• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

fnds

Internet por Fibra Optica em Portugal, uma palhaçada?

46 mensagens neste tópico

Se há coisa que eu não entendo são os ISPs portuguêses, vejamos as velocidades disponiveis para clientes fibra óptica:

Meo:

Download: 100Mbps

Upload: 10Mbps

Zon:

Download: 100Mbps

Upload: 6Mbps

Click:

Download: 100Mbps

Upload: 10Mbps

Agora em França

Free.fr:

Download: 100Mbps

Upload: 50Mbps

Neuf.fr:

Download: 100Mbps

Upload: 50Mbps

Rácio em Tugal (Upload por Download): entre 3/50 e 1/10 (=5/50)

Rácio em França (Upload por Download): 1/2 (25/50)

Agora a minha pergunta é: os custos para enviar dados pela fibra óptica são maiores em Portugal que em França?, cerca de 5x, os para receber parecem ser iguais. (ironia)

Alguém em conseguir explicar o porquê disto?

Os custos para enviar dados são superiores aos para receber?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A fibra optica tal como o adsl é assimétrica.

Na tecnologia mais antiga um cabo de fibra dá para 622M down/155M up.

A PT está a montar a rede em, penso eu, tecnologia gpon, q tem débitos mto mais altos, na ordem dos GB. Esta tecnologia é também assimétrica.

Isto explica a diferença entre down e up.

A tecnologia entre portugal e frança está relacionada com outras questões, mais do tipo contenção de trafego devido ao equipamento e custos existentes.

Para teres o débito de upload o mais proximo possivel do valor anunciado, ele tem q ser baixo, em França os recursos e o equipamento já estão num nivel mais avançado.

O Download apesar de o anunciado ser igual, e máximo tb, PT vai ter umas taxas de contenção, e a França tem outras. Claro q comercialmente interessa dizer q o máximo é 100MB.

A diferença neste momento está no estado em q está a rede francesa, já mto avançado e rede PT, q está agora a começar a dar os primeiros passos nos serviços 100% fibra optica.

Respondendo á tua questão: Para o operador não tem custos adicionais ser download ou upload, como tb n vai ter para o utilizador final.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Agora pensa noutra perspectiva, em França foi aprovada a lei dos 3 avisos e depois corta-se a Internet ao utilizador se este continuar a fazer downloads ilegais e este continua a pagar a mensalidade durante um ano. De que lhes serve os 100mb/50mb? De muito pouco...

Podemos "ser mais lentos" mas ao menos não temos leis parvas :) (por enquanto...)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Essa lei dos 3 avisos é mto estupida. Espero q em Portugal nc apareça nd assim.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

bruno1234, bom post. Essas taxas de contenção também existem no ADSL, por exemplo eu sincroniso a uma determinada velocidade, mas nunca a consigo atingir.

Agora pensa noutra perspectiva, em França foi aprovada a lei dos 3 avisos e depois corta-se a Internet ao utilizador se este continuar a fazer downloads ilegais e este continua a pagar a mensalidade durante um ano. De que lhes serve os 100mb/50mb? De muito pouco...

Podemos "ser mais lentos" mas ao menos não temos leis parvas :) (por enquanto...)

Isso é outra coisa que não é para aqui chamada, mas sim tens razão :P

É o pessoal lá começar a usar o sistema de encriptação do bittorrent.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Agora pensa noutra perspectiva, em França foi aprovada a lei dos 3 avisos e depois corta-se a Internet ao utilizador se este continuar a fazer downloads ilegais e este continua a pagar a mensalidade durante um ano. De que lhes serve os 100mb/50mb? De muito pouco...

Podemos "ser mais lentos" mas ao menos não temos leis parvas B) (por enquanto...)

A lei em causa é parva, porque transforma os ISP em polícias e tribunais e porque retira aos cidadãos a possibilidade de se defenderem de acusações falsas num julgamento justo e imparcial e por poder ser facilmente manipulável por entidades com más intenções. Aliás nos EUA, algumas "take down clauses" de algumas leis, como a DMCA, já foram utilizadas numa tentativa por parte de alguns grupos económicos de silenciar jornalistas que andavam a publicar artigos incómodos para esses grupos económicos.

A Internet pode ser utilizado para muito mais coisas do que práticas ilegais, é triste ver alguém com uma visão tão limitada.

É o pessoal lá começar a usar o sistema de encriptação do bittorrent.

Não é por aí que eles te apanham. Eles não andam a sniffar a rede, o que eles fazem é algo ao estilo dos honeypots para atrair quem procura os conteúdos de forma ilegal e tendo em conta que muitos dos sistemas de P2P têm como requisito partilha das duas partes, eles têm robots que procuram e testam conteúdos que estão a ser oferecidos nas redes P2P, e depois a partir do IP, enviam acusações aos ISPs que cruzam a informação do acusador com que têm por causa de leis de retenção de dados e com isso, os ISP decidem o que fazer (e com leis com "take down clauses" a sua opção passa a ser só uma).

Acho que aidna é muito cedo para dar opinião sobre como vão ser os acessos por fibra... É que ainda se anda em teste de piloto para os serviços... Acho que é mais inteligente esperar para ver.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não é por aí que eles te apanham. Eles não andam a sniffar a rede, o que eles fazem é algo ao estilo dos honeypots para atrair quem procura os conteúdos de forma ilegal e tendo em conta que muitos dos sistemas de P2P têm como requisito partilha das duas partes, eles têm robots que procuram e testam conteúdos que estão a ser oferecidos nas redes P2P, e depois a partir do IP, enviam acusações aos ISPs que cruzam a informação do acusador com que têm por causa de leis de retenção de dados e com isso, os ISP decidem o que fazer (e com leis com "take down clauses" a sua opção passa a ser só uma).

Tu tas a dizer então que o que essa lei manda fazer, nem é para os ISPs verificarem os dados dos seus clientes? É um terceiro que o faz e depois manda a informação para o ISP? Não foi com essa ideia que fiquei quando li sobre o assunto, é que se for isso, já é bastante menos preocupante... :smoke:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Tu tas a dizer então que o que essa lei manda fazer, nem é para os ISPs verificarem os dados dos seus clientes? É um terceiro que o faz e depois manda a informação para o ISP? Não foi com essa ideia que fiquei quando li sobre o assunto, é que se for isso, já é bastante menos preocupante...

Nope! Não foi isso que eu disse. Interpretaste mal.

O que acontece é que entidades como a RIAA, MPAA, etc... Têm montadas operações de engodo, e de outras naturezas, nas quais procuram pessoas que partilham ilegalmente obras dos seus associados. E fazem isso com robots e outros meios que se infiltram nas redes P2P e em outros tipos de redes.

Actualmente o que acontece é que, os ISP, mantêm alguns logs a respeito dos clientes (pouco mais do que quem tinha cada IP quando e outras informações genéricas. E quando recebem cartas dos detentores de direitos de autor a acusar um dos seus clientes de ter cometido uma violação de direito de autor, verificam qual cliente tinha o IP e enviam uma carta ao cliente a avisa-los da acusação e que a violação vai contra o contracto (não sei se alguma vez desligaram alguém quando estas situações se repetem, mas os contractos costumam permitir isso).

O que vai começar a acontecer agora, é que com as novas leis de retenção de dados. Os ISP vão ser obrigados a guardar os dados de todas as ligações IP, mensagens de correio electrónico, chamadas telefónicas, faxes, e outras formas de comunicação, durante pelo menos um ano. E estes dados vão estar disponíveis às autoridades que se apresentarem com um mandato judicial para tal.

O que acontece em França vai ainda para além de tudo isto. Porque que tira do loop as polícias e os tribunais. E quando os ISP recebem acusações, têm que verificar a acusação e desligar o cliente à terceira acusação. O problema disto tudo é que haver comunicações, não prova a existência de um crime e o acusador pode estar a produzir provas falsas (por exemplo gerar logs falsos). E o acusado não tem qualquer hipótese de impedir o desligamento.

Prevejo que o próximo passo será a criação de listas negras de utilizadores, baseadas nas quais os ISP serão obrigados a decidir se prestam, ou não serviços.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pelo que percebi do post do falco, é que vai haver um terceiro que vai usar por exemplo um tracker bittorrent e vai sacar um torrent e verifica se o IP de que está a receber o ficheiro está numa determinada range e notifica o ISP de tal coisa. Digo eu.

EDIT: O falco já respondeu.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Voltando ao tópico inicial...

bruno, isto quer dizer pouco:

A fibra optica tal como o adsl é assimétrica.

O que é isso de ser assimétrica? O serviço é que pode ser denominado assim. ADSL é um tipo de serviço de comunicações digitais e fibra óptica é um canal de comunicação físico. Não faz muito sentido dizer simplesmente que são assimétricos.

Ma fazendo uma análise mais cuidada:

DSL, refere-se tipicamente a ligações domésticas à internet usando as linas de telefone antigas usando um sistema de trasmição que funcione em frequências mais altas que as das chamadas telefónicas. Posto isto a velocidade em qualquer sentido depende simplesmente dos modems nos terminais de cada troço. Não há absolutamente nada que imponha que o uplink seja mais estreito que o downlink. É apenas uma questão de mercado, uploads mais rápidos vão ocupar mais largura de banda que pode ser usada pelos downloads, assim, andam a pregar ao  não sei quantos megabits/s de "velocidade" quando isso corresponde apenas a uma parte do serviço.

É a forma de fazer negócio em portugal, somos um país atrasada usam-se formas de fazer negócio atrasadas. Nomeadamente, tentar ganhar clientes através de esquemas de ocultação de informação ao invés de tentarem dar o máximo de informação no sentido do cliente querer comprar um produto por este ser bom.

Já a fibra óptica, não sei que tecnologias é que estão a ser usadas. Mas em última análise a questão é rigorosamente a mesma.

O tráfego, seja em que sentido for, custa dinheiro, se o cliente não sabe bem o que é upload e download, toca então a tirar partido da sua falta de informação.

O que está aqui a escapar a muitas pessoas é que ter uma ligação de X bits/s de A->B não significa de forma alguma que fiquemos a ganhar imediatamente um ligação de B->A com o mesmo débito. Isso era antigamente, no tempo em que os custos estavam todos praticamente associados à implementação da rede.

Hoje, felizmente temos tecnologias mais avançadas que permitem gerir o tráfego dinâmicamente conforme as necessidades reais de comunicação.

A proposito das 3 strikes e afins, tenham calma que isto ainda vai dar pano para mangas. A suécia irá provavelmente ter representação no parlamento europeu do seu partido pirata. Na alemanha, o partido pirata tambem vai conseguir votos que lhe garantem o acesso ao fnanciamento partidário. Em portugal, ainda que não esteja directamente relacionado com estes temas em particular, o BE, vai esmagar completamente o PCP e o CDS.

Ou muito me engano ou o tempo para este tipo de leis malucas leva pela tabela da crise. Peno menos não estou a ver condições políticas para andar com leis dessas para a frente sem qualquer impedimento.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

No seguimento de uma pesquisa que estava a fazer na internet e após ler este tópico, decidi responder, embora sabendo que vou desenterrar um tópico que está inactivo há precisamente 1 ano.

Sabendo nós que estamos em Portugal, é natural que os grupos económicos aproveitem o que lhes dá mais rendimento, menos trabalho e por conseguinte obtêm assim um lucro fácil fornecendo um serviço medíocre e ás vezes ainda pior.

Possívelmente alguns ou muitos de vós se lembram do ínicio da Netcabo, onde se conseguia velocidades acima das contratadas. Uns anos depois a qualidade do serviço mantinha-se e começava então o BOOM deste operador que oferecia e anunciava (se é que alguns se lembram) downloads a velocidades estonteantes em redes de p2p (eMule), onde o mesmo operador detinha 2 servidores nacionais (servidores Tejo e Sado), os quais eram responsáveis por uns bons 50% do tráfego nacional em p2p.

A partir desta altura começaram as adesões em massa e a consequente degradação da rede, fruto da ganância do referido ISP, que ao ver as células sem espaço para mais clientes, não hesitou em continuar a ligar novos clientes ás ligações já existentes, chegando em alguns pontos a ter 3 e 4 clientes ligados a 1 só acesso.

Como a ligação se degradava dia a dia e com os grupos económicos detentores dos direitos de autor a começar a fazer um escândalo, decidiram então o seguinte visto terem sido avisados com antecedência:

1 - Desligar os servidores Tejo e Sado, e negar que fossem os seus proprietários quando confrontados com essa realidade pelos clientes.

2 - Iniciar uma campanha sem precedentes contra o p2p com os grupos económicos por trás do pano (vá-se lá saber o que ganharam com isso), e aplicar então o traffic shaping, alegando que quem utilizava as redes p2p é que degradava as ligações dos outros, encobrindo a todo o custo o facto das células estarem carregadas.

Típico de uma empresa do Grupo PT nessa altura, da qual se desligou depois, embora todos saibamos que os administradores bailam entre a PT, ZON, TMN etc (o chamado bailinho das cadeiras cada vez que muda o governo).

Entretanto e agora sim, aparece a fibra óptica que vem para ficar, mas continuamos na mesma como afirma o tópico inicial, onde alguns afirmam que não é possível obter a simetria.

Concordo em parte, desde que tenhamos em conta que dependendo da tecnologia utilizada pode-se obter ou não a simetria.

Como sabemos todos os operadores tem a tendência de seguir uns atrás dos outros, porque o que interessa não é inovar, mas sim extorquir dinheiro aos clientes de qualquer forma, e isso passa pela tecnologia escolhida para tal, passa pelos contratos de fidelização, passa por oferecer tráfego ilimitado que de ilimitado nada tem (publicidade enganosa), uma vez que depois por trás aplicam as tais políticas daquilo que lhes queiram chamar, limitando assim o tráfego aos valores que mais lhes der jeito, isentando-se ainda de disponibilizar contadores de tráfego aos clientes ao brigo da palavra ilimitado, o que lhes permite cobrar tráfego adicional a quem quiserem e quando quiserem, sem que o cliente se possa defender.

Sabendo depois nós em que sentido funciona a justiça em Portugal, adivinhem quem sai a perder...

Pois bem agora o melhor da festa e a novidade.

Existe um operador em Portugal que parece querer funcionar de forma diferente e acabar com todas estas trafulhices, oferecendo um serviço de qualidade e transparente com simetria nas ligações, sem contratos de fidelização e suponho que sem quaisquer Políticas daquilo que lhes queiram chamar.

São financiados por uma empresa Norte Americana, trabalham em parceria com uma outra empresa do Norte e já fizeram os testes na zona de Alfragide.

Sem dúvidas que vão demorar mais que todos os outros a criar as suas infraestruturas, pelo que demorarão a chegar ao público alvo, devido aos contantes entraves que outras empresas e grupos económicos portugueses lhes vão impôr com a conivência do estado e entidades reguladoras que farão vista grossa.

No entanto estão por cá e esperemos que se mantenham, porque acredito que onde entrarem a concorrência vai cair em queda livre e para isso basta ver o site deles e a sua oferta.

Desculpem o longo texto, mas era para vos dar a conhecer mais este operador, e lamentar que todos os outros não sejam iguais, porque quem sabe que presta um bom serviço, não necessita de contratos de fidelização.

Quem está de boa fé, trabalha de uma forma clara, quem está de má fé funciona como todos estamos habituados a ver.

Cumps a todos

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

:O 20min? :X

13 de Agosto de 2009

A CoRed chega "atrasada" à entrega da sua proposta para a rede interior centro. Lamentamos que 20 minutos sejam suficientes para recusar uma proposta de elevado valor para a região e para o governo e por isso mesmo não concordamos com o tipo de prazo limite, ao minuto. Foi excluída a melhor proposta no conjunto das quatro concorrentes porque de trata de beneficiar uma região deprimida, com baixo rendimento entre as famílias, e que tiraria partido do baixo custo das melhores comunicações do país. Temos a certeza que nenhum dos concorrentes se sente beneficiado com um incentivo destinado à região e não a eles próprios, que visa pagar a interioridade da região, e não dar alento financeiro a um grupo em particular. Da nossa parte, teriamos pedido um esforço financeiro aos nossos investidores, que não é normal dada a valia do mercado em questão nem compatível com o actual status da CoRed enquanto projecto. O concurso não se destina a analisar a melhor proposta, mas sim as que "cortam a meta" a tempo, como se estivesse a premiar o esforço dos concorrentes e como se estes fossem os verdadeiros beneficiados.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sabendo nós que estamos em Portugal, é natural que os grupos económicos aproveitem o que lhes dá mais rendimento, menos trabalho e por conseguinte obtêm assim um lucro fácil fornecendo um serviço medíocre e ás vezes ainda pior.

A culpa não é deles.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Palhaçada é a Fibra da ZON, tive isso em casa para experimentar e mandei tirar de tão má que era (podem ler aqui no meu post a minha "aventura": http://m6onsoftware.blogspot.com/2009/12/zon-isp-bad-as-usual.html).

Fiquei com a fibra da TVTel (FTTH) a 30 MBits que, só assim por acaso, bate a fibra de 50 MBits da ZON (mas assim uma sova descomunal como podem ver no post do meu blog) e faz-me 10Mbits de Upload (velocidade medida e creio que é a contratualizada também).

Aquilo sofre de vários problemas estruturais e de um grave problema comercial. Os problemas estruturais são os mesmos de sempre, a ZON tem ligações para fora que são uma trampa e ligam todo o povo ao mesmo nó (depois do jantar é ver as velocidades a competir com o dial-up). O problema comercail é o mesmo de sempre: a ZON não quer saber dos seus clientes, está-se a cagar para as pessoas, só quer encher os bolsos com sevriços merdosos...

Aquilo serve para a larga maioria da população que se gaba aos amigos de ter fibra a 50MBits e não se queixa da velocidade porque para ir ao home banking e usar o MSN serve perfeitamente.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Aquilo sofre de vários problemas estruturais e de um grave problema comercial.

O problema estrutural de que a ZON sofreu, foi o de a torneira dos fundos perdidos ter fechado.

Agora parece que abriu de novo para as redes de nova geração, e é vê-los aí pelas ruas a estender fibra, porque a torneirinha abriu de novo e existem novos investidores (mais uma cambada de corruptos e uns outros que nunca trabalharam mas são donos de uma enorme fortuna que até já compraram uma boa parte de acções da ZON, é essa mesmo a filha do José Eduardo dos Santos, presidente de Angola), que vão agora passar a beneficiar nos impostos bem como a ZON vai beneficiar nos impostos devido ao investimento feito com capital parte a fundo perdido e parte dos investidores.

É este o problema estrutural de todos os isp´s que utilizam esta tecnologia, porque suspeito que a Cored não beneficia ou beneficia pouco com isto, fruto de estar a oferecer um produto mais atractivo e que onde passar vai arrasar com a concorrência, logo como todos sabemos certos grupos económicos têm o condão de pôr e dispôr, ainda mais as golden shares do estado, de forma que dificultam a vida de tal forma a estas novas empresas que conseguem que estas comecem a acumular prejuízos atrás de prejuízos, levando as mesmas á falência com o aval do estado, autoridades reguladoras do sector e justiça.

Quanto aos comerciais, é outra nódoa, uma vez que a maior parte deles nem diz o que sabe nem sabe o que diz, e vale tudo para vender.

Se cada um dos isp´s fosse transparente e realmente cumprisse com o que anuncia, não precisava de ter contratos de fidelização, e os clientes poderiam livremente escolher os equipamentos que pretendem, não que isso não seja possível ou não aconteça já, mas quando chega á parte de fornecerem as configurações é o cabo dos trabalhos até estas serem fornecidas correctamente, e tudo porque quem as fornece não sabe para ele, quanto mais para informar os outros (leia-se clientes).

Eles querem é vender routers com software modificado por eles que compram a 5€ cada, sem qualidade nenhuma e sem quaisquer suporte digital ou em papel a não ser o básico de como ligar e aceder ao router (alguns ainda se dão ao luxo de as 4 portas do router 3 delas virem fechadas e para as abrir ainda querem que o cliente ligue para o apoio a clientes para eles explicarem como o fazer o que se traduz em chamadas longuíssimas e os €€€€€ a pingar no bolso deles devido ás linhas de valor acrescentado, a Clix é uma delas em adsl).

Um ex-cliente ZON mal servido, e ex-cliente Clix igualmente mal servido e que não está contente com as ofertas que existem no mercado.

Cumps

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu neste momento tenho meo fibra de 100 mb e posso dizer que estou bastante satisfeito com o serviço.

Por enquanto não tenho razões de queixa. (tirando o de ser caro... 70€)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Não há absolutamente nada que imponha que o uplink seja mais estreito que o downlink.
Estás totalmente errado. Na tecnologia ADSL está definido no ITU G.992.x as frequências para cada canal:

ADSL_frequency_plan.svg

Logo, o upload nunca poderá ser superior ao download.

Já a fibra óptica, não sei que tecnologias é que estão a ser usadas. Mas em última análise a questão é rigorosamente a mesma.

Aqui já depende da tecnologia. Em Portugal a única tecnologia baseada em 100% fibra óptica para o mercado residencial é a GPON. Utilizada pela Meo,Optimus Clix....

E na GPON está também definido que o Upstream é inferior ao Downstream. Seja em Portugal ou no Japão. É igual.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
onde o mesmo operador detinha 2 servidores nacionais (servidores Tejo e Sado), os quais eram responsáveis por uns bons 50% do tráfego nacional em p2p.

Isso é errado!

O Tejo e o Sado, não eram da empresa... Isso é um mito.

E quem disse que eram, só disse disparates.

Típico de uma empresa do Grupo PT nessa altura, da qual se desligou depois, embora todos saibamos que os administradores bailam entre a PT, ZON, TMN etc (o chamado bailinho das cadeiras cada vez que muda o governo).

A Zon não faz parte do Grupo PT.

É normal que dentro de um grupo empresarial, os funcionários mudem de empresa.

Alias dentro das telecom em Portugal, por ser um meio muito pequeno, é muito comum, que hajam pessoas que já trabalharam em diversos operadores de diversos grupos (é por exemplo o meu caso).

A respeito do tráfego internacional, concordo com a crítica, mas falta dizer que os operadores já foram castigados por isso pelo regulador.

Quanto a teorias de conspiração envolvendo privados, o governo e regulador, isso é disparatado, teorias de conspiração sem qualquer prova. E se tens provas, tens a obrigação de apresentar queixas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Só um pequeno comentário quanto ao serviço da ZON, pessoalmente tenho o de 50 megas e tirando um problema na estabilidade (resolvido com visita do técnico) a velocidade é bastante boa. Aliás de bons servidores , com algo tipo o Free download manager e usando uma ligação por cabo (wireless limita um bom bocado) não é incomum sacar a velocidades ~5MB o que para mim é bastante bom. Aliás até estou a pensar em reduzir o serviço pois o meu uso para essa velocidade é limitado.

No caso do upload não posso comentar muito pois não fiz muitas experiências.

Não estou particularmente a defender o serviço, pois acho que podia ser melhorado e algumas das condições (como neles todos) tipo PUA, acho duvidosas. É só para relatrar uma experiência positiva.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sorry, só me lembrei de por aquilo a sacar agora. Os resultados pordem ser visto em http://cid-25e81ca9954c743e.skydrive.live.com/self.aspx/.Public/uTorrent%20ubuntu.png

O gráfico de wireless mostra o download dos 3%~aos ~32%, o segundo gráfico é o restante.

Como disse para wireless o top fica-se pelos 2.X megas, por cabo facilmente atinge os 5 (boas fontes "mandatory"), normalmente vejo estas velocidades de 3~4+ em downloads directos e não por torrent. No gráfico aquando o uso de cabo de rede vê-se um slope inicial, é a cabeça do cabo que está marada :/ lol tive que segurar nele durante o resto do tempo, felizmente acabou de sacar rápido.

Um pormenor que por acaso tinha reparado, é que referiram as horas de uso, eu desde que tenho os 50 megas que tenho um horário de downloads tardio devido a ter aulas à noite. Das 22~23 para cima. Isso pode estar a ter bastante impacto na minha experiência. Assim que tiver tempo à tarde posso fazer mais alguns testes.

Edit: Lembrei-me de ver também o upload, então tirei os limites do utorrent, anda por volta dos 330 kb (algum fâ de battlestar vai ficar bem contente), tendo em conta que não parei de ver páginas, e tenho algumas coisas ligadas como live mesh, hamachi, messenger, anda perto dos 3mb que tenho contratado (que sim, podia ser bem mais).

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

merlin3000 esses resultados estão muitos bons, deves ser um cliente de sorte, visto que tenho visto *muitas* queixas de pessoal que quer sacar um torrent e simplesmente não consegue. (como se pode ver no vídeo acima)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Quando chegar a casa vou sacar esse torrent via wifi com a minha ligação 30MBits (as medições indicam ~22MBits via wifi, é um g) de fibra da TVTel e depois coloco aqui para comparar. Estou curioso ver.

@merlin3000, o teu wifi é n?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ele suporta N, mas neste momento está a G. Eu assim que poder tento a horas mais decentes e posto os resultados ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora