• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

joaoqalves

Curso de Engenharia Informática e Computação

78 mensagens neste tópico

Boas pessoal, venho lançar um repto aqueles que este ano (ou em anos anteriores) iniciaram a sua vida universitária neste curso (penso que foram o Warrior, o deathseeker25, o vbmaster mas julgo haver mais).

Gostava que expusessem aqui o que acharam fácil, difícil, se acham o curso bom, muito bom, genial, etc. Eu, pelo que vi do plano curricular da FEUP, é sem dúvida um curso apetecível, ora vejamos: apanha-se umas matemáticas e umas físicas até ao 3º semestre e, a menos que sejam mesmo uma dor de cabeça, depois ficamos com via livre para aprender aquilo de que realmente se gosta :P Mas gostava que o pessoal que andou e anda neste curso se expressasse, bem como pessoal que ande noutro curso ligado à Informática diga o que pensa que o seu curso tem de vantajoso / desvantajoso em relação a este.

Cumps :thumbsup:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Neps, o vbmaster anda no IST. O pessoal aqui do fórum que anda em MIEIC na FEUP sou eu, o warrior, o deathseeker, o mogers e mais um ou outro que estão registados mas não participam tanto ou que não sei quem são.. :D

Ora bem aqui vamos nós...

O que eu te posso dizer são maravilhas, muito sinceramente.

Não sou do Porto e não conhecia o Porto antes de ir estudar para a FEUP. fui para lá porque um conhecido meu estava a acabar este mesmo curso e aconselhou-me a ir para lá.

Eu não sei se tu conheces a FEUP, mas quando eu cheguei no dia das matrículas e comecei a ver onde me tinha metido.. Meu deus, que mundo! O choque foi muito grande. A faculdade é enorme e muito imponente!

Bom, vamos ao curso... Como deves perceber, por estar no primeiro ano, só te posso falar da experiência que tive neste ano.

Resumindo: excelente. O primeiro mês é um mês sagrado. Chegas a pensar: se a faculdade é isto, faço o curso com uma perna às costas. Porém, mal acaba o Projecto FEUP (quanto a mim, a única coisa dispensável até agora) começa a festa. O trabalho avoluma-se um pouco e começas a perceber que não são assim tantas as favas contadas. As aulas teóricas do JRA fazem-te perceber que és um ignorante de primeira, mas ao mesmo tempo que tens um mundo de matemática que vais ter que descobrir.

O primeiro semestre passa num instante... Quando dás conta estás a braços com semanas carregadas de testes e trabalhos, e se andaste a dormir durante o semestre todo, não vai ser fácil. Mas com um bocado de sacrifício tudo lá vai. ;)

Tens matemática que chegue. Física só mesmo no segundo semestre. É sempre engraçado aprender scheme... Ao início é estranho para quem programa noutro tipo de linguagem.. Mas passado algum tempo, habituas-te, e acaba por ser engraçado.

Durante o primeiro mês (ou coisa parecida) vais ter também uns caramelos (entre os quais eu) vestidos de preto à tua espera à porta das salas onde tens aulas. Não sei qual é a tua ideia acerca disso, cada um acaba por fazer o seu juízo depois.

Para mim, a tradição académica exemplar do Porto já me deu bastantes lições de vida. :P

Alguma dúvida podes sempre perguntar.. :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Neps, o vbmaster anda no IST. O pessoal aqui do fórum que anda em MIEIC na FEUP sou eu, o warrior, o deathseeker, o mogers e mais um ou outro que estão registados mas não participam tanto ou que não sei quem são.. :D

Ora bem aqui vamos nós...

O que eu te posso dizer são maravilhas, muito sinceramente.

Não sou do Porto e não conhecia o Porto antes de ir estudar para a FEUP. fui para lá porque um conhecido meu estava a acabar este mesmo curso e aconselhou-me a ir para lá.

Eu não sei se tu conheces a FEUP, mas quando eu cheguei no dia das matrículas e comecei a ver onde me tinha metido.. Meu deus, que mundo! O choque foi muito grande. A faculdade é enorme e muito imponente!

Bom, vamos ao curso... Como deves perceber, por estar no primeiro ano, só te posso falar da experiência que tive neste ano.

Resumindo: excelente. O primeiro mês é um mês sagrado. Chegas a pensar: se a faculdade é isto, faço o curso com uma perna às costas. Porém, mal acaba o Projecto FEUP (quanto a mim, a única coisa dispensável até agora) começa a festa. O trabalho avoluma-se um pouco e começas a perceber que não são assim tantas as favas contadas. As aulas teóricas do JRA fazem-te perceber que és um ignorante de primeira, mas ao mesmo tempo que tens um mundo de matemática que vais ter que descobrir.

O primeiro semestre passa num instante... Quando dás conta estás a braços com semanas carregadas de testes e trabalhos, e se andaste a dormir durante o semestre todo, não vai ser fácil. Mas com um bocado de sacrifício tudo lá vai. ;)

Tens matemática que chegue. Física só mesmo no segundo semestre. É sempre engraçado aprender scheme... Ao início é estranho para quem programa noutro tipo de linguagem.. Mas passado algum tempo, habituas-te, e acaba por ser engraçado.

Durante o primeiro mês (ou coisa parecida) vais ter também uns caramelos (entre os quais eu) vestidos de preto à tua espera à porta das salas onde tens aulas. Não sei qual é a tua ideia acerca disso, cada um acaba por fazer o seu juízo depois.

Para mim, a tradição académica exemplar do Porto já me deu bastantes lições de vida. :P

Alguma dúvida podes sempre perguntar.. :)

Sim, eu sabia que o vbmaster andava no IST, porém o curso é o mesmo (ou tem uma designação parecida).

Quanto ao curso, vi o plano e, sinceramente, parece excelente. A ver vamos se este ano com a "estória" das médias eu consigo entrar ou não (tenho 181.3 de Secundário + um 17 ou 18 no exame de Matemática, o problema pode vir a ser o exame de Português).

Mas, mesmo assim, já lá está uma seita jeitosa do P@P :P Já agora quem é esse tão falado JRA ? :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não deves ter problemas em conseguir entrar. ;)

O prof. JRA é um professor que dá duas cadeiras de primeiro ano (uma no 1º semestre e outra no 2º), Análise Matemática e Complementos de Matemática, e que é simplesmente uma personagem e tanto. É um professor com muita experiência e muito cómico a dar as suas aulas. É difícil explicar sinceramente, mas tu vais apanhá-lo para o ano ainda, e vais perceber.

Costumamos dizer que o Chuck Norris é a derivada do JRA. :P 

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não deves ter problemas em conseguir entrar. ;)

O prof. JRA é um professor que dá duas cadeiras de primeiro ano (uma no 1º semestre e outra no 2º), Análise Matemática e Complementos de Matemática, e que é simplesmente uma personagem e tanto. É um professor com muita experiência e muito cómico a dar as suas aulas. É difícil explicar sinceramente, mas tu vais apanhá-lo para o ano ainda, e vais perceber.

Costumamos dizer que o Chuck Norris é a derivada do JRA. :P 

E que tal são os profs a dar notas ? Podes dizer as tuas e as de alguns colegas ? (se não te importares :D)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

As minhas não tenho problemas em dizer... As dos outros, deixo que eles digam se quiserem. :P

Os professores dão-te as notas pela média (segundo os critérios) do que fizeres nos trabalhos/testes. As tuas notas vão depender da tua capacidade de organização/gestão do tempo. Se fores um pessoa exclusivamente dedicada ao curso acaba por não ser nenhum bixo de sete cabeças tirar boas notas. Se quiseres viver mais um pouco de tudo o que a faculdade te pode oferecer, a tua ginástica vai ter que ser maior. ;)

Nas cadeiras de 1º semestre, tive: 11 a AMAT, 13 a ALGE, 13 a IBDA, 16 a IOCO, 18 a FPRO e 16 a Projecto FEUP (sim, vou-te obrigar a ir ver o que significam as siglas :D). Nas do segundo ainda não sei as notas finais. Pois ainda não saíram, e ainda devo ir fazer uma ou outra melhoria. :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A Matemática e as Bases de Dados são assim tão difíceis? :O  (eu já sabia as siglas :P)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A Matemática e as Bases de Dados são assim tão difíceis? :O  (eu já sabia as siglas :P)

Quanto a IBDA, não. Tive essa nota porque já não estava habituado a estudar teoria (decorar não é comigo). E os testes têm muita teoria. Ou seja, como os meus testes foram fracos, prejudicou-me depois na nota final, embora ainda tenha conseguido recuperar qualquer coisa com o trabalho prático final.

Quanto à matemática, sim é díficil. Se naquela altura soubesse o que sei hoje tinha sido canja, mas naquela altura não é fácil. Aliás, basta ires ver a taxa de chumbo dessa cadeira. Lol :X

Mas atenção, nada que com estudo não se resolva. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já agora, qual é o objectivo do projecto FEUP e o que é que se faz lá ? :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu não tenho muito mais a acrescentar..

O Projecto FEUP é, como o nome indica, uma disciplina onde fazes um projecto. O objectivo é aprenderes a fazer relatórios, apresentações orais e posters, que certamente vai dar jeito para o resto do curso.

Além do mais, obriga-te a conhecer algumas pessoas do teu e de outros cursos (os grupos são de cursos diferentes, os de informática costumam ficar com as raparigas de química) e de passar umas tardes na faculdade a trabalhar..

As matemáticas não são assim muito difíceis, desde que acompanhes desde o início. Deixar para a semana antes do teste dá mau resultado, na faculdade mais do que em qualquer outro lado.

Quanto às notas, depende do que queres atingir. Ninguém é levado ao colo, se souberes a matéria razoavelmente safas-te com uma nota entre 10-14, tirar mais do que 18 é muito complicado porque há profs muito picuinhas nas correcções/avaliações dos trabalhos. (nos trabalhos é praticamente impossível ter mais que 18, por vezes 19)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
(nos trabalhos é praticamente impossível ter mais que 18, por vezes 19)

Pela minha experiência de 3 anos de curso, sou obrigado a discordar :P  Eu diria que nos exames é muito complicado tirar 18 ou acima, mas nos trabalhos nem tanto.

Mas também depende dos objectivos de cada um. O que acontece na maior parte das cadeiras é que para tirares um 19 é preciso trabalhares o dobro do que precisas para tirar 18.

Claro que convém tirar boas notas nos trabalhos para que as notas dos exames não sejam tão determinantes. Eu penso que já disse isto outras vezes mas reforço que o 1º ano não dá trabalho nenhum comparado com os outros. É o ano de ambientação.

A partir daí há um 1º semestre do 2º ano um pouco chato, com cadeiras à base de fisica e matemáticas e as 2 cadeiras de computadores têm péssimos regentes  :bored:

No 2º semestre do 2º ano o curso começa a ser mais porreiro mas o nivel de trabalho começa a aumentar. Apesar disso, o 1º semestre do 3º ano é um choque de trabalhos e o 2º semestre é consegue ser pior. Tanto quanto sei, a história de aumento de trabalho mantém-se no 4º ano :P

Para "sobreviver" é necessário aprender a gerir bem o tempo, talvez seja este um dos objectivos da carga de trabalho. Naturalmente que esta é a minha perspectiva, que gosto de ter bons trabalhos (18-20). Quem não pretende isto, pode trabalhar bem menos. Mesmo assim, a perspectiva dos meus colegas (pelo menos uns 30 com quem vou falando) é semelhante!

Contudo, a opinião geral (minha e dos meus colegas) é que o nosso curso não é muito dificil, dá é imenso trabalho.

Também posso referir que a média com que entras pouco diz sobre as notas que vais tirar. Tenho colegas que tinham tirado 18 no exame nacional de matemática (no meu tempo talvez fosse um pouco mais complicado do que agora) e que chumbam a análise matemática. Outros com notas inferiores a tirar boas notas a matemática e não só.

Por último, infelizmente ouvi dizer que o mestre JRA não dava aulas para o ano devido a reforma (70 anos  :biggrin:). É uma pena, o homem é uma inspiração. Gostava de ter tido mais aulas com ele.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Então quer dizer que não vou conhecer esse grande "mestre" ... :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não tenho a certeza se ele se reforma já ou se o próximo ano é o ultimo antes de se reformar, visto que é obrigado por lei a parar de dar aulas aos 70 anos, senão ele continuava :P

Quando há professores com gosto, sente-se logo a diferença :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não tenho a certeza se ele se reforma já ou se o próximo ano é o ultimo antes de se reformar, visto que é obrigado por lei a parar de dar aulas aos 70 anos, senão ele continuava :P

Quando há professores com gosto, sente-se logo a diferença :P

P'lo que vi ele só dá teoria, certo?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não. É o regente daquelas 2 cadeiras de matematica que já referiram (é o responsável, dá as aulas teóricas) mas também dá algumas aulas teórico-práticas (aulas de resolução de exercícios). Eu tive-o tanto nas teóricas como práticas e gostei bastante também. (embora haja distinção entre aulas "práticas" e "teórico-práticas" na FEUP, no nosso curso acho que não há nenhuma cadeira com "práticas", têm sempre o nome "teórico-práticas" por isso nós chamamo-las "práticas" para abreviar)

Inicialmente não achei muita piada as aulas teóricas dele porque parecia que ele tava a explicar a matéria para profs de matemática (nós) e era dificil de seguir. Mas depois da adaptação, não custa muito :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Há alguma cadeira dada em inglês? No site da FEUP diz que FPRO é dada em inglês :O ...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Há alguma cadeira dada em inglês? No site da FEUP diz que FPRO é dada em inglês :O ...

Penso que não, mas não posso afirmar com certeza. Apresentar trabalhos em inglês penso que sim, agora aulas não tenho conhecimento.. Até pode haver não sei.

Mas quanto a FPRO não é de certeza. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Este semestre tive conhecimento de uma, mas isso só aconteceu devido a alunos vindos de outros paises (ERASMUS). Fora isso, acho que todas as cadeiras são dadas em português.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Hmm... tive a ver os horários...alguns são mesmo "do catano"... tiram um gajo da cama para ir ter aulas das 10 às 11 e às vezes tem uma de manha e outra à tarde... :hmm: ...

EDIT:

Penso que não, mas não posso afirmar com certeza. Apresentar trabalhos em inglês penso que sim, agora aulas não tenho conhecimento.. Até pode haver não sei.

Mas quanto a FPRO não é de certeza. :P

Apresentar trabalhos em inglês ? :O epá... isso é do catano...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Hum... Eu até agora tive sempre bons horários, mas há uns piores que outros.

Quanto aos trabalhos em inglês penso que é mais lá para o 3º/4º ano...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O JRA ainda vai dar aulas durante mais um ano.

Os horários, a partir do 2º ano, cada um pode escolher o seu. No primeiro as turmas são aleatórias, mas a partir daí as notas ditam a prioridade na escolha.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O JRA ainda vai dar aulas durante mais um ano.

Os horários, a partir do 2º ano, cada um pode escolher o seu. No primeiro as turmas são aleatórias, mas a partir daí as notas ditam a prioridade na escolha.

Porreiro, assim, se lá entrar, conhece-lo-ei :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Até ouvi dizer que ele vai dar, no final do ano, a sua última aula no auditório.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sim, ele já disse isso.

E já ouvi muita gente dizer que quer ir assistir à sua última aula, inclusive gente que mudou de curso/faculdade.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

É sempre engraçado aprender scheme... Ao início é estranho para quem programa noutro tipo de linguagem.. Mas passado algum tempo, habituas-te, e acaba por ser engraçado.

Deveria ter sido Haskell :P

Agora a sério. O facto de na FEUP não darem Haskell (acho eu), é um grande ponto negativo na minha opinião. Não digo que não se deve aprender Scheme, mas as grandes vantagens da sua aprendizagem são conceitos demasiado avançados que duvido que dêem na 1º cadeira. Acho que nesse aspecto Haskell é mais indicado e mais interessante e muito certamente mais divertido (pelo menos tem menos bananas :P).

Penso que Scheme é ainda muito popular no ensino por causa do SICP do Sussman, mas penso que essa visão já se encontra um pouco desactualizada.

Mas é apenas a minha opinião, que certamente está muito influenciada por ter aprendido Haskell em vez de Scheme na universidade.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora