• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

pedrotuga

alguma forma simples de testar uma biblioteca

5 mensagens neste tópico

Estou aqui a escrever uma biblioteca com os ficheiros.class ficam lá todos lampeiros dentro do jar e tal mas queria testar isto com máximo de liberdade possível.

Há alguma forma de testar uma biblioteca com chamadas via linha de comandos por exemplo?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já ouviste falar do JUnit? É considerado o método standard para unit-testing em Java.

O NetBeans já tras suporte para integrado para o JUnit. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já, o pessoal que eu conheço que trabalha em testes usam todos o junit e coisas parecidas, eu não faço ideia como isso se usa :P

Não é um pouco overkill?

Só queria ir testanto uns métodos estáticos.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já, o pessoal que eu conheço que trabalha em testes usam todos o junit e coisas parecidas, eu não faço ideia como isso se usa :P

Não é um pouco overkill?

Só queria ir testanto uns métodos estáticos.

Eu tive que usar na universidade este ano, e aprendi em 10 minutos a usar.

Exemplo simples:

package EP4;

import junit.framework.TestCase;

/**
*
* @author João Matos
*/
public class EqualComparatorTest extends TestCase {
    
    private EqualComparator eqCmp;
    
    public static void main(String[] args) {
	junit.textui.TestRunner.run(EqualComparatorTest.class);
    }
    
    protected void setUp()
    {
	eqCmp = new EqualComparator();
    }
    
    public void testEqualComparator1() {
	try {
		assertTrue(eqCmp.compare(32, 12) == false);
		assertTrue(eqCmp.compare(32, 32) == true);
	} catch (NullValueException e) {
		fail("Nenhum argumento é null, mas o compare lançou"
				+ "a excepção NullValueException");
	}
    }
}

Já agora, isto é para a versão 3.8.2 do JUnit. Acho que a versão 4 ainda é mais fácil.

Porcaria do GeSHi está a estragar a identação do código... :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

JUnit permite fazer testes de unidade, não permite fazer todos os tipos de teste que se podem querer, neste caso permite apenas verificar se, dada uma entrada, o método retorna a saída esperada. É bom para apanhar alguns erros mas não todos, como disse é para testes de unidade apenas. No entanto é um bom método e simples de fazer.

Como é que testarias uma DLL? Basta criares uma classe de teste onde fazes as diversas chamadas aos métodos que queres testar. É uma segunda opção, que poderá ser mais rápida de implementar para ti.

Qualquer uma das duas formas, ou com uma classe que contenha o método main ou com testes de unidade, podes testar a biblioteca e os seus métodos, não tens muito mais opções para testar bibliotecas senão tentar usá-las.

Se usares testes de unidade no NetBeans, tens opções para criar uma test suite à qual podes depois adicionar os testes para as várias classes, tens opções para gerar esqueletos de teste para cada classe.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora