• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

CGD e Microsoft com oferta para estudantes universitários

4 mensagens neste tópico

O acesso à plataforma Windows Live@Edu e ao programa DreamSpark estão entre um conjunto de iniciativas destinadas aos jovens universitários clientes da Caixa Geral de Depósitos, previstas num protocolo formalizado esta quarta-feira entre aquela entidade bancária e a Microsoft.

O protocolo, negociado durante a recente visita de Steve Ballmer, CEO e presidente da Microsoft a Portugal, prevê a colaboração na co-organização de diversas actividades nas instituições de Ensino Superior, com o objectivo de promover projectos inovadores na área das tecnologias.

Entre as iniciativas acordadas está a promoção do concurso Imagine Cup, onde se estimula jovens universitários ao desenvolvimento de aplicações de software com propósitos de cidadania; o apoio à criação de empresas de tecnologia; e a organização do Dia da Inovação, que incluirá um Fórum de Inovação e Empreendedorismo e a final nacional do Concurso Imagine Cup.

O protocolo prevê igualmente a disponibilização às instituições de ensino superior de ferramentas de apoio ao ensino e à investigação através da Microsoft DreamSpark, uma iniciativa que oferece, sem qualquer encargo, produtos de software de desenvolvimento e design.

Adicionalmente, a Microsoft irá disponibilizar, gratuitamente, às instituições de Ensino Superior, clientes da CGD, a plataforma Windows Live@Edu, oferecendo assim aos estudantes universitários um conjunto de serviços gratuitos, nomeadamente 10 Gigabytes para a sua caixa de correio electrónico pessoal, suporte para mobilidade, blogs, espaço para trabalho colaborativo, contactos, calendário, fotos, entre outros. O pacote de serviços inclui, também, protecção anti-spam e anti-vírus.

No âmbito do acordo firmado está também prevista a definição conjunta de um modelo operacional para a criação do canal universitário no portal MSN.pt da Microsoft, designado por CUP.pt.

"Este protocolo com a CGD vem dar corpo ao compromisso da Microsoft no desenvolvimento da economia local, uma vez que, através da realização de iniciativas conjuntas com o maior banco português, queremos motivar os estudantes a apostar na investigação e projectos empresariais inovadores", refere Nuno Duarte, director geral da Microsoft Portugal, num comunicado enviado à imprensa.

http://get.liveatedu.com/

https://downloads.channel8.msdn.com/

http://www.cgd.pt/

http://www.microsoft.pt/

http://tecnologia.pt.msn.com/

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Qual a necessidade de haver este protocolo?

Sempre existiu Software Livre para as funcionalidades em causa, bem como software proprietário gratuito.

Existem serviços, como os de correio electrónico que oferecem essas características à borla.

Qual é a necessidade de se gastar dinheiro e dar publicidade à borla apenas a uma empresa (em detrimento das outras), para dar o que já existia?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sempre existiu Software Livre para as funcionalidades em causa, bem como software proprietário gratuito.

Leste o artigo todo?

O protocolo, negociado durante a recente visita de Steve Ballmer, CEO e presidente da Microsoft a Portugal, prevê a colaboração na co-organização de diversas actividades nas instituições de Ensino Superior, com o objectivo de promover projectos inovadores na área das tecnologias.

...

"Este protocolo com a CGD vem dar corpo ao compromisso da Microsoft no desenvolvimento da economia local, uma vez que, através da realização de iniciativas conjuntas com o maior banco português, queremos motivar os estudantes a apostar na investigação e projectos empresariais inovadores", refere Nuno Duarte, director geral da Microsoft Portugal, num comunicado enviado à imprensa.

Por muito que também goste de Software Livre, não tem o poder da Microsoft de ajudar a iniciar projectos e dar fundos para investigação...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Está a confundir o objectivo da medida, com as medidas em si.

As medidas foram oferecer um conjunto de recursos, que como eu disse já estavam disponíveis.

Estás a deixar-te iludir pela linguagem dos marketeers...

Na prática as medidas foram dar licenças e acesso a serviços, na esperança que isso facilite a vida de quem quer inovar. Isso é que era a tal promoção e a tal aposta.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora