• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

black_Day

Duvida sobre o 10 ano.

19 mensagens neste tópico

Não faço a mínima ideia de como responder às tuas perguntas, mas por experiência própria, e se pretenderes seguir estudos mais tarde na universidade, não vás para um curso tecnológico.

Podes muito bem aprender programação sem estar num curso profissional (embora possa ser mais difícil), mas aprendes as bases essenciais de matemática e física, que te vão ser bem precisas.

Existem outras discussões do género por aqui, consulta o quadro de extra programação para teres mais umas opiniões. :cheesygrin:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Falta física/química, e, bem mais importante, Filosofia, além de teres matemática B

Eu pensava que nos profissionais nao tem Filosofia...

Mesmo assim, gostei mais o de tecnico de Informatica de Gestao...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O curso tecnológico de informática já não existe.

Acho engraçado dizeres isso tendo em conta que o meu irmão mais novo o está a tirar.

No entanto penso que de facto este é o último ano do curso, infelizmente.

É um curso bastante engraçado, e foi o curso que eu segui nos meus tempos (que não foram propriamente há muito :D).

Como já foi mencionado, falta a Matemática A, mas de resto, é um curso bastante completo, e que dá-te as bases formativas necessárias para a Universidade (fala a voz da experiência, de alguma forma consegui entrar para o IST ;)).

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Acho engraçado dizeres isso tendo em conta que o meu irmão mais novo o está a tirar.

No entanto penso que de facto este é o último ano do curso, infelizmente.

(...)

Por isso é que eu disse que já não existe.

E ainda gostava de saber como é que um aluno que está nesse curso no 12º faz se chumbar visto que para o ano já está "completamente extinto".

Podem dizer-me qual a importância da filosofia?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Por isso é que eu disse que já não existe.

Não consigo de forma alguma ver porque é que isso faz sentido.

E ainda gostava de saber como é que um aluno que está nesse curso no 12º faz se chumbar visto que para o ano já está "completamente extinto".

Bem, na realidade o que vai acontecer é que vão deixar de abrir vagas para o 10º ano desse curso, no entanto o 10º ano deste ano vai prosseguir com os estudos até ao 11º ano, e por aí à frente. Quem perder no 12º ano tem mais 2 tentativas. ;)

Quem está no 10º ano, e perder algum dos anos, certamente poderá "negociar" com a escola uma alternativa, tal como fizeram os meus colegas do 11º ano que não transitaram, pois tiveram a infelicidade de não ter uma turma do 10º ano para repetirem.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Quais sao as linguagens de programacao que se dao nestes cursos?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Quais sao as linguagens de programacao que se dao nestes cursos?

Na minha altura dei Pascal, JavaScript, VB6, C, C++, VC++, Java, SQL, PHP e C#.

Para desenvolvimento web demos também XHTML e CSS.

Mas não fiques a pensar que de qualquer um desses cursos vens um "profissional" bem formado. ;)

Só sais com umas bases porreiras para prosseguires para estudos superiores.

No entanto, aconselho-te sempre à práctica de self-teaching. :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

No entanto, aconselho-te sempre à práctica de self-teaching. :D

Keres dizer pesquisar,programar e desenrascar-me sozinho? :)

Ja faco isso ha 3 anos, desde que me perguntei como e que a microsoft fez o windows... :biggrin: ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Keres dizer pesquisar,programar e desenrascar-me sozinho? :D

Ja faco isso ha 3 anos, desde que me perguntei como e que a microsoft fez o windows... :biggrin: ;)

Fazes muito bem. :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não considero Flosofia uma disciplina assim tão importante. Física gosto e química é engraçado (e torna-se dificil), mas não me choca que não façam parte deste curso. Se fosse matemática... isso já era escandaloso.

Mas sei lá.. há tantos factores, se a escola é boa, se os colegas tambem estão interessados em aprender, se TU estás interessado em aprender.

Quando andei no liceu tambem havia cursos tecnológicos na minha escola. Um amigo meu foi para um curso desses, foi o único que passou de anos no 10º mais de metade da truma dele chumbou por faltas.

Só um exemplo de como cada caso é um caso.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não sabia que esse curso ia abrir este ano.

E um aluno que esteja nesse curso profissional é muito complicado depois prosseguir?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Como já foi mencionado, falta a Matemática A, mas de resto, é um curso bastante completo, e que dá-te as bases formativas necessárias para a Universidade (fala a voz da experiência, de alguma forma consegui entrar para o IST ;)).

Andas no técnico e ainda não te disseram que entrar é o mais fácil? :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Andas no técnico e ainda não te disseram que entrar é o mais fácil? ;)

Sair também é fácil, só que com o canudo na mão é que custa mais. :D
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Nota:

Não sou nem quero ser exemplo para ninguém. Aos 30 anos tinha apenas o 6º ano, e apenas nesta altura mentalizei-me que tinha que estudar...Hoje, com 34 anos, estou a concluir o 12º, no tal Curso Tecnológico de Informática, e agradeço bastante ter tido disciplinas como Filosofia e ter tido a oportunidade de ler autores como Fernando Pessoa. Não podemos pensar que apenas a informática interessa....Lembrem-se que os grandes matemáticos também foram grandes filósofos.

Eu reconheço a importância da filosofia, mas não reconheço a importância da disciplina em si.

Na disciplina de Filosofia não filosofámos de qualquer maneira, mas sim cobrimos a história da filosofia e de filósofos reconhecidos.

Eram muito raras as aulas em que eu podia de facto mostrar a minha opinião, essas aulas sim, valiam a pena, no entanto, cerca de 85% das aulas cobriam opiniões de outros filósofos aos quais não me era dada a opção de sequer as contestar com aceitação.

Todos nós somos filósofos, mesmo inconscientemente, e a filosofia é essencial para este mundonós, no entanto, a disciplina não me parece ser crucial.

É só a minha opinião. :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

"Walk before you run"

"Cobrir opiniões de outros filósofos" é muito mais do que ver as "opiniões" deles. É dar a conhecer aos alunos um leque de formas distintas de pensar e encarar o mundo.

Não queiras integrar antes de saberes o que é uma função, não queiras filosofar antes de saber como se pensa.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

"Walk before you run"

"Cobrir opiniões de outros filósofos" é muito mais do que ver as "opiniões" deles. É dar a conhecer aos alunos um leque de formas distintas de pensar e encarar o mundo.

Não queiras integrar antes de saberes o que é uma função, não queiras filosofar antes de saber como se pensa.

Eu tenho noção disso, mas há uma diferença entre "dar um leque de formas distintas de pensar" e não aceitar as opiniões dos alunos.

Eu posso ter tido azar com os meus 2 professores, mas não me parece que a maneira de leccionar a disciplina varie muito neste aspecto, devido a discussões posteriores que tive com colegas meus.

Eu aceito a maneira de pensar dos outros, mas não me vão obrigar a escrever num teste que concordo com o que alguém diz só porque "faz parte do programa", ou porque os professores acham que assim deve ser. :D

A disciplina de filosofia na minha opinião é muito mal aproveitada. Podia ser um centro de debates envolvendo opiniões interessantes de filósofos, desenvolvimento de filosofias próprias, apresentação de trabalhos que nos permitissem demonstrar a nossa forma de pensar, entre outras. No entanto, consiste num disciplina como as outras, que não envolve "filosofar" mas sim o tema da filosofia (se isso fizer sentido).

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não me lembro agora qual era o tema, mas depois de estudarmos várias opiniões sobre um determinado assunto, foi-nos pedido, de uma forma oral, que opinassemos sobre o assunto, se sim ou se não concordávamos. Eu fui o único que disse que não...o ppl refutou:"Ai mas o Platão em determinado texto disse que sim...", ao qual eu respondi: "O Platão é parvo!"..aquilo foi uma heresia...nem imaginam...todos ciram em cima de mim..e o prof a rir-se sozinho...

No fim, o prof não me censurou, nem muito menos me castigou, porque os meus colegas quiseram usar uma falácia, neste caso um argumento de autoridade, ao qual eu respondi com lógica, que era a finalidade desse trabalho (lógica clássica).

Queria eu ter um professor assim. :D

Os meus professores censuravam-me se opinava contra as teorias dos "grandes génios".

Portanto, podes concluir por aqui que em filosofia também se escreve direito por linhas tortas. Apenas mais tarde ou com uma determinada idade é que se compreende o porquê daquilo.

Hmm, isso da idade não me consigo relacionar com. Não é a idade que define a tua maturidade, longe disso.

E em filosofia, se calhar eu é que tive azar com os meus professores, mas eu garanto-te que nem por linhas tortas eram aceites/compreendidas as minhas opiniões.

Eu opinava na mesma, mas era fortemente repreendido por fazê-lo.

Enfim, algo que me fazia também não gostar da disciplina eram umas raparigas da turma de artes que tinham filosofia com a minha turma. Elas faziam só suck-up à professora, tinham pseudo-stuff em excesso, e tinham a mania de criticar a minha turma por tudo e por nada. Sendo eu tudo excepto um suck-up, a professora tinha uma opinião muito diferente de mim que tinha delas. Talvez isso influenciasse a negatividade que ela via nas minhas opiniões, não sei. :)

Um facto é que ela nunca gostou muito de mim, e por alguma razão fez de tudo por me reprovar na disciplina (algo que era impossível tendo em conta que só os meus testes davam-me uma média de 15.4 B))

Eu embirrei bastante com filosofia no 10º...e nem o facto de a prof ser boa como o milho me cativava...

Isso talvez tivesse influenciado a minha maneira de ver as coisas, não sei. B)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora