• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Vatico

Proxima geração da web

26 mensagens neste tópico

Boas,

Abri este topico para discutirem as vossas ideias sobre a proxima geração da web :hmm:. Nao estou a falar particularmente na web 3.0 mas do que poderá mudar na forma como a vemos.

Ja agora, comprei ontem apenas por acaso a exame informatica e logo no editorial vinha a falar nisto. Ja o estou a utilizar e é bastante fixe, principalmente em termos visuais. Imaginem agora ver os websites assim...

Espero que este tópico traga boas discussões.

Cumps ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Para além dessa porcaria do PicLens só funcionar em ambiente Windows, não é por aí que passa a Web 3.0.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Tenho uma dificuldade terrível em visionar o futuro. É daquelas coisas... não sei. ;) Devo ser só eu, porque podes crer que os media, no seu gosto imenso pelo sensacional e por letras grandes, estão sempre a prever o futuro.

Ora, uma vez que é a "mentalidade media" que actualmente lidera a propagação de ideias e movimentos na internet (ao contrário de à alguns anos atrás em que era a mentalidade geek, a mesma que criou a internet), é de aceitar que a web 3.0 (ou lá como lhe queiram chamar) seja isso que diz aí, mas também qualquer outra coisa que eles decidam ser muito cool para se mostrar e dizer que é o futuro da internet.

Ora, segundo a "mentalidade media" a internet terá já por esta altura... o quê? 3.654.876 diferentes futuros possíveis, sendo que o PicLens é mais um a adicionar?

...

Ok... agora sem ironia....

O futuro da internet lê-se no passado. Uma lição que a "mentalidade-media" da nossa actual pop culture de vazio de ideais e de anúncios iPod e mini iogurtes com supramidininas que curam o cancro e bronzeiam a pele nunca, mas NUNCA, há-de aprender.

Ou seja, o futuro da internet só se saberá depois de ter acontecido.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Para além dessa porcaria do PicLens só funcionar em ambiente Windows, não é por aí que passa a Web 3.0.

Que pena que eu tenho de ti... Lá por só funcionar em Windows não faz do PicLnes uma porcaria. A extensão é brutal e já me fez bastante jeito várias vezes. Se o PicLens realmente não existe para outros SOs para além de Windows, é porque esses SOs não permitem a facilidade do Windows em programar uma coisa dessas, go figure...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ora bem, pelo que tenho visto, a internet tem evoluido da seguinte forma (talvés não necessáriamente por esta ordem cronológica, mas dá para ter uma ideia):

1º Informação estática (sites com informações)

2º Informação estática gerada dinâmicamente (motores de busca, portais de noticias...)

3º Informação complementada com comentários de utilizadores (guestbooks)

4º Informação gerada por utilizadores (Fóruns, comunidades, blogs, wikis...)

5º Informação acedida à medida do utilizador (Páginas costumizáveis, feeds...)

Acredito que no futuro o que se irá passar é cada utilizador ter uma conta única para vários sites (estilo OpenID).

Com essa conta terá também uma página pessoal personalizavel (talvez não em HTML, quem sabe um executável...) onde terá acesso a uma rede de amigos, favoritos, grupos de discussão...

A partir dessa página poderá partilhar todo o tipo de conteúdos (sejam textos, imagens, videos...), podendo depois ver o conteúdo criado por outros, ver as informações dos amigos... (o habitual)

A principal inovação será sobretudo a unificação de sites: acredito que não será preciso ir ao youtube ver um video e depois ir À wikipédia procurar um artigo. Vai fazer tudo parte de um enorme aglomerado de informação.

É claro, isto não passam de suposições, mas se virem bem, é para aí que estamos a caminhar (a maior parte dos portais web tem vários serviços de conteúdos gerados por utilizadores, é só uma questão de criar uma maior interacção entre os diferentes componentes) ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pensava que o futuro da internet seria o IPv6 ;) (se me enganei no nome, vou parecer um calhau ainda maior).

Eu não sou muito bom para prever o futuro seja do que for, porque sou um pouco old school.

Mas também reconheço as vantagens que uma nova tecnologia possa trazer.

Por mim, desde que o novo conceito de web traga consigo as maiores vantagens para o maior número de pessoas, por mim tudo bem.

Um pouco para meu desgosto, pelo que tenho lido/ouvido, o futuro da web deverá de passar por uma maior integração de aplicações desktop em páginas web.

O que significa que os browsers vão ter que ficar cada vez maiores e mais pesados e quem não tiver internet, vai ficar cada vez mais para trás (já fica hoje em dia, mas ainda vai dando para remediar).

Mas como o Marfig, prever o futuro do desenvolvimento de uma tecnologia que envolve centenas de milhões de pessoas, é o mesmo que tentar prever o número exacto de estrelas no Universo, quando nem sabemos ao certo quantas galáxias existem.

EDIT:

Acredito que no futuro o que se irá passar é cada utilizador ter uma conta única para vários sites (estilo OpenID).

Com essa conta terá também uma página pessoal personalizavel (talvez não em HTML, quem sabe um executável...) onde terá acesso a uma rede de amigos, favoritos, grupos de discussão...

A partir dessa página poderá partilhar todo o tipo de conteúdos (sejam textos, imagens, videos...), podendo depois ver o conteúdo criado por outros, ver as informações dos amigos... (o habitual)

Estás a falar de uma espécie de hi5 global?

EDIT2:

Uma das coisas que também pode evoluir (apesar de duvidar bastante) é para uma coisa do género o Home da playstation, ou seja, um avatar 3d que pode aceder à informação num ambiente 3D (um pouco estilo World of Warcraft).

Engraçado seria colocar essa tecnologia noutros aparelhos portáteis (estilo iPhone) e talvez dar alguma inteligência artificial ao avatar e teria-mos algo retirado direitinho do Mega Man Battle Network ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Definitivamente o IPv6 é um dos poucos que eu vejo como merecedor dessa distinção...

Nada a ver com o webspace address que lh está a associado. Isso não é nada (comparativamente). Mas antes as novas capacidades de agregação de routers, os novos modelos de segurança e os jumbogramas do IPv6 (packets até 4GB de tamanho!) que irão proporcionar ganhos absolutamente incríveis em intranets e mesmo na internet em grandes provedores de serviços.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Que pena que eu tenho de ti... Lá por só funcionar em Windows não faz do PicLnes uma porcaria. A extensão é brutal e já me fez bastante jeito várias vezes. Se o PicLens realmente não existe para outros SOs para além de Windows, é porque esses SOs não permitem a facilidade do Windows em programar uma coisa dessas, go figure...

Eu não me referi no que concerne ao PicLens como porcaria em termos do software propriamente dito, foi mais numa de chamar "coisa", mas pronto. Só dei o meu ponto de vista, e não invalida o resto da resposta: o PicLens já é algo "antigo", e penso que não se assemelha à ideia da Web 3.0

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ai concordo contigo, porque eu nem se quer estava a falar relativamente à "Web 3.0", mas sim ao que tu disseste sobre a extensão só funcionar em Windows ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não diria um hi5 global.

Penso que o melhor exemplo sejam as contas do google.

Com uma conta no google podes aceder ao youtube, blogger, orkut...

Na minha opinião, em vez de os sites serem em separado, vão se começar a unir cada vez mais, tornando-se num só.

Não tanto como um hi5 (não tens de dar informações sobre ti), mas mais como uma forma de associar vários conteudos ao mesmo utilizador.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Um dia que toda a web seja baseada em algo tipo HI5, eu passo a ser homem das cavernas e a fazer gravuras nas paredes.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Com uma conta no google podes aceder ao youtube, blogger, orkut...

Por acaso não sabia disso

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Um dia que toda a web seja baseada em algo tipo HI5, eu passo a ser homem das cavernas e a fazer gravuras nas paredes.

Esta é uma das vezes em que concordo contigo... ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Que pena que eu tenho de ti... Lá por só funcionar em Windows não faz do PicLnes uma porcaria.

Pena tenho eu de ti, que não entendes que por só funcionar em window$, o piclnes, não server como solução para a web, que é um sistema distribuído baseado em vários princípios, incluindo no princípio da interoperatibilidade universal.

Se o PicLens realmente não existe para outros SOs para além de Windows, é porque esses SOs não permitem a facilidade do Windows em programar uma coisa dessas, go figure...

Ou o que disseste é apenas um disparate (tendo em conta que a maior parte do trabalho actualmente que se em interfaces de utilização 3d não foi feito em window$). Mas só existe em window$ por causa das distorções de mercado existentes devido à sua monopolização.

Com essa conta terá também uma página pessoal personalizavel (talvez não em HTML, quem sabe um executável...)

Isso do executável não funciona como mecanismo adequado para um sistema distribuído multi-plataforma, como a web e isso está mais que provado.

acredito que não será preciso ir ao youtube ver um video e depois ir À wikipédia procurar um artigo

Mas isso é o Presente e não o Futuro.

Vai fazer tudo parte de um enorme aglomerado de informação.

Mais uma vez, Presente e não o Futuro.

Pensava que o futuro da internet seria o IPv6

Internet e World Wide Web, não são a mesma coisa.

Contas únicas para diversos sites de diversas empresas independentes também é algo que já se fez... E falhou (embora não totalmente)... O pa$$port da m$, começou por ser isso... Isso só funciona para sites das mesmas empresas, ou para sites de empresas que não são concorrentes.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Whatever dude, a tua opinião para mim relativamente a coisas relacionados com o Windows vs Linux vale tanto como o papel higiénico que eu vou usar agora...

Continuo na minha, o PicLens é uma boa extensão, faz o que é suposto de uma maneira fantástica e se não funciona no Linux ou Mac OS e vocês estão "chateados" por isso, azar o vosso... Dor de cotovelo é muito feio.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já utilizo o PicLens à algum tempo, em Windows. É evidente que prefiro programas multi-plataform, porque assim posso alternar entre Windows e Linux sem notar muitas diferenças a nível de software. No entanto não considero um programa mau, simplesmente porque não é compativel com outros SO.

Mas simplesmente, não acho que a web 3.0 (ou como a queiram apelidar) passe tanto pelo software, mas pela maneira como interagimos com ela (a web). A centralização de recursos e software pode ser uma realidade, em que nós, com um pequeno monitor e um adaptador wireless (ou outro tipo de ligação), nos ligamos a um servidor, e trabalhamos a partir de lá.

É claro que isto levanta para muitos problemas de segurança, mas acho que por enquanto a web 2.0 veio para ficar, tão cedo não existirá outro "bum" na web.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não sinto qualquer vontade de usar pic*, nem qualquer outro software proprietário. Nem sinto qualquer necessidade das suas características técnicas. Aliás para a utilização que faço da web, seria mesmo prejudicial...

Acho que os moderadores deveriam chamar a atenção de um utilizador, por desrespeitar os utilizadores de outras plataformas... Não quero saber da opinião que ele tem sobre mim, mas desrespeitar os as pessoas apenas porque usam outras plataformas não é nada amigável numa comunidade que preza o respeito pela liberdade de escolha dos utilizadores e pela universalidade das tecnologias. Até podemos não gostar das outras plataformas, e dizer mal delas, mas dizer mal de quem as usa, apenas por as utilizar, não é mais nada do que má educação.

No entanto não considero um programa mau, simplesmente porque não é compativel com outros SO.

Não significa que ele está tecnicamente mal concebido. Mas para ser uma solução para um problema, isso não chegas. Há mais factores que os factores técnicos a avaliar e tendo em conta que a web é um ambiente distribuído no qual há muita diversidade de plataformas então esse aspecto faz com que não seja uma boa solução para um ambiente web.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Tens ali o link "denunciar ao moderador" para esse feito, estás a fazer queixinhas públicas porquê? lol...

E onde é que eu desrespeitei utilizadores de outras plataformas? Cada dia que passa soas mais ridículo... Usa o que tu quiseres, quero lá saber, o computador é teu a vida é tua, eu não estou a criticar o facto de tu usares X ou Y, não me aquece nem me arrefece. Mas a tua opinião relativamente a estas coisas, para mim, não vale nada... Tão simples quanto isto. Não me podes obrigar a concordar com as tuas opiniões.

Até podemos não gostar das outras plataformas, e dizer mal delas, mas dizer mal de quem as usa, apenas por as utilizar, não é mais nada do que má educação.

Tens toda a razão, concordo contigo aqui (não, não estou a ser irónico). Mas a verdade é que eu não fiz isso, tu é que estas a tentar fazer passar isso, mas é mentira. Eu não disse mal dela porque tu as usas, mais uma vez repito, quero lá saber o que usas. Usa aquilo que te faz mais feliz que é o que eu faço. Mas a tua opinião, sobre coisas proprietárias e coisas que só funcionam em Windows e bla bla, aquela lenga-lenga de sempre que toda a gente está farta de ouvir, não me diz nada, entra por um e sai pelo outro. E eu estou intitulado a ter essa opinião...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Esta discussão tem futuro por isso não comecem o off-topic sff. Usem a ferramenta Denunciar ao Moderador ou então mandem PM a um moderador caso tenham algum problema/sugestão/dúvida não relativa ao assunto do tópico.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Vou tentar expressar a minha opinião no mínimo de palavras possíveis (não me apetece escrever :D ).

Para mim não existe web 1.0 2.0 3.0 4.0 x.0, se formos bem a ver quase todas as funcionalidades que temos hoje na web já existem há muitos anos (o XMLHttpRequest já existe desde 1999 no IE5.0). É verdade que foram adicionadas características aos Standards/etc... mas a verdadeira evolução surge porque a capacidade de processamento/largura de banda o permitem. Se à dez anos tivessemos a capacidade de processamento/largura de banda de hoje não tenham duvidas que existia um "YouTube".

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Para mim não existe web 1.0 2.0 3.0 4.0 x.0, se formos bem a ver quase todas as funcionalidades que temos hoje na web já existem há muitos anos (o XMLHttpRequest já existe desde 1999 no IE5.0).

x2

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Vejo a web mais "multimédia", uma maior combinação de texto, imagem e audio compostos de forma mais interligada.

E vejo a web com maior disponibilidade de serviços, quer profissionais quer pessoais (e não só de entretenimento) permitindo uma maior interligação entre as empresas presentes na web, comprar um livro na Amazon americana com pagamento por multibanco ou a crédito com débito na conta de um banco em Portugal.

Vejo também uma maior mobilidade e ubiquidade, não só tirando partido dos dispositivos móveis mas também do facto de haver ligações presentes em toda a parte.

Algumas aplicações migrarão para a web, umas vingarão outras falharão redondamente, mas não vai haver uma morte das aplicações desktop (por muito que isso seja anunciado, da mesma forma que a rádio não matou os jornais nem a tv matou a rádio nem a web matou a tv), vai haver sim uma adaptação das aplicações de desktop para passarem a tirar partido da web.

Vejo o vai-e-vem de várias arquitecturas (como na moda) thin-client vs fat-client e sincronização de dados quando se trabalha off-line...

Enfim, as possibilidades são enormes...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Vejam as partes 1, 2 e 3 deste link e depois digam qualquer coisa sobre o futuro...

http://www.adaptivepath.com/blog/2008/08/04/aurora-concept-video-part-1/

Achei piada... mas não ficaste com a impressão de que é mais uma visão futurista, do que uma visão do futuro?

Achei que era. E é aqui essencialmente que o problema se coloca. Estas evoluções que nos estão a ser mostradas (esta e o PicLens são só mais duas a acrescentar) centram-se demasiado nos aspectos de user interface e não nas tecnologias de suporte. Sinto que estou a ver o Tom Cruise em Relatório Minoritário a mexer no computador na central da polícia sem que tenham de me explicar qual a tecnologia que suporta aquilo tudo.

A evolução da web tem necessariamente de passar por aí. Somente com avanços tecnológicos por parte do que é hoje a tecnologia de suporte à web (HTML, protocolos, TCPIP, routers, cablagem, e até mesmo evolução a nível de computadores) significará um upgrade à web, na minha modesta opinião.

No caso do Aurora e do Piclens, a situação é tão mais curiosa, porque estes são somente UIs (user interfaces). Nada mais. Nós temos todo o tipo de UIs em variadissímos sistemas. Desde os tempos do UNIX que se experimenta em UIs. E nunca os UIs determinaram uma evolução, mas antes mostraram os resultados de uma evolução. É esse "por detrás do palco" onde está a verdadeira revolução.

Imaginem por exemplo uma Web onde o HTML desapareceu. Onde abrir um website é interagir com uma aplicação nativa, em todo o sentido da palavra, localizada no servidor. Basicamente uma web que se comporte como um gigantesco SSH. Ou uma web cujos protocolos agora envolvem versões mais avançadas em que a informação pode circular em formato binário e não ter que ser interpretada primeiro para texto. Ou em que ... epá sei lá. Enfim o futuro está aí em minha opinião. Somente com avanços tecnológicos importantes na área de telecomunicações e nos computadores em nossas casas e no trabalho, será possível uma Web 2.0. O modelo, tal como está, e que vem desde os anos 60 (estamos mesmo a falar de uma coisa com mais de 50 anos) está rapidamente a esgotar-se.

EDIT: O M6 postou antes de mim. Faço minhas as palavras dele também e acrescentaria- as a este post se pudesse.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Desde os tempos do UNIX que se experimenta em UIs. E nunca os UIs determinaram uma evolução, mas antes mostraram os resultados de uma evolução. É esse "por detrás do palco" onde está a verdadeira revolução.

Não, não é desde o tempo dos Unix, é desde muito antes de haver Unix. E já agora ainda estás no tempo dos Unix...

Onde abrir um website é interagir com uma aplicação nativa, em todo o sentido da palavra, localizada no servidor.

Desculpa mas não estou a ver o que queres dizer uma aplicação nativa em todo o sentido da palavra.

Em primeiro lugar se tiveres a falar num site interactivo, feito por exemplo em PHP, Perl, ou outra linguagem. A aplicação corre do lado do servidor e é nativa a esse servidor. E existem imensas aplicações que tem interfaces que não são o browser e que interagem com servidores web. Isso pode ser feito com coisas como web services e se quiseres até podes utilizar coisas como o XUL do lado do cliente. Por isso não estou a ver qual é realmente a diferença.

em que a informação pode circular em formato binário e não ter que ser interpretada primeiro para texto.

Os formatos binários são muito maus para isso.

O modelo, tal como está, e que vem desde os anos 60 (estamos mesmo a falar de uma coisa com mais de 50 anos) está rapidamente a esgotar-se.

Não acho que esteja, podes explicar onde é que o modelo está a esgotar-se?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora