• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

DarkAtamar

Mais uma: Oracle

16 mensagens neste tópico

Boas,

Ainda que a resposta não tenha sido muita nos últimos posts [1 CV], não se desiste nunca!  :wallbash:


Número de Recursos: 1 (um)

Tecnologia: ORACLE 8i/9i (PL/SQL)

Nível: Médio - Avançado

Função: Programação PL/SQL

Local: LISBOA (Cidade)

Modalidade: FULL TIME - OUTSOURCING

Qualificações: conhecimentos consolidados na tecnologia pretendida / Inglês

Atributos adicionais: serão valorizados conhecimentos de Oracle 9iAS (Application Server) e/ou J2EE. Formação Certificada e/ou comprovada em PL/SQL.

Interessados enviem CV para jobs@vexis-it.com com a referência VJO135-ROS no assunto.


Número de Recursos: 1 (um)

Tecnologia: ORACLE 8i/9i

Nível: Médio - Avançado

Função: Oracle DBA

Local: LISBOA (Cidade)

Modalidade: FULL TIME - OUTSOURCING

Qualificações: Certificação DBA da Oracle / Inglês

Atributos adicionais: serão valorizados (mas não requeridos)  conhecimentos de Oracle 9iAS (Application Server)

Interessados enviem CV para jobs@vexis-it.com com a referência VJO136-ROS no assunto.


Aos interessados agradece-se ainda que indiquem a disponibilidade para eventual contratação.

Todos os currícula enviados integrarão a nossa base de dados e serão considerados para futuras oportunidades.

Fiquem bem.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

cool!

afinal nas empresas pedem mesmo a porra do oracle e do J2EE.... ehehehe o mundo empresarial anda muito conservador, mas pronto ok... ta-se

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

cool!

afinal nas empresas pedem mesmo a porra do oracle e do J2EE.... ehehehe o mundo empresarial anda muito conservador, mas pronto ok... ta-se

Conservador??? explica....

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

oh pa...

redes microsoft, sites em jsp ou asp, sistemas de sgbds pagos, etc etc etc...

há coisas que em o open source tem mais para oferecer do que propriamente o software pago, mas as empresas optam por software pago numa atitude "maria vai com as aoutras". Nem seque ponderam as opções todas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

oh pa...

redes microsoft, sites em jsp ou asp, sistemas de sgbds pagos, etc etc etc...

há coisas que em o open source tem mais para oferecer do que propriamente o software pago, mas as empresas optam por software pago numa atitude "maria vai com as aoutras". Nem seque ponderam as opções todas.

Lol desde quando e que o o J2EE e pago ??? não há nenhuma tecnologia que tenha mais ferramentas open-source profissionais de tanta qualidade como J2EE, existem Application Servers pagos mas também existem AP á pala, e funcam como kk tech com bases de dados à pala.

Hoje em dia consegues fazer um projecto de nível empresarial em J2EE sem teres de pagar nada (a não ser a BD e se fores esquisito).

EDIT: So para veres sites como o da CGD que são feitos em JSP/Struts custam 0 em direitos de software (mais uma vez a não ser que se usem BD's pagas ou outras tecnologias de suporte que já nada têm a haver com J2EE)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O J2EE não é pago mas continuo a  achar que usa-lo é uma abordagem mais conservadora. Estilo, Perl, php, Ruby, python...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

As necessidades de sft empresarial, e principalmente de soft de media grande dimensao continuam a justificar J2EE. Na realidade ha poucas comunidades tão dinâmicas como a de J2EE, por exemplo o novo hype de "code by convention" de que é exemplo Ruby on Rails é pouco utilizado empresarialmente devido ao facto de não providenciar muitas das features, principalmente a nível de segurança que J2EE providencia. Tu dizes que é uma abordagem conservadora no entanto eu conheço python e php (para alem de j2EE) e não estou a ver o que têm de "menos conservador". PHP  por exemplo é uma a linguagem  que não enforça código de boa qualidade, tenho experiência com PHP posso até dizer que não é mais simples, não é mais rapida a desenvolver, e é muito menos mantível do que j2EE . Isto por exemplo já não se aplica a RoR que é um espectáculo a nivel de desenvolvimento mas não te providencia muitas outras coisas que j2EE te providencia (SOA, orquetração, transacções distribuidas e propagadas etc...)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Epa... confesso que não estou bem por dentro das tecnologias todas.

Mas que carago... não entendo bem uma coisa... O php apaarece em todo o lado a servir de saco de porrada... toda a gente diz que não tem isto e não tem aquilo...

Por exemplo agora acabaste de dizer que é pior que RoR.. mas que carago... porque é que o php é de longe o mais utilizado? e porque é que está mais bem documentado e tem uma comunidade mais forte?

tipo... estas a escrever num script que foi escrito em php.

Ainda há tempos andei a ler umas cenas nos forums do punbb ( outro script de webforums ) e estava lá o administrador da maior comunidade online de desenvolvimento em RoR e o gajo disse textualmente:

"é contraditório e até tenho vergonha, mas não há nenhum script de jeito para webforums escrito em ruby, tenho que usar este que é francamente melhor do que qualquer um em ror"

epa... então são linguagens tão boas e mais n sei o quê e depois não servem para nada?

Vais ver tudo o que é desenvolvimento web e hoje em dia é php, já foi perl em tempos, mas agora o php acabbou com a concorrencia.

O yahoo é escrito em php e já foi o maior site do mundo, a wikipedia corre o mediawiki que é escrito em php. TODOS os fóruns que aí andam correm um dos váris scripts em php, assim como galerias de fotos, carrinhos de compras, SERVIDORES DE TORRENTS, etc etc etc...

Pa.. o php não  enforçar código de boa qualidade... pa... explica porque... até pode ser verdade.

O php conservador???

Não... posso não ser expert mas conheço-o suficientemente bem para dizer: Não.

O php já tem muita funcionalidade implicita, por exemplo: arrays multidimensionais indexados numerica e cardinalmente simultaneamente, possibilidade de usar um array como uma pilha ou fila sem necessidade de implementar nenhum código, funções com ponteiros dinâmicos implicitos, 1001 funcionalidades de manipulação de strings, suporta POO, repositórios de classes e librarias vastos e bem documentados, integração com 1001 outras tecnologias, possibilidade de diferentes abordagens por parte do programador, etc etc.

Sinceramente... lá por ser a linguagem do povão não quer dizer que seja pior. Eu aprendi php à minha custa, nunca me ensinaram, agora tenho que usar JSP e já estou às turras, basicamente não percebo um chaço daquilo e já tou farto de me esforçar.

Epa... explica aí as falhas do php e as maravilhas do RoR ou do JSP. Não é que eu não acredite que elas não existam, eu é que ainda não as vi, posso não ter procurado bem.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Começando j2EE e muito mas muito mais do que uma cena para fazer paginas web, e por isso que eu digo que ele continua e continuará a ser utilizado em ambiente empresarial, paginas web e uma das cenas que se pode fazer em j2ee e provavelmente nem e a sua melhor feature, pelo menos não sem uma boa framework por cima (tipo JSF ou Struts).

RoR e novo, existe pouca coisa feita dai = "é contraditório e até tenho vergonha, mas não há nenhum script de jeito para webforums escrito em ruby, tenho que usar este que é francamente melhor do que qualquer um em ror" la esta RoR e recente e ainda nao tens coisas ja feitas na comunidade (tipo phpBB ou outras cenas que mais). Eu nunca disse que PHP era conservador (muito pelo contrário) só disse que não percebia porque chamavas conservador a J2EE.

Eu compreendo quais as vantagens de PHP, é facil de aprender devido a isto tem uma comunidade grande, tem integracao facil com bases de dados, agora PHP começou como uma linguagem simples de scripting para fazer Personal Home Pages e como tal tem lacunas de desenho de raiz (eu nao estou a falar de falta de funcionalidades eu sei que da para fazer tudo e mais alguma coisa) sei que muitas e boas paginas profissionais sao feitas em PHP mas que este tera sempre um lugar previlegiado junto da comunidade caseira.

PHP nao enforça codigo de boa qualidade porque:

So orientas a objectos se te apetecer

Normalmente (e eu nao disse obrigatoriamente) misturas logica de negocio (inteaccao com BD's etc) com logica de apresentacao (HTML)

Nao tens acesso à stack de execucao (porque esta nao e gerida pelo PHP e corrijam-me se tiver enganado) o que impossibilita de exteriorizares servicos que te "poluem" a logica de negocio como logging ou seguranca

Nao me interpretes mal eu sei que PHP e uma linguagem extensa e que com bons conhecimentos se fazem coisas de qualidade a questão é qie não existe um "forcing" provocado pela arquitectura

Vantagens do RoR:

é sucinto, é a mais sucinta das linguagens que conheço, tem uam cena própria (uma convencao propria que tens de aprender) mas consegues fazer coisas como criar a edicao de um form com 3 linhas de codigo

Desvantagens:

e novo e como tal tem pouca coisa feita (como scripts de webforums) e nao tem acesso aos servicos tal como PHP

Vantagens de J2EE

é muito mais que uma framework web, mas mesmo na parte web tem ferramentas uteis e estaveis, é em Java e as boas ferramentas enforçam boas praticas. Tal como PHp tem uma comunidade grande e muito bem organizada de desenvolvimento open-source, as melhores ferramentas sao e coninuarao a ser à pala, a unica coisa que se paga e mesmo o AP mas tambem e so se quiseres visto que um dos melhores do mercado o JBoss e open-source e a apache esta a lancar mais um

Devantagens do J2EE

a maneira mais simples de fazer paginas web em J2EE talvez ainda seja JSP mas esta tecnologia sozinha tambem nao enforça bom codigo e boas praticas (tb tem a mania de misturar apresentacao com logica de negocio), mas quase ninguem usa JSP sozinho em ambiente profissional

Agora na realidade tu podes fazer porcaria com boas ferramentas e grandes cenas com ferramentas "menos melhores" tudo depende da habilidade e da para ver pelas coisas que estao para ai feitas em PHP (como este forum) que ha muita gente com jeito no meio.

Mais um EDIT: se quiseres eu mostro-te um exemplo de codigo feito com JSP+Struts+displaytag para que percebas o que eu quero dizer. se estas a tentar fazer alguma coisa de jeito em JSP simples, bem digamos que percebo porque andas as turras...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem... então basicamente, na tua optica resume-se uma aplicação bem escrita ao facto do programador ter sido obrigado a usar isto ou aquilo... epa... discordo por varias razões:

Primeira e a fundamental - ter escolha não quer dizer que uses a pior delas... se o php te permite trabalhares sem classes não quer dizer que não o faças se te apetecer... eu não sou muito adepto de POO mas nunca ouvi ninguem queixar-se de o PHP ser pobre no que toca à criação de classes e objectos.

Segunda - O teu raciocínio tem uma falácia. Usar POO não implica que a aplicação esteja melhor escrita, muitas vezes até acaba por ser o contrario pois as classes não fazem muito sentido se não estiverem fechadas... quero dizer: não faz muito sentido criar uma classe e depois deixar o seu desenvolvimento em aberto e em paralelo com o desenvolvimento de código que utiliza essa classe.

E... ainda mais importante, um programa é mal ou bem escrito com ou sem classes... se fosse por aí... POO não é mais do que uma ferramenta que permite diferentes niveis de abstracção no mesmo projecto. Para ser sincero não vejo grande vantagem nisso para projectos individuais... acaba por trazer mais trabalho.

Terceiro - não dividir o código inteligentemente é um exemplo de má programação e não estou a ver uma linguagem de web scripting que consiga evitar que o seu utilizador a emaranhe no meio do html. Nesse aspecto até acho os servlets a pior bosta que existe... apesar de supostamente*(ver nota) ser mais rapido.

Pelo que conheço o php permite organização do código sem problema nenhum.

O J2EE serve para muita coisa eu sei... mas neste caso particular estava a falar de programação web, por isso é que falei no JSP.

Epa.... a cena de em java não haver mais nada senão classes e objectos é comparável a eu ter fazer um pedido por escrito à minha mãe para lhe pedir dinheiro.

Mostra que aí tens em JSP aí isso que eu tenho uma deadline a cumprir com uma cena de JSP e não pesco nada disso... tou aqui tipo um boi a olhar para um palácio

e está aqui uma boa conversa sobre programação às 5 da matinha...

*ainda estou para conhecer o primeiro caso de esgotamento de recursos pelo processamento de scripts web obrigar à tomada de medidas como aquisição de software... normalmente os motivos têm a ver com a base de dados, numero de conneccoes, lentidão dos discos rigidos etc etc

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

LoL la esta, esta cena nem a trabalhar consigo ganhar habitos de jeito....

Mas voltando ao ponto em questao a cena e que tu nao tas a ver como se desenvolve codigo com por exemplo struts, o que disseste sobre deixar classes em aberto nao tem nada a haver. eu falo de POO mas nao no sentido de EU fazer arquitecturas complicadas com POO, POO entre outras coisa **PODE** fazer o enforcing de bom codigo se a ferramenta que estas a utilizar estiver desenhada para isso, ou seja eu uso tecnicas de POO sobre objectos e herarquias que ja existem, guardando as minhas para modelos de dados (como relacoes entre tabelas de bases de dados). Quando falas de servlets ya quem e que quer fazer out.prints() com HTML mas isso fica tao abaixo da camada em que desenvolves que nem te apercebes. De certeza que tambem nao te passa pela cabeça apanhar o interpretador de PHP a meio para fazeres alteracoes no que ele esta a interpretar, a nocao e similar. Tu falas de classes como se fosse uma coisa dificil de utilizar, mas la esta enquanto a tua experiencia e com PHP a minha e mais POO e como a ti te faz diferenca programar em POO a mim faz-me diferenca fazer uma aplicacao web cujos elementos basicos sao paginas (leia-se ficheiros PHP).

So para acabar (e ver se te arranjo um exemplo nice que tenha toda a parte amanha porque eu agora trabalho mais em aplicacoes 3 tier) o desenrolar normal do desenvolvimento de uma pagina em JSP+Struts+HIbernate+displaytag.

Defino uma accao no struts-config.xml (em xml 3 linhas de codigo) esta configuracao vai dizer a ActionServlet para onde redireccionar o pedido do cliente (tipo fazKKKoisa.do)

na Action (uma classe que extende por exemplo MappingDispatchAction) tenho um metodo (o que mapeei no strut-config) onde executo a minha logica de negocio tipo validacao de inputs server side (o struts inclusive ate te gera algum javascript de validacao) e faço insercoes na bd. Se for o caso preparo um objecto ou uma coleccao de objectos para mostrar ao utilizador e guardo tudo num request (quase nunca se guardam cenas na sessao) aqui acaba o codigo java.

no JSP que esta associado a esta accao apenas me preocupo em extrair os atributos do objecto (ou da colleccao) que criei e em mostra-los da melhor forma ao utilizador. Para mostrar listas costumo usar uma taglib que e chamada no JSP e que com 1 linha de codigo te faz uma tabela que mostra uma lista com estilos CSS ja e tudo.

a seguranca (gestao de sessoes, autenticacao, ssl  etc) e feita com pai 5-10 linhas de xml no web.xml e o logging (tipo guardar cada uma das paginas que determiando utilizador chamou) mais pai umas 5 nouto.

so para veres nunca mas nunca mesmo se chama java no JSP. Sao desenvolvimentos diferentes e de certeza que tanto um como o outro têm vantagens agora por alguma razao se muito J2EE a nivel empresarial. a alternativa e .NET com C# ou VB que na realidade surgiu do java, .NET tambem tem uma VM e o C# ate tava para se chamar java se nao fosse a Sun.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

epa... ok... muitas tecnologias, muita integração atraves do teu IDE etc etc... mas isso não quer dizer cebolas. Na simplicidade é que acho que está o segredo do php na verdade.

Ok... tu usas uma libraria que te imprime uma tabela com uma linha. Pois bem... agora há tempos lembrei-me de fazer uma função em php que faz exactamente isso, perdi 10 minutos a escreve-la e agora uso-a sempre, podes procurar na secção de php destes forums. Quanto ao CSS... desde que esteja ligado ao html vai funcionar sem problemas... alias... isso imprimir a tabela já com estilos até acho má pratica mas isso é outra discussão.

Sao filosofias completamente diferentes já estou a ver... a cena do php é precisamente permitir simplicidade e facilidade, e podes ir onde quiseres, e com uma eficiencia impressionante... basta ver a rapidez com que os scripts php correm...

Mas ok... concordo... para fazer php seguro é preciso mais do que saber programar em php.. talvez esse seja o preço a pagar. Mas tambem se consegue isso... a mim está-me a parecer, pela forma como falas e pelas minhas aventuras pelo java, que o J2EE é um developer kit do estilo "com isto podes cagar aplicações que correm"... quero eu dizer: permite ser-se seguro se se quiser, fazer-se isto e aquilo mas não exactamente de forma eficiente, pois já todas as classes são feitas de forma a que funcionem.

Pa... o php não tem que ser "baseado em páginas", normalmente esse é um grande erro que o pessoal faz... poe o código todo nos scripts chamados pelo cliente... mas o php é 100% server side.

Acho que o pessoal confunde a possibilidade de se por php aqui, ali, em todo o lado com "uma linguagem baseada em paginas"... de resto há aplicações em php do tipo:

servidores de bittorrent

servidores de email

calculadores matemáticos

ferramentas estatísticas

bots de irc

etc etc etc...

usar um gui HTML é apenas uma funcionalidade ali mesmo à mão...acontece que nos dias de hoje é um funcionalidade com uma importância gigantesca.

pa... so por curiosidade... já experimentaste php? epa... é que eu só uso JSP quando sou obrigado.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

E eu ja experimentei PHP alias os pai 3-5 primeiros sites que fiz eram em PHP e odiei, e acho que se calhar no ponto de vista de fazer web sites simples acaba por ser questao de gosto, eu odiei PHP, achei confuso e muito "error prone", mas lah esta tambem nao duvido que se nao tivesse desistido ate teria aprendido a trabalhar de melhor forma. Em termos de facilidade pura J2EE nao e sucinto como RoR mas da para separares as coisas suficientemente para manteres o teu trabalho organizado e nunca ter perderes nem te esqueceres de determinadas funcionalidades importantes. Claro que a parte Web de J2EE esta sempre a evoluir e a ultimo hype e JSF com Struts - shale ou Jboss seam em que podes quase programar tipo RoR. Finalmente J2EE e utilizado para muito mais que aplicacoes Web e por vezes acabar por representar uma parte minima da aplicacao e utiliza-se nem que seja por facilidades de integracao.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem, tive de férias mas parece que o topic deu que falar...

Eu tou com o Dabubble. A minha empresa tem procurado pessoal J2EE mas não é, de todo, para páginas web... nós usamos o J2EE em sistemas distribuidos empresariais para processos de negócio. Por acaso têm um interface web, também ele de base J2EE mas para isso nem estamos a usar JSP mas sim ColdFusion (que é J2EE mas mais simples para a questão do front-end).

Quanto às questões de JSP,PHP,RoR e tudo o resto, nunca vamos chegar a conclusão nenhuma porque cada um tem as suas coisas boas e más...por ex. o RoR é muito fácil de usar para coisas standard. Já tentaram fazer algo mais elaborado em RoR? É de arrancar cabelos....

Por último, qt ao open source vs. software fechado pago... a questão não passa tanto pelas potencialidades ou capacidades, nem sequer, muitas das vezes, pela fiabilidade, trata-se do suporte técnico e das garantias de continuidade que são oferecidas em ambientes pagos, que não acontecem em ambientes open source. Nós usamos Oracle/J2EE mas tb MySQL/PHP. Depende do cliente, depende da plataforma que tem, depende das aplicações que tem. E depois há o factor mentalidade. Se o cliente quer Oracle, por mt bom que seja o MySQL não me vou embora a dizer que se não quer MySQL eu não lhe vendo Oracle, né? ;)

Fiquem bem

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ya... muitas das vezes é uma questão de ignorância... o cliente ouve falar que "isto é que é bom", e acaba por se movimentar num mercado que promove isso mesmo.

Eu tenho bem noçao que num país pequeno e com uma mentalidade retrógrada como é portugal não há muito lugar para novas tecnologias, muito menos open source. O pessoal prefere pagar um balurdio por uma solução com oracle do que experimentar tecnologias open source com potencial.

Já agora... mo mysql, postgres, mesmo o php têm versões pagas e com suporte.

já que cá estamos... como é que anda o evaristo?

alguem tem ouvido falar?

vou fzer uma pesquisa.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem sei que existe suporte mas posso dizer-te que o facto das empresas que suportam os produtos não estarem presentes com uma estrutura em Portugal é factor decisivo para os clientes.

A Zend (no caso do PHP) não dá suporte directo em Portugal (qd muito dão-te um account mas tens de licenciar um pequeno balurdio). A MySQL o mesmo (e isto posso dizer com  certeza pq a Vexis é um dos parceiros que revende as soluções MySQL em Portugal). Não me interpretem mal, eu sou pelo open source. Sou programador de PHP desde 2001 e sempre construi soluções open source. No entanto, e do ponto de vista de gestor, não posso, em caso algum, limitar-me ao mercado open source. As grandes instalações open source em Portugal (ex: Ministério da Justiça) tendem a criar o seu departamento de suporte in-house e o negócio gerado é praticamente nenhum, salvo para os fornecedores directos do sistema.

Como referiste pedrotuga, o mercado é pequeno e a mentalidade retrograda. No entanto, quem tem o poder económico e de influência para mudar isto não está interessado.

Sic Transit Gloria Lusitania  :smoke:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Convidado
Este tópico está fechado a novas respostas.