• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

bin

como se cria uma nova linguagem de pogramaçao

8 mensagens neste tópico

bem, como se cria uma coisa nova e partir do zero? pois não há nada definido, nem o compilador /interpretador, apenas se sabe que tem ser escrito ou gráfico (programador gráfico como labview)

a minha duvida são as etapas e os conhecimentos para construir uma

EDIT: Português melhorado. Ass.: o corrector ortográfico/gramatical vivo.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não percebi nada do texto, tenta adicionar pontuação.

Olhando só para o tópico, para fazeres uma linguagem de programação tens que primeiro decidir se vai ser compilada ou interpretada.

O caminho é bastante diferente conforme a opção tomada no passo anterior.

Fazer uma linguagem interpretada parece-me mais simples, até porque podes fazer um interpretador em qualquer linguagem.

Para fazer uma linguagem compilada, tens que fazer um compilador que transforme o código em linguagem máquina.

Movido de secção.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Warrior sou da opinião (e tenho factos sólidos a apoiar-me) que não é de todo necessário escolher se a linguagem é interpretada ou compilada. Isso faz parte da fase final da linguagem. Baseado na cadeira de Compiladores que tive este ano, tens três fases:

Detecção Lexical, Validação da Gramática e Geração de Código (onde se inclui o interpretador)

Para o bin, tens de começar por perceber autómatos e gramáticas/analisadores lexicais.

Pega aí :Phttps://fenix.ist.utl.pt/disciplinas/com-2/2007-2008/2-semestre

Tens um livro do IST em português e tens a "bíblia" dos compiladores: Livro do Dragão se quiseres aprofundar o assunto.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Fazer uma linguagem interpretada parece-me mais simples, até porque podes fazer um interpretador em qualquer linguagem.

Também podes fazer uma linguagem compilada em qualquer linguagem... :P

http://llvm.org/

http://www.parrotcode.org/

Se leres toda a informação e tutoriais nesses links podes comer a fazer linguagens simples. O LLVM é para linguagens compiladas enquanto o Parrot é para linguagens interpretadas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Claro que podes fazer uma linguagem compilada em qualquer linguagem (desde que não seja interpretada..), mas tem que ter em atenção que o que irás fazer é transformar o código numa linguagem de baixo nível, enquanto que se for interpretada podes simplesmente chamar os comandos de alto nível da linguagem que estás a usar.

De qualquer modo, não sei se o bin ainda está interessado nisto..

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

sim, ainda estou a pensar em desenvolver uma linguagem completamente nova, en termos de sintaxe e de lógica.

bem e muito mais fácil faser interpetada pois , o programa so tem que seguir a sua lógica, se for compilada, torna se mais complicado pois nao vai ser muito portável.

a lógica desta linguagem é baseada em objectos acções e nomes

por exemplo

"define o nome 'mover' a uma acção defendida no código 236"

mover#[236]

"define o nome 'caixa' a uma objecto defendia no código 134"

caixa #[134]

caixa@mover/(34;54)

ou

%include (cubo.txt)

%begin

@ler_1_

{

_IMPUT##[a:int/b:int]

_type#(“REd”)

_FRAW_window#(234,567) //pode escrever numa linha}

$_DISPLAY(valor_1+valpor_2)

%end

algoratitimo

ler valor 1

ler valor 2

valor 3 ::valor 1 +valor 2

mostrar valor 3

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Claro que podes fazer uma linguagem compilada em qualquer linguagem (desde que não seja interpretada..), mas tem que ter em atenção que o que irás fazer é transformar o código numa linguagem de baixo nível, enquanto que se for interpretada podes simplesmente chamar os comandos de alto nível da linguagem que estás a usar.

De qualquer modo, não sei se o bin ainda está interessado nisto..

e mais fácil criar uma linguagem que só vai ser o terto do pograma fonte

do que criar uma linguagem que tem que compilar para um ficheiro binário e que esse código binário tem que funcionar como o programa fonte

eu não sei se em termos de rapidez de execução do código e igual

bem talves começo em criar um compilador de código, isto e a partir de um código gerar outro

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora