• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

deathseeker25

Google acusado de promover a pirataria de software

4 mensagens neste tópico

Uma simples busca é meio caminho andado para o software pirateado. A empresa de software belga Serverscheck não se conforma com a exposição que a pirataria tem nos motores de busca e decidiu processar o Google, com vista a pôr fim à apresentação de endereços que fornecem software pirateado nos resultados das pesquisas. O processo deu entrada no Tribunal de Lovaina, Bélgica, informa a Agência EFE.

Antes de apresentarem queixa em tribunal, os responsáveis da Serverscheck tentaram, por mais de uma vez, entrar em contacto com os responsáveis do Google, a fim de limitar a apresentação de endereços que fornecem cópias ilegais de software.

O Google não terá reagido de acordo com as expectativas da empresa belga, e a Serverscheck decidiu partir para o litígio em tribunal. Antes do início deste processo os responsáveis da Serverscheck já haviam recebido várias queixas de clientes.

Os responsáveis da empresa belga comparam a apresentação de resultados relativos a software pirata no Google à actividade de certas lojas que vendem produtos legítimos juntamente com outros provenientes da contrafacção.

No passado, o Google alterou os processos de apresentação de resultados relativos a temáticas sexuais e números de cartões de crédito – um antecedente que dá esperança à Serverscheck no que toca ao desfecho deste caso.

Fonte: Infortech United

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

loooooooooooooooooolll

realmente... eheheheh que risada eheheeeeeeeeeeeeeeehehehhe

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora