• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Hipnoted

Gentoo Linux 2008.0 released

29 mensagens neste tópico

The 2008.0 final release is out! Code-named "It's got what plants crave," this release contains numerous new features including an updated installer, improved hardware support, a complete rework of profiles, and a move to Xfce instead of GNOME on the LiveCD. LiveDVDs are not available for x86 or amd64, although they may become available in the future. The 2008.0 release also includes updated versions of many packages already available in your ebuild tree.

    * Updated installer: The installer now only performs networkless installations using the packages and ebuild tree on the LiveCD. It also contains numerous fixes for extended and logical partitions.

    * Improved hardware support: Moving to the 2.6.24 kernel added many new drivers for hardware released since the 2007.0 release.

    * Complete rework of profiles: Restructuring profiles allowed significant cleanup of redundancies, reducing developer maintenance and confusion. The difference for you is that profiles now appear in /usr/portage/profiles/ under default/linux/ instead of default-linux/. See the upgrading guide for more details.

    * Xfce instead of GNOME on the LiveCD: To save space, the LiveCDs switched to the smaller Xfce environment. This means that a binary installation using the LiveCD will install Xfce, but you're still free to build GNOME or KDE from source.

    * No LiveDVDs on x86 or amd64: In the interest of getting the release out, the release engineering team decided to postpone LiveDVDs because of problems in their generation. They may show up later—if so, we'll let you know.

    * Updated packages: Highlights of the 2008.0 release include Portage 2.1.4.4, a 2.6.24 kernel, Xfce 4.4.2, gcc 4.1.2 and glibc 2.6.1.

Fonte

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Qualquer dia perco a cabeça e experimento isto :P

Mesmo :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Qualquer dia perco a cabeça e experimento isto :P

Se não vais experimentar para que querias os repositórios?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Se não vais experimentar para que querias os repositórios?

Eu disse que não ia experimentar?
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não, mas disseste "qualquer dia" e isso dá a entender que será um dia daqui a algum tempo. Nessa altura perguntavas :P Anda um gajo a perder 5segundos de vida pa estas coisas.. :X

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não, mas disseste "qualquer dia" e isso dá a entender que será um dia daqui a algum tempo. Nessa altura perguntavas :P Anda um gajo a perder 5segundos de vida pa estas coisas.. :X

Qualquer dia significa quando me der na telha, o que significa que pode ser amanhã ou no outro dia p.e. :D
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu tenho aqui o liveCD, mas quando li as características novas, não li que isto vinha com o XFCE de "origem" em vez do gnome, quando o iniciei fiquei naquela "Tão mas isto não é com o Gnome?" LOOL :P

Bem la terei que criar uma máquina virtual para tentar instalar isto  :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Tenho que ver se instalo isso outra vez no mac... Agora já não preciso de ficar a noite acordado para fazer o raio dos downloads :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bah, usar o genkernel... para isso mais vale nem instalar :P Claro que no VMware também não ganhas muito em ter o Gentoo instalado à maneira.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bah, usar o genkernel... para isso mais vale nem instalar :P Claro que no VMware também não ganhas muito em ter o Gentoo instalado à maneira.

Não sejas tao mauzinho =p

Nem todos podem se dar ao luxo de testar ele a compilar kernels e a ver tutorials xD sim pk se nao sabes perdes no min 3h para teres akilo tudo afinadinho =D

mas vale bem a pena ^^

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Concordo com a parte de 3hrs, mas o valer a pena... not really. :P O Arch IMHO consegue dar-me toda a flexibilidade que preciso sem complicações, em 30 mins tenho um sistema base, coisa que com o Gentoo demorou "um pouquinho" mais. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já que finalmente testaste o Gentoo, podes fazer ai a diferença de um sistema base de Arch vs Gentoo? E depois uma comparação (como quiseres, mas apresentado os pontos bons e maus, na tua opinião) dos passos seguintes que se tem de ter em cada sistema, para se ter algo para além da linha de comandos?

Não é para discutir o sexo dos anjos é mesmo por curiosidade porque não sei se te lembras, já andei à procura de algo diferente do Gentoo. Com o pouco uso que dou ao Linux e ainda por cima em VMware, Gentoo não compensa em quase nada e estou mesmo curioso nesse Arch, mas nunca tive possibilidade de experimentar...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Calma calma! Com sistema base digo apenas o suficiente para bootar, ainda não tenho X (nem me parece que vá ter). Mas se quiseres, posso-te fazer uma breve comparação Gentoo vs Arch.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu sei que não tens X numa instalação base do Gentoo, mas é esse exactamente o meu ponto com a comparação que gostava que fizesses. Num instalação base do Arch tens X ou tens de instalar a parte? Gostava de uma comparação entre os dois em 2 fases. A primeira, relativamente a instalação base e a segunda, o após disso.

Mas não precisa de ser para já, se precisares de mais tempo para explorar melhor o Gentoo, força... I got time :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Um sistema base no Arch é igual a um sistema base no Gentoo. A única diferença é que o Gentoo sacas os vários pacotes, modificas, compilas, e está feito, enquando que no Arch tens já pacotes pré-compilados optimizados para i686. Não precisas de muita atenção, é só seleccionar todos os pacotes base, instalar, alterar o /etc/rc.conf, POSSIVELMENTE alterar o ficheiro do GRUB (da última vez que fiz uma instalação, ele pôs-me o disco no GRUB como sendo /dev/hda quando na verdade é /dev/sda), e está feito, REBOOT IT.

Para teres X no Arch, basta-te fazer pacman -S xorg e tens o Xorg instalado, procuras o pacote para o teu controlador gráfico com pacman -Ss nvidia (ou simplesmente olhas para o beginners guide que falo mais à frente, eles têm lá uma listagem), instalas o pacote do gnome, e já tens um GNOME pronto a usar sem complicações. Claro está, considero indispensável para as primeiras instalações ter a wiki do Arch ao lado, em especial o Beginners Guide (que nunca segui completamente à risca, e tem muita coisa que não te vai interessar), são o "equivalente" ao handbook do Gentoo, mas não tão totó-oriented as in "escreva genkernel clicando nas teclas do teclado". A partir daqui, é mais simples pores as tuas próprias dúvidas. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

E no Arch existe algo como no Portage para o Gentoo que é o gnome-base, por exemplo? Porque o pacote completo do Gnome vem com o Epiphany (e mais outras apps que não fazem falta nenhuma), coisa que não me interessa minimamente.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ohoh, isso do Arch na base ser igual ao Gentoo, tem muito que se lhe diga. E por muito optimizado que chegue, não chega para o Gentoo. Só o facto de as USE flags não existirem no Arch, é suficientemente diferenciador de ambos. E binários são binários, não são pacotes compilados especificamente como nós queremos. Claro, o ABS é a coisa mais proxima do Portage que existe, mas ainda lhe faltam umas coisas :)

Claro que demora mais construir um sistema Gentoo que um sistema Arch. Afinal de contas, Gentoo é uma meta-distribuição! É -completamente- personalizavel. E o Arch, apesar de andar lá próximo, não o é :D

Mas hey, eu prefiro binários a compilações. Eu prefiro Arch a Gentoo. Eu uso Arch ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ohoh, isso do Arch na base ser igual ao Gentoo, tem muito que se lhe diga. E por muito optimizado que chegue, não chega para o Gentoo. Só o facto de as USE flags não existirem no Arch, é suficientemente diferenciador de ambos. E binários são binários, não são pacotes compilados especificamente como nós queremos. Claro, o ABS é a coisa mais proxima do Portage que existe, mas ainda lhe faltam umas coisas :)

Claro que demora mais construir um sistema Gentoo que um sistema Arch. Afinal de contas, Gentoo é uma meta-distribuição! É -completamente- personalizavel. E o Arch, apesar de andar lá próximo, não o é :P

O que é que te interessa personalizar no Arch e não podes que personalizas no Gentoo? ;)

Mas hey, eu prefiro binários a compilações. Eu prefiro Arch a Gentoo. Eu uso Arch :D

FTW! \o/
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O que é que te interessa personalizar no Arch e não podes que personalizas no Gentoo?

Por exemplo, tens uma flag relacionada com o número de processadores, o que te deve deixar as aplicações mais optimizadas para máquinas com vários cores. E esta a que me lembro, mas certamente que existem várias outras flags de compilação, que te permitem optimizar ainda mais as aplicações.

É que pelo que vi, a única coisa que o Arch tem de especial é estar optimizado para i686...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora