• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

Microsoft investe em serviços remotos

1 mensagem neste tópico

À medida que o software se torna cada vez mais deslocalizado e é oferecido como serviço, administrado e mantido por terceiros, geralmente 'off-site', a Microsoft, empresa responsável pela maior parte do software empresarial instalado em estações de trabalho e servidores locais, acompanha as alterações do mercado e tem vindo a realizar um investimento considerável na concentração de centros computacionais próprios, oferecendo aos seus clientes um pacote de serviços remotos, incluindo ferramentas de email, colaboração e infra-estruturas de vendas, localizadas fora da empresa e administradas pelos serviços da empresa de Redmond.

O mais recente modelo de negócios para os serviços 'hosted' da Microsoft, oferece às empresas parceiras uma suite de produtividade e comunicações total, num modelo de subscrição, por uma taxa mensal por utilizador de cerca de 10 euros mensais, correspondendo a 15 dólares mensais ou 180 dólares anuais.

Para além do modelo de subscrição, a Microsoft estabeleceu ainda um programa de partilha de lucros com as empresas que angariem novos clientes, recebendo estas cerca de 18 por cento do valor da nova subscrição para angariações durante o primeiro ano do contrato e 6 por cento nos anos seguintes.

Entre os clientes mais recentes da Microsoft na área dos serviços online, contam-se o gigante de telecomunicações Nokia e a transportadora AP Moeller Maersk.

Para além dos serviços referidos, a Microsoft espera ainda aumentar a sua base de utilizadores e número de parceiros com a introdução de uma suite de produtividade de baixo custo, denominada Deskless Worker Suite, com um custo de 3 dólares mensais, cerca de 2 euros, por utilizador e dirigida principalmente a funcionários que, geralmente, não beneficiam de quaisquer serviços informáticos da sua empresa. A Deskless Worker Suite inclui versões reduzidas do cliente de email Outlook e do software de partilha de documentos Sharepoint.

Comparativamente à Microsoft, a Google, uma das empresas pioneiras na deslocalização de software e serviços online empresariais, oferece a sua suite de produtividade e comunicações Google Apps, incluindo email, partilha de documentos e cliente de conversação, por cerca de 50 dólares mensais por utilizador.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora