• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

UnReal

Playstation 3

14 mensagens neste tópico

Quais os trunfos da PS3?

Durante meses sonhámos com a conferência que a Sony viria a dar durante a madrugada de hoje (nossa hora local). Entre anúncios e confirmações de títulos para o futuro da Playstation 3, mais importante era saber quando sairia a consola e a que preço. Os jogadores queriam também saber se a gigante nipónica iria ter presente alguma coisa jogável com o hardware da consola, ou se se limitavam apenas à exibição de vídeos, tal como aconteceu o ano passado. E o comando da consola? Resistiria a Sony às críticas do comando boomerang ou teríamos alguma surpresa? Pode-se dizer que a maior parte das questões foram respondidas, porém alguns itens ficaram disseminados pelo meio da palestra de Kaz Hirai, o presidente da Sony Computer Entertainment.

Não há bela sem senão!

Comecemos então pelo mais importante, os preços. A Sony revelou que a consola irá sair em dois formatos, uma com um disco rígido de 20 GB com um preço de 499 Euros, e uma outra versão de 60 GB, por mais 100, ou seja, 599 Euros. Quanto a datas, o mês de Novembro é mesmo para cumprir, uma data que já havia sido avançada, mas contrariada pelos analistas, que acham impossível a consola estar pronta nessa altura. Parece que o exemplo da Microsoft vai mesmo ser seguido em termos de lançamento global, e durante o “infernal” mês de Novembro a editora nipónica pretende colocar nas prateleiras 2 milhões de unidades, começando pelo Japão, e em dias alcançar a América e a Europa. Até ao fim do ano a Sony pretende ter 4 milhões de consolas, e 6 milhões no fim de Março, terminando assim o seu ano fiscal.

No entanto, apesar de terem passado despercebidas durante a conferência, as diferenças de preço não incidem apenas na capacidade do disco rígido. Existem outras diferenças entre as versões, como podem ver na ficha oficial de produto da Sony aqui. A diferença de 100 Euros significa não só uma redução da capacidade do disco, mas outras ausências graves, como a falta de leitor de cartões. A versão mais cara, por outro lado, terá a capacidade de ler cartões Memory Stick, SD e Compact Flash. Mas as coisas não ficam por aqui. Numa altura em que estamos numa explosão das redes sem fios, a versão da consola mais barata não terá wireless embutido, ou seja, não suportará o protocolo IEEE 802.11 b/g. Por fim, mas não menos importante, é a ausência na versão base da componente HDMI (High-Definition Multimedia Interface) ou seja, aquela que tem como função levar o sinal em formato digital alcançando as resoluções de alta definição (1080p).

Como podem ver, um corte de 100 Euros no orçamento para comprar a consola poderá significar bem mais que uma simples capacidade de armazenamento de dados. Dilui-se ainda um dos trunfos iniciais da Playstation 3, a capacidade de distribuição de sinal para duas televisões, permitindo por exemplo, jogar em multiplayer com uma única consola. Isto porque a versão mais cara apenas tem disponível um conector HDMI, além de uma redução de portas USB do número que foi prometido.

O comando clássico evoluído

Uma coisa é certa, a Sony parece ter mesmo ouvido as críticas dos fãs e da indústria em geral aquando da apresentação do comando, na E3 do ano passado. De forma surpreendente, os jogos testados durante a conferência pareciam ser controlados por um simples Dualshock, igual às anteriores Playstations. Kaz Hirai explicou que o clássico comando iria manter-se, mas claro, adaptado à nova geração. Em termos estéticos chama a atenção pelos botões R2 e L2 serem um pouco maiores, assim como a presença de um mini-USB do local onde sai o fio, denunciando a sua capacidade wireless. A comunicação será feita via Bluetooth, permitindo-nos ligar o comando via USB sempre que as baterias estiverem fracas, sem termos de parar de jogar. Uma das características mais notadas deste novo gamepad é a capacidade de reconhecimento de movimentos num ângulo de 6 graus. Ou seja, aqueles movimentos involuntários que muitas vezes fazemos a jogar títulos de carros, por exemplo, serão captados pelo controlador e transmitidos ao jogo, afectando a jogabilidade. Trata-se no fundo de uma tecnologia semelhante à Nintendo Wii, mas não tão profunda, pois apenas capta movimentos básicos, complementando o controlo dos jogos, e não substituindo-o. Ou seja, enquanto que o comando da Wii permitirá controlar na totalidade um jogo, como Metroid Prime, tal como já foi mostrado, com o Dualshock seria impossível pois apenas podemos dar uns toques. Imaginem um tabuleiro com uma esfera em cima, e onde temos que evitar que esta caia. Podem fazer todos os movimentos de inclinação do tabuleiro de forma a manter a esfera em cima com o novo Dualshock, mas será impossível jogarem uma partida de ténis da mesma forma como o fariam com o comando da Wii. Durante a conferência, a Sony demonstrou estas capacidades do comando recorrendo a Warhawk da Incognito, usando os sensores de movimento.

Os jogos?

Ainda sem definir quais os títulos que acompanharão a consola no seu lançamento em Novembro, foram apresentadas algumas preciosidades. O primeiro foi Gran Turismo HD, uma versão de alta definição do excelente GT 4, lançado o ano passado na Playstation 2. Surpreendente foi a demonstração de Eye of Judgement, um jogo de combates de cartas que utiliza o EyeToy como periférico de interacção. Durante a demonstração o Dr. Richard Marx, o criador da tecnologia EyeToy, dispunha cartas reais na mesa que eram interpretadas pela câmara, invocando monstros nos combates. Seguiu-se a Game Republic demonstrando Genji 2, onde dezenas de samurais se digladiavam no ecrã. Uma particularidade desta sequela é a capacidade de trocarmos de combatentes em tempo real, permitindo a realização de combos mais complexos.

Com a apresentação de Formula One 06, a Sony demonstrou como a PSP se poderia integrar na Playstation 3. Neste caso podemos ligar ambas as consolas transformando a portátil num verdadeiro retrovisor, vendo a traseira do carro em tempo real. Seguiu-se mais um título espampanante chamado Heavenly Sword, mais um jogo de combate que opunha uma heroína a lutar contra dezenas de inimigos. Numa sequência de vídeos, foram apresentados uma série de novos títulos incluindo Lair, um novo jogo de golfe da série Everybody's Golf, Eight Days, Assassin's Creed, Sonic, Ridge Racer 7 e um projecto sem nome da Naughty Dog. Houve tempo ainda para a Insomaniac demonstrar Resistance: Fall of Man, um jogo de acção num período da história alternativa onde a Segunda Guerra Mundial nunca teve lugar.

Os pesos-pesados ficaram mais para o final, com a entrada em cena de Metal Gear Solid 4, um jogo passado no futuro, com Snake mais velho, mas acompanhado de um elenco bem conhecido dos anteriores títulos da série. Houve ainda tempo para mostrar Final Fantasy XIII.

No final, a sensação com que ficámos foi que a Sony tem tido algumas dificuldades em montar a consola, tendo tido necessidade de comprometer alguns dos componentes para a tornar mais barata. Mesmo assim, se compararmos os preços das duas versões com a Xbox 360, os jogadores ainda terão de dispensar pelo menos uma centena de Euros entre a consola mais cara da Microsoft e a mais barata da Sony. Mas 200 Euros separam as melhores versões de ambas as consolas, o que para muitos poderá significar um planeamento cuidado na consola de nova geração a adquirir. Seja como for, a partir de agora é contar os meses até Novembro para podermos comparar efectivamente o potencial de ambas as consolas.

Fonte: PT Gamers: http://www.ptgamers.com

10239.jpg

PS: para quem não viu a press conference, pode ve-la aqui: http://www.gamespot.com/e3/e3live.html

Que acham, hein? Preço parece puxado mas olhando ás caracteristicas não sei se não se justificaria.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

não me cheira. quem viu a demonstração de um jogo de aventura (que não me lembro agora o nome) em video viu os brakes que isso tinha...e para além disso a X360 por 399 euros tem o mesmo que a PS3 a 599...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

não me cheira. quem viu a demonstração de um jogo de aventura (que não me lembro agora o nome) em video viu os brakes que isso tinha...e para além disso a X360 por 399 euros tem o mesmo que a PS3 a 599...

Não sei se será bem assim...a PS3 já tem bluray, e leitores deste formato são um pouco caros ainda.

Não confirmo isto que vou dizer mas vi em qualquer lado que a PS3 tem wifi e a X360 não, entre outras coisas que a PS3 vai ter a mais.

Em termos de jogos penso que " ah, ps3 tem mgs4", "ah xbox360 tem halo3".

As 2 consolas penso que vão estar muito equiparadas, mas a PS3 vai ficar com algum avanço...

Estão apenas preocupados com com os graficos, enquanto que com a Wii (?), vai ser outro "campeonato", mais virado pa jogabilidade e divertimento porque em termos de hardware penso que vá perder.

Resumindo: Para mim, comprar a PS3 e um investimento mais de futuro, tendo em conta, algumas possibilidades de hardware que ja tem, enquanto que a Wii é para quem quer so quer jogar.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

a xbox 360 tem tudo wifi, desde comandos a network, e quanto ao bluray -> para além de ser mais lento as editoras vão gastar mais para produzirem jogos para a ps3, o que faz chegar exclusivos à 360.

quanto à Wii, a nintendo faz consolas com o mesmo objectivo de sempre que acho tão justo como os outros: a diversão pura e simples ao melhor preço possivel.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Epah, a Nintendo é que está a seguir o caminho porque os gráficos é uma coisa segundária ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Epah, a Nintendo é que está a seguir o caminho porque os gráficos é uma coisa segundária ;)

Como disse o AriOps, a Nintendo faz as consolas com o unico objectivo sendo esse a diversão, não olhando as outras coisas como gráficos, etc. Teoricamente a PS3 vai ter melhor qualidade gráfica e para mim, isso não e um coisa secundária. É uma coisa em primária em conjunto com diversão.

Um dos problemas da Nintendo, para mim é o facto de os jogos serem muitas vezes baseados em Zeldas, Marios, Sonics,etc e esse tipo de jogos talvez seja para faixas etárias mais baixas, não querendo dizer que so jogos com Sangue, Armas, Sexo, e Linguagem inapropriada  é que são porreiros.

Em termos de diversão penso que quem está pior ate será a X360 que é a única que não tem comandos com sensores de movimento que tanto sucesso têm tido.

Fiquem

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

http://www.theinquirer.net/?article=31681

http://kotaku.com/gaming/kotaku-stalku/kot...demo-172579.php

Assim é fácil ter bons gráficos. Oh well, a Sony a enganar os jogados (mais uma vez).

Para quem não percebeu, o Grand Turismo da E3 não estava a correr no hardware da PS3 mas sim num computador com outro hardware. Isso já aconteceu com o Killzone 2 e o Motorstorm que foram apresentados no ano passado. E este ano ficaram totalmente diferentes.

Motorstorm antes:

92839320050516screen0034ig5uk.jpg

Depois (a correr na PS3)

motorstorm6ed.jpg

Ah, e sabiam que os jogos da Ubi Soft para a PS3 na E3 estavam na realidade a correr numa Xbox 360? Pelos vistos, a PS3 não é assim tão superior  :rolleyes:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Alguem sabe quanto é que a Nintendo e a Microsoft pagaram ao The Inquirer (famoso pelos seus boatos e flames) para escrever isso?

Quanto ao outro site nem comento... :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Alguem sabe quanto é que a Nintendo e a Microsoft pagaram ao The Inquirer (famoso pelos seus boatos e flames) para escrever isso?

Quanto ao outro site nem comento... :)

Alguem sabe quanto é que a Nintendo e a Microsoft pagaram ao The Inquirer (famoso pelos seus boatos e flames) para escrever isso?

Quanto ao outro site nem comento... :)

Pois, não tens que comentar porque o Kotaku é um site conceituado :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Alguem sabe quanto é que a Nintendo e a Microsoft pagaram ao The Inquirer (famoso pelos seus boatos e flames) para escrever isso?

Quanto ao outro site nem comento... :)

A própria IGN colocou essa notícia. Só foi removida porque a Sony lhe pediu.

touché!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Alguem sabe quanto é que a Nintendo e a Microsoft pagaram ao The Inquirer (famoso pelos seus boatos e flames) para escrever isso?

Quanto ao outro site nem comento... :)

Alguem sabe quanto é que a Nintendo e a Microsoft pagaram ao The Inquirer (famoso pelos seus boatos e flames) para escrever isso?

Quanto ao outro site nem comento... :)

Pois, não tens que comentar porque o Kotaku é um site conceituado ;)

Conceituado?! Sites que têm redactores sem qualquer bom-senso ou que optaram pela vertente sensacionalista do jornalismo não podem ser sites conceituados. Colocar uma conversa sem provas da sua existência comprova que esse site não é conceituado. Aliás, pode até ser conceituado dentro da comunidade de jogadores Nintendo ou anti-Sony...

Alguem sabe quanto é que a Nintendo e a Microsoft pagaram ao The Inquirer (famoso pelos seus boatos e flames) para escrever isso?

Quanto ao outro site nem comento... :)

A própria IGN colocou essa notícia. Só foi removida porque a Sony lhe pediu.

touché!

Dizer isso assim convictamente não me parece prova suficiente. Para além disso, a IGN não precisaria de remover a notícia nem que a Sony oferecesse um valor astronómico: é dos melhores sites de gaming que existe, senão mesmo o melhor. Portanto, se realmente a notícia tivesse sido colocada a ign não a teria removido.

Fontes como o Kotaku ou The Inquirer não inspiram grande confiança... ;) É sou vapourware e conteúdo patrocinado por...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Conceituado?! Sites que têm redactores sem qualquer bom-senso ou que optaram pela vertente sensacionalista do jornalismo não podem ser sites conceituados.

Quando é que foram sensacionalistas?

Dizer isso assim convictamente não me parece prova suficiente. Para além disso, a IGN não precisaria de remover a notícia nem que a Sony oferecesse um valor astronómico: é dos melhores sites de gaming que existe, senão mesmo o melhor. Portanto, se realmente a notícia tivesse sido colocada a ign não a teria removido.

Já não seria a primeira vez.

Ainda estou para saber que boatos é que o The Inquirer já lançou. O facto de dois sites distintos terem lançado a notícia é mais que motivo para ser verdade. Porque haveriam de estar a mentir? Até parece que a Sony não costuma fazer marketing sujo

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Olhem lá, o Online da PS3 vai ser gratuito?

PS: bem vou bazar, vou dar uns toques em Burnout Legends na PSP :thumbsup:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora