• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

«Esquire» lança edição com tinta electrónica

3 mensagens neste tópico

A «Esquire» lança uma edição comemorativa dos seus 75 anos com uma das mais recentes tecnologias deste século, a tinta electrónica. A proprietária da publicação, a Hearst, garante que esta é a primeira experiência do género na indústria das revistas. «Passámos 16 meses a trabalhar nesta tecnologia», declarou o editor da Esquire, David Granger.

A famosa revista para homens, nesta edição limitada, assegura na capa, que utiliza esta tecnologia, que «O século XXI começa agora».

Segundo o El País, o dispositivo digital mostra o texto com algumas imagens e a Ford aproveitou o sistema para iluminar o seu anúncio, na contra-capa. A experiência teve aliás o patrocínio da marca de automóveis.

A tecnologia de tinta electrónica, que se usa já em dispositvos como o Kindle da Amazon ou o Reader da Sony, permite uma leitura similar ao do papel pois reduz os brilhos e os contrastes dos monitores de computadores ou dos portáteis e reproduz a experiência de leitura de um livro ou de um jornal.

A «Esquire» limitou a publicação a 100 mil exemplares com esta tinta electrónica, e as publicações só podem ser encontradas em alguns pontos de venda dos Estados Unidos a um preço de 5,99 dólares, mais dois dólares do que o custo habitual.

Os componentes electrónicos, o dispositivo digital de leitura e as baterias são provenientes de sete fábricas de Xangai e foram posteriormente enviados para Dallas; dali seguiram para o México, onde foram montadas de forma manual, regressando, conservadas em frio, aos Estados Unidos para a sua distribuição final.

A «Esquire» desafia os informáticos a tentar piratear a capa da revista, cuja bateria deverá ter a duração de dois meses. Depois será necessário trocar as baterias. A revista lembra ainda que o número de Outubro - e o respectivo ecrã flexível - deve ser reciclado no local apropriado para dispositivos electrónicos.

Esta é uma das tecnologias deste século e quer substituir a forma tradicional de impressão.

Esquisito, mas gostava de vêr...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Têm aqui um video com a capa desmembrada:

A meu ver, não é nada de inovador. De facto não é a tal e-ink, é mais um mini-LCD com montes de baterias.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora