• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

fpinto

[fisica]

84 mensagens neste tópico

boas, nao sei se devia postar isto aqui mas presisava de saber.

duas coisas:

1- como e que se chama aquele "jogo" em que tem bolas penduradas em fila que bate a primeira e salta a ultima sequencialmente?

2 ( mais complicada )-

e possivel aproveitar a energia de rotacao de dois imans para fazer uma lampada permanemte sem gastar eletrecidade?

cumps,

fpinto

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

bgd. :P

sao dois imans norte norte para obter uma rotação permamente, tendo o de baixo fixo e o de cima com movimento apenas em circulos. mas nao sei como aproveitar a energia obtida.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Tenho aqui uma brincadeira dessas (Newton's craddle), é engraçado ver isso a funcionar. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

ja agora diz-me ai onde o compras-te. :)

O meu irmão comprou em Londres. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

ja agora diz-me ai onde o compras-te. :P

Vende-se em muito lado, uma vez comprei um no Pavilhão do Conhecimento no Parque das Nações em Lisboa.

sao dois imans norte norte para obter uma rotação permamente, tendo o de baixo fixo e o de cima com movimento apenas em circulos. mas nao sei como aproveitar a energia obtida.

Não conheço cá imans norte norte.
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

lol.

dois imans, ambos virados com o norte um para o outro para de retrairem.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não estou a perceber como é que se põe um iman a rodar segundo esse teu esquema, uma coisa eu sei e te poso dizer:

O movimento perpétuo é fisicamente impossível, ao longo de toda a história e provavelmente desde a pré-história que houve tolinhos que arruinaram a vida a tentar chegar ao movmento perpétuo. Hoje, mesmo depois da ciência ter provado que é impossível continuam a exister esses malucos. Não queiras ser um deles.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

looooool.

eu tento explicar de outra maneira.

temos dois imans,

pomos um em baixo, fixo,

e um por cima que o unico movimento que pode ter e a rodar em torno do iman de baixo.

norte com norte repele e eles iam querer afastar-se andando pelo unico movimento possivel, para o lado, iam "empurrando" sucessivamente e supostamente nao paravam.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Queres gerar electricidade? Mete bolas de imans e mete uma bobine (basta fio enrolado) à volta. O campo magnética irá produzir electricidade. Um pouco como funcionam aquelas lanternas de campismo.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já existem motores industriais movidos a imans a fazer consumo zero de energia!

Também já fizeram um protótipo de uma mota com o mesmo sistema!

Para mim é uma das grandes energias do futuro, completamente limpa e "inesgotável"

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já existem motores industriais movidos a imans a fazer consumo zero de energia!

Também já fizeram um protótipo de uma mota com o mesmo sistema!

Para mim é uma das grandes energias do futuro, completamente limpa e "inesgotável"

Exacto, por acaso já pensei várias vezes porque é que nunca foi investido nisso. Talvez não tenha noção da quantidade de energia produzida (se rende em €/£/$).

Tipo, uma central de imans :) Bem fixe :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pessoal, não começem a dizer coisas malucas, um íman não produz nenhuma energia.

Os motores eléctrico usados na índustria, praticamente em tudo quanto é automação todos têm ímans mas não é para gerar energia, é apenas porque os ímans permitem usar forças entre dois corpos sem que estes estejam em contacto, diminuindo assim em muito as perdas por atrito.

Um motor basicamente é um iman colocado entre um conjunto de electroímans, esses electroímans, porque estão ligador a corrente alternada criam campos magneticos variáveis que fazem movimentar o rotor (o rotor é a peça central).

E com isto já estou aqui a entrar no conceito básico de todo o electromagnetismo, a lei de maxwell.

A lei de maxwell o que diz, de forma simplificada é:

Um campo magnetico variável origina um campo eléctrico e um campo electrico variável origina um campo magnetico.

Ora isto serve para dismistificar por exemplo as lanternas de que o CR falou. Essas lanternas produzem energia porque ao abanarmos a lanterna estamos a fornecer-lhe energia, essa energia é transimitida ao imans moveis sob a forma de energia cinética. Os imans, porque têm o seu prórprio campo magnético estático, e por estarem em movimento, criam um campo magnetico variável que por sua vez cria um campo electrico, tal como a lei de maxwell diz.

Esse campo electrico incide sobre a bobine que está à volta e faz com que as cargas positivas se dirigam para uma extremidade e as negativas para a outra... voilá! Temos uma diferença de potencial electrico!

Transformámos a xixa que comemos ao almoço em electricidade ao agitarmos a lanterna.

Agora em relação ao iman um em cima do outro a rodar que já percebi o que o fpinto quis dizer.

Ao colcares um iman em cima de outro, e se o equilibrares a única coisa que é diferente entre isso e por ezemplo um copo em cima de uma mesa é que um é apoiado pela força magnetica do iman enquanto que outro é apoiado pela força de reacção normal da mesa. Uma consequencia disto é que os imans, se o seu peso não for maior que a força magnetica de repulsão, não ficam em contacto um com o outro e por isso é possível po-lo a girar sem grandes perdas, pelo que ficará a rodar por muito mais tempo do que se tentares fazer rodar um copo apoiado em cima de uma mesa.

Ou seja, não há nenhuma força que o faz rodar, apenas se mantem a rodar durante algum tempo porque tem um determinado momento angular.

Não pensem em coisas dessas que não fazem qualquer sentido, se gostam deste tipo de coisas aprendam mas é ciencia que isso é que é engraçado e interessante. Esse vídeo do youtube foi feito por um desses malucos dos quais eu já falei.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Transformámos a xixa que comemos ao almoço em electricidade ao agitarmos a lanterna.

Melhor explicação de física que já li.

Eu ainda pedi ao vbmaster para fazermos uma máquina de movimento perpétuo, mas ele não quis fazer :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Outra vez esta história das propriedades "mágicas" dos ímans que "criam" energia a partir do nada?

:lmfao:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Outra vez esta história das propriedades "mágicas" dos ímans que "criam" energia a partir do nada?

:lmfao:

Não assisti a essa discussão, mas o iman produz energia mecânica que pode ser transformada em eléctrica, qual é a magia?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A "magia" é que não existe produção de energia. Nada produz energia, a energia é obtida através da transformação de outra qualquer fonte de energia. Não é possível, do nada, produzir energia.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

pedrotuga, eu ja tinha visto um candeeiro desse genero, com os imans, pomos a rodar o de cima e ele gira MUITO tempo sempre a produzir luz gradualmente menos.

como funciona isso entao?

EDIT:

fiz um pequeno desenho sobre isso.

candeeiroimansxl3.png

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Funciona exactamente da forma que eu já descrevi. Um iman em movimento cria um campo magnetico variável  que por sua vez cria um campo electrico que ao incidir sobre um condutor electrico cria uma diferença de potencial aos seus terminais.

O que há aqui a reter é o campo electrico gerado pelo campo magnetico dos ímans em movimento, dá ele tambem origem a outro campo magnetico de monor intensidade com polaridade simétrica à do que lhe deu origem. Ou seja, dito de forma mais simples, todo esse mecanismo vai rodar de forma um mais 'pêrra' até que acaba por parar.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A "magia" é que não existe produção de energia. Nada produz energia, a energia é obtida através da transformação de outra qualquer fonte de energia. Não é possível, do nada, produzir energia.

Produzir é uma forma de expressão! Tal como encriptar se deveria dizer cifrar!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A lei de maxwell o que diz, de forma simplificada é:

Um campo magnetico variável origina um campo eléctrico e um campo electrico variável origina um campo magnetico.

Ora, o meu 11º ano (em relação a isso) até pode ser muito pouco comparado aos vossos anos universitários, mas tudo é variável de acordo do ponto de vista de onde o estudas. Neste caso eu considerei o sistema iman/bobine e tu consideraste um todo em que também incluiste o corpo da pessoa. Isso não invalida a lei de Maxwell. Se formos por aí, a energia é feita devido à "xixa" pelo que a energia veio da xixa. Tal como em Biologia aprendi que a energia do carvão aquando da sua combustão provinha da energia acumulada aquando da sua formação.

Estou certo?

Outra vez esta história das propriedades "mágicas" dos ímans que "criam" energia a partir do nada?

:lmfao:

Parece-te que eu disse que um iman que estava colado ao meu frigorífico começou de repente a fornecer-lhe energia e que tirei a ficha do frigorifico porque agora era independente?

Quanto às palavras usadas, porque é que dissem que vão "apanhar" o autocarro?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

_JR_, quando comes um bife (na verdade as batatas é que têm mmais energia) estás inserir energia no teu corpo. Ao agitares uma lanternar estás a usar alguma dessa energia que é transmitida à lanterna, a lanterna por sua vez tem um mecanismo que está desenhado precisamente para usar alguma dessa energia e transforma-la em electricidade e posteriormente em luz.

Quando ficares cansado, não terás força para agitar a lanterna, pelo que tens que comer mais qualquer coisa para repor as tuas reservas energéticas.

Ora, o meu 11º ano (em relação a isso) até pode ser muito pouco comparado aos vossos anos universitários, mas tudo é variável de acordo do ponto de vista de onde o estudas

Sim o movimento é relativo, tudo o que está parado passa a estar em movimento se o ponto de observação se mover.

Isto em termos de lei de maxwel o que significa é isto:

Se estiveres exposto a um campo magnetico constante, se te mexeres, passas a estar exposto tambem a um campo electrico. O reciproco tambem é verdade.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora