• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

Dois terços dos portugueses já possuem computador em casa

1 mensagem neste tópico

Dois terços dos portugueses já possuem computador em casa, de acordo com o estudo da Ericsson ConsumerLab. 51% das pessoas têm em sua casa um «PC desktop» e 34% um «laptop», colocando o país acima da média face aos restantes países analisados e é um «valor muito superior ao registado no estudo elaborado em 2005».

A análise, que incide sobre o comportamento dos consumidores portugueses relativamente a produtos e serviços de telecomunicações, revela uma evolução positiva do mercado português ao nível de vários indicadores que ultrapassam a média dos outros países analisados, como sejam a penetração de computadores nos lares e a subscrição de banda larga móvel.

«Este crescimento na adesão à banda larga móvel é sustentado, maioritariamente, pela população jovem que, segundo o estudo, possui um PC desktop e um laptop», adiantam.

O estudo constata ainda, que Portugal apresentou um crescimento positivo nos últimos três anos a nível das ligações à internet, alcançando uma média de 47%.

IPTV, TV por satélite e TV por cabo com potencial de crescimento

Relativamente aos serviços de televisão, o estudo revela que 94% dos portugueses possui televisor e que 52% dos lares nacionais estão equipados com TV por cabo ou satélite, uma percentagem que demonstra o potencial de crescimento para serviços de TV por IP e telefone por IP.

No que respeita à TV no móvel, o mercado tem demonstrado muito interesse por esta solução, nomeadamente, por parte dos jovens pioneiros que experimentam o serviço, podendo indiciar que será também uma área com grande desenvolvimento no futuro.

Para o presidente da Ericsson Telecomunicações, Hans-Erhard Reiter, «Por outro lado, são notícias muito positivas para a sociedade portuguesa, uma vez que podemos concluir que o mercado está a evoluir a um bom ritmo e que a sociedade de informação começa a ser uma realidade no nosso país, o que nos deixa muito optimistas face ao futuro».

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora