• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

JoaoRodrigues

Partição estranha

17 mensagens neste tópico

Hello malta, hoje o dia foi péssimo. O meu portátil tinha dual-boot, Vista e Ubuntu 8.10. Daí, tinha 5 partições: VistaOS, Vista Recovery, Linux Swap, Linux Data, DATA. O meu GRUB tinha 4 opções: Linux, Linux Recovery Console, Vista, Vista. A primeira do vista era obviamente a partição Recovery. Como nunca lá mexia, deixei estar. Hoje, quis ir ao windows e enganei-me a escolher a partição e lá carreguei na de recovery. Passado 3 segundos de começar a bootar, deu erro, obviamente. Reiniciei, e o GRUB deu erro 22. Que pensei eu? "Bolas, o MBR do windows voltou a comer o GRUB.". Live CD e a minha partição do Ubuntu não era montada, todas as outras eram, menos aquela. Andei 2 horas de volta daquilo e nada. Usei um Recovery tool e deu que a partição estava danificada e nem conseguia contar superblocks ou la o que era. Por acaso, fui ao particionador do LiveCD do ubuntu e essa partição do ubuntu aparecia como espaço vazio :x

Lá formatei o PC, mandei o vista pas couves, e agora ta tudo porreiro e funcional. Mas fiz agora um fdisk -l e o resultado foi este e parece-me estranho... que acham?

joao@wasp:~$ sudo fdisk -l

Disk /dev/sda: 320.0 GB, 320072933376 bytes
16 heads, 63 sectors/track, 620181 cylinders
Units = cylinders of 1008 * 512 = 516096 bytes
Disk identifier: 0x3d4f100c

   Device Boot      Start         End      Blocks   Id  System
/dev/sda4   *           1      620181   312571192+   f  W95 Ext'd (LBA)
/dev/sda5          330411      620181   146043904    7  HPFS/NTFS
/dev/sda6               1         992      499873+  82  Linux swap / Solaris
/dev/sda7             993       62758    31130032+  83  Linux
/dev/sda8           62759      330410   134896576+  83  Linux

Partition table entries are not in disk order
joao@wasp:~$ 

Aquele /dev/sda4 era a minha partição fdd do Ubuntu que devia ter sido apagada... Eu qd formatei apaguei TUDO menos a sda5 (DATA) e criei 3: Swap, root, home.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O sda4 é um container das outras, o sda5 é a partição do vista, o sda6 swap, sda7 root filesystem, sda8 dados. Olhando para isto, diria que não fizeste nada à estrutura do disco. Mas olhando para o start e end dos devs, fiquei uma beca wtf. O sda5 na verdade devia ser sda8, e os outros deivam ser todos -1. Isso está mesmo muita estranho.

Podes dar aí um screenshot do GParted nesse disco?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O vista já não está em lado nenhum. Eu reinstalei o Ubuntu. Apaguei as partições TODAS menos a DATA (sda5) que é uma partição NTFS com... tralha :P

Tou é com medo de começar a trabalhar de novo e perder outra vez tudo :x

Screen do Gparted? A mostrar o que mesmo?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O vista já não está em lado nenhum. Eu reinstalei o Ubuntu. Apaguei as partições TODAS menos a DATA (sda5) que é uma partição NTFS com... tralha :P

Ah! Então tens a /home separada da /, certo?

Screen do Gparted? A mostrar o que mesmo?

A estrutura do disco.
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu dantes tinha isto:

/dev/sda1: Partição de recuperação do Vista

/dev/sda2: Partição "normal" do Vista

/dev/sda3: Partição SWAP

/dev/sda4: Partição / Linux (/, /home, /var, etc etc, sem separação)

/dev/sda5: Partição DATA (metade do disco para guardar tralha fora dos SOs).

Agora, tenho aquilo que viste em cima. Não tenho aqui o Gparted de momento, mas não dá para verificar isso que querias com outra coisa qq?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O que eu acho é o seguinte: salvaguarda os dados numa unidade externa e reparticiona isso de forma a que fique arrumadinho. Que é como quem diz, manda o vista para as couves.

Na, esta última frase era a brincar.

Mas olha que para ser franco eu não ficava muito descansadinho se tivesse um sistema com partições de configurações particionais antigas à mistura com novas. Para ser franco dual boot é uma coisa que nunca me agradou e sou da opinião que ainda é há muito caminho pela frente até chegarmos a um nível de funcionalidade aceitável nessas coisas de dualboots e afins.

Já pensaste em utilizar uma virtual machine? Pessoalmente acho que é uma solução muito mais rebusta e com menos pitfalls.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Vocês não estão a perceber :x

5a Feira, dia 4 de Dezembro, um fdisk ao meu pc dava este output:

/dev/sda1: Partição de recuperação do Vista

/dev/sda2: Partição "normal" do Vista

/dev/sda3: Partição SWAP

/dev/sda4: Partição / Linux (/, /home, /var, etc etc, sem separação)

/dev/sda5: Partição DATA (metade do disco para guardar tralha fora dos SOs).

HOJE, dia 7 de Dezembro, depois de todos os problemas, com um format e um arrumar direitinho das coisas, dá isto:

/dev/sda4  *          1      620181  312571192+  f  W95 Ext'd (LBA)

/dev/sda5          330411      620181  146043904    7  HPFS/NTFS

/dev/sda6              1        992      499873+  82  Linux swap / Solaris

/dev/sda7            993      62758    31130032+  83  Linux

/dev/sda8          62759      330410  134896576+  83  Linux

----------------

Eu já não tenho o vista, já não tenho Dual boot. Eu só gostava de perceber o que raio se passou aqui :X

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Parece que no dia 4 de Dezembro tinhas 4 partições físicas e uma partição lógica.

Hoje tens uma partição física e 4 lógicas.

Segundo penso, só podes ter 4 partições físicas num disco. Se queres mais partições tens que criar partições lógicas (ou expandidas, ou extendidas, ou lá o que é) dentro das partições físicas (ou primárias ou lá o que é).

Aprentemente, quando re-particionaste o disco, criaste as partições como lógicas ...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Foi o Ubuntu que fez aquilo :x Há algum mal nisto? E porque raio continua aquele sda4 ali?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O sd4 é a partição física. Acho que todos os discos têm que ter pelo menos uma partição física. Acho ainda que só uma das partições físicas é que pode conter as partições lógicas.

sd1, sd2, sd3, e sd4 são as partições físicas.

sd5, sd6, etc .... (acho que tem um limite qualquer) são as partições lógicas e estão TODAS dentro de uma única partição física.

O meu fdisk diz:

Command (m for help): p

Disk /dev/hda: 250.0 GB, 250059350016 bytes
255 heads, 63 sectors/track, 30401 cylinders
Units = cylinders of 16065 * 512 = 8225280 bytes

   Device Boot      Start         End      Blocks   Id  System
/dev/hda1   *           1          34      273073+  83  Linux
/dev/hda2              35       30401   243922927+   5  Extended
/dev/hda5              35         642     4883728+  83  Linux
/dev/hda6             643        1007     2931831   83  Linux
/dev/hda7            1008        1759     6040408+  82  Linux swap / Solaris
/dev/hda8            1760        1808      393561   83  Linux
/dev/hda9            1809       30401   229673241   83  Linux

Ou seja, tenho duas partições físicas: hda1 e hda2; a partição hda2 contem as partições lógicas hda5 até hda9.

Acho que não há mal nenhum em usar partições lógicas ... mas espero que alguém com mais experiência tenha alguma coisa a dizer :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Eu já não tenho o vista, já não tenho Dual boot. Eu só gostava de perceber o que raio se passou aqui :X

Tentaste montar a /sev/sda5 manualmente? Se não tentaste, tenta agora e vê o que é que está lá dentro.

Eu diria que a Ubuntu te converteu uma das partições primárias em "lógica" (i.e. meteu-a dentro da DOS extended), o que é estranho... especialmente se o mandaste apagar tudo...

Só o digo mesmo porque, caso contrário, não faço ideia aonde a Ubuntu se foi lembrar de criar uma partição NTFS.

Foi o Ubuntu que fez aquilo :x Há algum mal nisto? E porque raio continua aquele sda4 ali?

Aquele sda4 é uma DOS extended (i.e. tem outras partições lá dentro). Pelo que vejo, essa partição tem tudo o resto lá dentro. Mais: aparecem na tabela de partições por uma ordem diferente da que aparecem no disco, o que tende a confundir as coisas...

Eu não gosto de tabelas de partições... Nos meus PCs, uso LVM, porque é muito mais flexível.

Os Unixes "normais" têm todos formatos de disklabel (i.e. tabelas de partições) próprios, o que facilita termendamente as coisas, não só a arrumar o sistema (porque fica isolado dos outros), mas também a usar o bootloader que te apetecer... Além disso, usar um formato especial permite evitar a suckness das tabelas de partições do DOS... Infelizmente, nos confins dos miolos dos desenvolvedores do kernel, alguem deve ter descoberto que era muito divertido complicar a vida a toda a gente e fazer as coisas de maneira diferente de todos os outros Unixes... Como resultado, é um autêntico pesadelo lidar com sistemas dual-boot linux+windows se não souberes o que estás a fazer... Os programas de instalação, aparentemente, também não ajudam muito.

JJ

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
O sd4 é a partição física. Acho que todos os discos têm que ter pelo menos uma partição física. Acho ainda que só uma das partições físicas é que pode conter as partições lógicas.

sd1, sd2, sd3, e sd4 são as partições físicas.

sd5, sd6, etc .... (acho que tem um limite qualquer) são as partições lógicas e estão TODAS dentro de uma única partição física.

Só pode haver uma partição primária extendida (i.e. com lógicas lá dentro). Até podia dar para meter mais, mas acho quem nenhum SO prevê isso.

Só podes ter até 4 partições primárias (o que tu chamas "fisica"). O limite das lógicas é 20 e tal, IIRC.

Acho que não há mal nenhum em usar partições lógicas ... mas espero que alguém com mais experiência tenha alguma coisa a dizer :)

Não consegues bootar nenhuma versão do windows a partir de uma partição lógica. O sistema propriamente dito pode estar numa lógica, mas o NTLDR tem de estar numa primária.

Não há nada de errado com o conceito... é só mesmo o Windows que é burro... LOL

Por exemplo, o Linux já pode ser carregado a partir de uma partição lógica, porque o boot loader está no MRB (i.e. primeiro sector do disco), e esse boot loader sabe carregar o kernel a partir de partições lógicas.

Por exemplo, o Minix, o FreeBSD, entre outros metem-te uma tabela de partições num formato próprio na partição onde os mandas instalar. O MBR então, simplesmente, carrega o primeiro sector dessa partição, e esse sector faz o trabalho mais complexo de aceder à tabela de partições com o formato próprio. Este esquema é mais ou menos análogo ao carregamento de um SO a partir de uma partição lógica, já que essa tabela de partições "privativa" funciona como se fosse uma partição DOS extended, mas com formato diferente.

Resumindo, o Windows só não arranca de partições lógicas porque interessa à Microsoft complicar... Aliás, não é de esperar muito mais de um SO que nem sequer arranca de um disco que não seja o primeiro. ehehe

Linux e FreeBSD fazem-no de maneiras diferentes e ambas as tácticas funcionam, o que só prova que há várias maneiras de o fazer.

JJ

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Enfim, acho que acabaram por não perceber o meu problema :) Eu não criei a sda5, ela foi a única partição que sobrou da antiga configuração, e estava em NTFS e em NTFS ficou. Eu gostava de perceber é porque raio fiquei foi com uma sda4 a guardar tudo... :x

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Enfim, acho que acabaram por não perceber o meu problema :) Eu não criei a sda5, ela foi a única partição que sobrou da antiga configuração, e estava em NTFS e em NTFS ficou. Eu gostava de perceber é porque raio fiquei foi com uma sda4 a guardar tudo... :x

Eu diria que a Ubuntu te converteu uma das partições primárias em "lógica" (i.e. meteu-a dentro da DOS extended), o que é estranho... especialmente se o mandaste apagar tudo...

[...]

Aquele sda4 é uma DOS extended (i.e. tem outras partições lá dentro). Pelo que vejo, essa partição tem tudo o resto lá dentro.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Enfim, acho que acabaram por não perceber o meu problema :) Eu não criei a sda5, ela foi a única partição que sobrou da antiga configuração, e estava em NTFS e em NTFS ficou. Eu gostava de perceber é porque raio fiquei foi com uma sda4 a guardar tudo... :x

O que eu disse (caso não tenhas lido), foi que parece que a Ubuntu "enfiou" a partição velha dentro da DOS extended.

Porquê? Pergunta-lhe! LOL

Tenta montá-la para confirmares se de facto tem o conteudo da antiga... Se tiver, porreiro! Recupera o que quiseres.

Btw, muita gente não sabe, mas em Linux se apagares uma partição com o (c/s)fdisk e a criares outra vez com os mesmos offsets de começo e fim (mesmo que faças reboot e tal... só não podes é escrever nada naquele "range" do disco), os dados continuam lá.

JJ

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Dá uma olhada aqui: http://forum.zwame.pt/showpost.php?p=2916288&postcount=162

Tem os passos para resolver o "Partition table entries are not in disk order".

Perdoem-me a "nerdice", mas normalmente eu faço isso com um editor hexadecimal... :-P

PS: Por acaso, o SO é que tinha obrigação de resolver isto, e em vez de atribuir os números baseado na ordem da tabela de partições, atribuí-los baseado na ordem em que aparecem no disco. Era uma solução mais consistente, até pk a ordem da tabela de partições é mais ou menos um pormenor...

JJ

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora