• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

Músico condenado por colocar post extremista num blogue

2 mensagens neste tópico

Um músico russo de 28 anos foi condenado a um ano de prisão, com pena suspensa, depois de ter colocado no seu blogue pessoal um post considerado extremista pelas autoridades judiciais da Rússia. O caso está já a preocupar a blogosfera russa que alerta para uma violação da liberdade de expressão na Internet.

O caso remonta ao ano passado quando Savva Terentiev, um músico originário de Syktyvkar, cidade a mais de 1500 quilómetros de Moscovo, escreveu no seu blogue pessoal que a polícia local é «escumalha» e que todos os seus agentes deveriam ser queimados na praça principal da cidade duas vezes por dia, refere a Reuters.

Os textos não caíram bem junto das autoridades, que resolveram condenar o músico por «incitar o ódio e inimizade».

A condenação foi já criticada por grupos defensores da liberdade de expressão dentro da Rússia, que consideram que esta medida vai abrir um precedente grave para a liberdade de expressão na Internet.

Tal é a opinião do director do centro SOVA, uma organização não governamental dedicada a monitorizar o extremismo, que considera que «esta é uma sentença absolutamente injustificada».

«Savva de certeza que escreveu um comentário grosseiro…mas esta condenação significa que vai passar a ser impossível escrever comentários grosseiros sobre toda a gente», afirmou Alexander Verkhovsky à agência noticiosa.

À Reuters o autor do post polémico não quis comentar o assunto, apesar de ter confirmado a sua condenação.

Savva Terentiev chegou mesmo a escrever uma carta ao recém-eleito presidente Medvedev, citada pelos Media russos, onde defende que «é nosso dever ter responsabilidade das palavras na Internet…mas eu não apelo para instigar o ódio nas pessoas em relação aos funcionários da polícia».

A agência recorda que numa entrevista realizada no mês passado à Reuters o presidente russo sublinhou que a Rússia é uma sociedade livre, referindo que «é possível ir à Internet e aceder a basicamente todo o que queremos. Nesse aspecto, não há problemas de acesso à informação na Rússia de hoje, não houve ontem e não vão haver amanhã».

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Tal é a opinião do director do centro SOVA, uma organização não governamental dedicada a monitorizar o extremismo,

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora