• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

FabioM

Ganhar a vida como freelancer

4 mensagens neste tópico

Para aqueles que já fizeram alguns trabalhos como freelancer, seja cá em Portugal ou online para projectos internacionais o que acham da possibilidade de se apostar só em freelance?

Já tive esta conversa na universidade com alguns stôres e por muito que sejam talentosos naquilo que fazem, disseram-me que preferem sempre ter um emprego fixo que é dinheiro que podem contar como certo ao fim do mês e não têm a insegurança de ás vezes não haver trabalho.

No meu caso tb gostava de fazer alguns trabalhos como freelancer nem que seja só para ganhar mais algum e olhando para o que alguns freelancer ganham em trabalho online faz crescer água na boca...mas será assim tão romantica a vida destes freelancers ou são mesmo mesmo bons no que fazem?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Depende muito da "sorte" e da qualidade do trabalho.

No meu caso vivo as duas realidades. Tenho um empreso fixo no Software Development Center de uma multinacional e vou fazendo uns trablhos como freelance.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Viva... eu tenho feito uns trabalhos como freelancer ultimamente. Ganho pouco guito mas tambem tenho uma vidinha porreira. Se bem que às vezes os clientes são uns chatos do carago.

O que mais me irrita é que o pessoal confunde o conceito de cliente com o de patrão. Tipo, lá por me pagarem por eu lhes fazer o serviço não quer dizer que possam andar a ver se estou a trabalhar ou não, isso é comigo.

Em portugal ainda há pouca visão para optar por este tipo de negócios porque não há muita mão de obra qualificada. Aparece o mercado de péssima qualidade a oferecer preços da china, e depois como as empresas têm pouco dinheiro optam por script kiddies e sai a bosta que todos sabemos e lá vai a reputação dos freelancers pelo cano abaixo.

Isto é um conselho um pouco foleiro, mas... se não encontrares um nicho, não aconselho muito.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Isso depende das tuas capacidades e objectivos monetários.

A vida dos freelancers é romântica? Para maior parte claro que não, mas não é por causa disso que eles desistem. Mas também já presenciei putos de 14-15 anos a fazerem pequenas fortunas mensais apenas por criando dezenas de sites entupidos de ads. E eles não pescam nada de programação.

Existem muitos freelancers que preferem ganhar $1000-2000 dólares por mês e trabalhar apenas uns dias por semana do que ganharem o dobro ou o triplo e passaram os dias inteiros a trabalhar. Mais uma vez, isso depende do indivíduo e dos objectivos deste.

Cá em Portugal vejo pessoal a matarem-se no trabalho por +-800 euros mensais e andam infelizes com isso. E estes são os que normalmente recomendam para não nos aventurarmos no freelancing e arranjarmos um prego sério. Ironicamente, todas as pessoas que me disseram isso são as que andam constantemente a queixar-se que nunca têm tempo para nada, estão infelizes, são mal pagas etc.

O que não falta aí é trabalho e clientes dispostos a pagar, mas tens que encontrá-los. Hoje em dia ainda é mais fácil com os blogs. Se tiveres um site ou um blog popular basta criares um artigo a ofereceres os teus serviços e tens logo ofertas. Vejo isso a toda a hora nos blogs que visito.

Eu já fiz uns trabalhos em PT, mas aborreci-me com os clientes. É sempre tudo caro para eles, andam sempre em cima de nós e às vezes querem fazer mudanças que para eles podem parecer triviais mas para nós significa dias de trabalho adicional. E quando lhes pedimos um pagamento extra pelo trabalho adicional, ui!

Boa sorte.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora