permitir que empresas ou grupos de utilizadores façam a exploração da venda de anúncios publicitários.

As novas ferramentas de colocação de anúncios deverão ser lançadas até ao final de 2009.

Biz Stone lembra que a publicidade pode ser «bastante irritante» para os utilizadores e essa será outra das razões por que o Twitter não pretende vender directamente anúncios publicitários. O que não põe em causa o optimismo reinante: em Abril, o número de visitantes do Twitter cresceu 83%, tendo chegado aos 17 milhões, estima a comScore.

Os fundadores da empresa, que já rejeitaram uma proposta de compra de 500 milhões de dólares, querem duplicar o número de profissionais até ao final de 2009.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora