• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

booser

a melhor universidade

60 mensagens neste tópico

eu como nao sabia em que tema havia de por este post resolvi notificar aqui.

o k preciso de saber uma opiniao sobre a universidade a escolher

ja me aconselharam a IST e a universidade nova mas tambem ja pensei em ir para a ISEL

qual delas e que tem um melhor ensino media mais baixa

e  k fike em konta...lol

cump

booser

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pá eu pessoalmente acho isso da melhor universidade uma coisa relativa tudo depende de quem vai para lá podes estar na melhor universidade de mundo mas se não te adaptares ou não gostares de lá estar não te vai servir de muito.

Isso é uma questão complicada pelo menos a meu ver.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Este tema já foi aqui discutido várias vezes, e o resultado é cada um a defender a sua universidade...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Antes é que se ligava aos nomes das faculdades... Agora, e ainda por cima a partir de bolonha, o aluno está por sua conta e tem de trabalhar muito em qualquer uma se quiser passar às cadeiras e sair a saber alguma coisa.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já que este assunto vem algumas vezes ao barulho seria interessante montar uma lista de cursos relacionados com informática. O melhor mesmo seria um link com o plano curricular. Deixando a avaliação para quem vai concorrer.

Fica já um:

Universidade de Aveiro

Engenharia de Computadores e Telemática

http://www.ua.pt/PageCourse.aspx?id=23&b=1&p=3&a=9

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O sistema corricular é bastante parecido com o de Eng Informática de Évora mudam apenas algumas que são as referentes à Telemática.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A melhor não sei, mas posso indicar-te quais as mais bem cotadas e de onde saem os melhores profissionais na área de informática:

- Universidade de Lisboa

- Instituto Superior Técnico

- Universidade Nova de Lisboa

Diria que estas estão no topo, embora haja outras, como a de Braga, também bem cotadas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Isso da melhor universidade é sempre relativo, há universidades que puxam o aluno e o obrigam a ser o melhor, mas isso não impede os alunos de uma universidade que não os puxe a não se puxarem a eles mesmos e serem igualmente bons.

Eu estou no primeiro ano do IST em LEIC, e posso-te dizer que esta é uma das que puxa. Não tens só de ser bastante bom às específicas, mas também no cálculo e algebra que não faiclitam nada.

Estou no meu primeiro semestre e posso garantir que se isto for sempre assim vão ser 5 anos stressantes, pois simplesmente estás sempre com trabalho e avaliações, mas também te posso dizer que tens de trabalhar bastante sozinho sobre as matérias das aulas, isto porque de vez em quando sais de lá sem perceber patavina do que se deu, seja pelo professor que apanhas (que decerto são excelentes mas não os melhores pegagogos), seja pelo ensino demasiadamente teórico português.

Basicamente aqui no IST fica-se claramente sem vida, obrigando-te muito a ocupares o teu tempo livre a estudares o que dás nas aulas (frase do msn de muitos colegas meus : "Ou és feliz ou vais para o técnico").

Em termos de conheicmentos especificos de informática devo-te dizer que no primeiro ano metade do curso chumba devido ao projecto de programação por não ter mais de 9.5. Digamos que para quem começa a programar há uns meses, por vezes a dificuldade do projecto é demasiada). Este ano foi para fazer algo em scheme que resolvesse sudokus.

Quanto aos restantes anos e conhecimentos do pessoal que sai não te sei dizer muito.

Só te digo que se não gostas de matemáticas e queres uma universidade mais parecida com politécnico, com mais prática e menos teoria o ISEL é capaz de ser melhor opção. No técnico tens mesmo de saber tudo como deve ser, não apenas saber usar.

Para mim as melhores em portugal são o IST, a FEUP e a do Minho. Mas reconheço bastantes bons informáticos também no pessoal que vem de Coimbra (uns dos que mais vejo a criar projectos e coisas do género, a univ deve lhes dar tempo para isso :P), e decerto outras serão igualmente boas, mas a minha opinião vinda assim do ar enumera estas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Só te digo que se não gostas de matemáticas e queres uma universidade mais parecida com politécnico, com mais prática e menos teoria o ISEL é capaz de ser melhor opção. No técnico tens mesmo de saber tudo como deve ser, não apenas saber usar.

Se não gostas de matemáticas é melhor não ires para o curso de Eng. Informática em lado nenhum. Se calhar falaste por não conhecer mas no politécnico também levas com matemáticas com toda a força. Já em relação à teoria, não sei porque só andei em politécnicos até agora, mas sempre ouvi dizer que as Universidades apostam um pouco mais nesse aspecto, enquanto que os politécnicos são mais práticos. Isto não invalida que no politécnico também tenhas que saber tudinho como deve de ser. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

quem escolhe politécnico por ser mais pratico que esqueça, depois de Bolonha é praticamente tudo igual, o aluno tem que trabalhar mais sozinho e tens que ser bom nas praticas e nas matemáticas... tenho amigos em quase todo o lado e as coisas variam muito pouco

há umas universidades melhores que outras, a FEUP a UM o IST são das mais conceituadas, não quer isto dizer que sais a saber mais do que os que saem de outras faculdades, mas ajuda no curriculum, e essas universidades de topo arranjam parcerias com grandes empresas... tens mais benefícios...

mas para quem é bom a universidade não é relevante... quem tem talento safa-se sempre e arranja os melhores empregos...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Só te digo que se não gostas de matemáticas e queres uma universidade mais parecida com politécnico, com mais prática e menos teoria o ISEL é capaz de ser melhor opção. No técnico tens mesmo de saber tudo como deve ser, não apenas saber usar.

Isto é extremamente irritante. Só posso concluir que não fazes ideia do que falas. Primeiro, porque o ISEL pertence ao Instituto Politécnico de Lisboa, logo não é "tipo politécnico", é mesmo politécnico.

Segundo... saber tudo como deve ser... ... nem quero falar. É ignorância a mais.

Nem vale a pena continuar. Só quem esteve nos dois sítios é que pode comparar alguma coisa. Quem "ouviu dizer" isto e aquilo... é pá... é melhor manter-se calado.

Peço desculpa a todos os outros por alguma agressividade, mas detesto que me tentem chamar estúpido.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já entraram por onde não deviam. E que tal colocassem só os links do plano de curso.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu estive num politécnico e na universidade, e na minha opinião o ensino universitário é superior ao ensino politécnico. Baseio a minha opinião no facto de que nas universidades aprendes de facto as bases teóricas que tem permitem resolver qualquer tipo de problema com qualquer tipo de tecnologia, o que não se passou no politécnico onde estive (Leiria), onde embora tenha aprendido bases teóricas, acabamos por ficar um pouco limitados às tecnologias que são utilizadas actualmente no mercado de trabalho, por vezes o ensino debruça-se mais sobre a tecnologia do que nos paradigmas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Só te digo que se não gostas de matemáticas e queres uma universidade mais parecida com politécnico, com mais prática e menos teoria o ISEL é capaz de ser melhor opção. No técnico tens mesmo de saber tudo como deve ser, não apenas saber usar.

Isto é extremamente irritante. Só posso concluir que não fazes ideia do que falas. Primeiro, porque o ISEL pertence ao Instituto Politécnico de Lisboa, logo não é "tipo politécnico", é mesmo politécnico.

Segundo... saber tudo como deve ser... ... nem quero falar. É ignorância a mais.

Nem vale a pena continuar. Só quem esteve nos dois sítios é que pode comparar alguma coisa. Quem "ouviu dizer" isto e aquilo... é pá... é melhor manter-se calado.

Peço desculpa a todos os outros por alguma agressividade, mas detesto que me tentem chamar estúpido.

O meu comentário nem foi para ofender ninguém, basta verificar o plano curricular do ISEL para ver que ao fim de dois semestres as matemáticas por e simplesmente desapareceram do plano de estudos, se isso não indica que tens menos matemática, não sei o que indica. Mas isso nem foi insulto pois para muita gente isso é uma grande vantagem.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

eu tambem  preferia ir para a isel , mas ja disseram que a isel e para aqueles que nao conseguem entrar em mais nenhuma

eu tava numa mais de programação ou tecnico de hardware e software

matematica nao e um grande problema  para mim , consigo m  safar

a ideia do shumy e fixe porque assim este ssunto nao vem tantas vezes ao barulho

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ali em resposta ao VBMaster devo dizer-te que no isel dás tudo o que dás em matemática no técnico, mas com uma pequena diferença.. é dado a 100 à hora !! E quando chegas ao examezinho... Tá lá tudinho... ou seja.. temos menos tempo para os mesmos conteúdos.

eu tambem  preferia ir para a isel ....

Epah... tu podes dizer o que quiseres mas O ISEL .. é MACHO !!  tás a ver ?  INSTITUTO !!

Mas realmente para quem sabe a diferença entre um conceito e uma tecnologia.... as universidades dão os CONCEITOS , os politécnicos a TECNOLOGIA !

Quem quiser aprender os conceitos vai ao dicionário, à net , à Wiki decora e pronto... sabe o CONCEITO.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Mas realmente para quem sabe a diferença entre um conceito e uma tecnologia.... as universidades dão os CONCEITOS , os politécnicos a TECNOLOGIA !

Essa diferença vai-se extinguir (ou passa a ser mesmo mínima) com Bolonha.
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

desculpa mas nao consigo compreender o k keres dizer com a frase

Epah... tu podes dizer o que quiseres mas O ISEL .. é MACHO !!  tás a ver ?  INSTITUTO !!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

desculpa mas nao consigo compreender o k keres dizer com a frase

Epah... tu podes dizer o que quiseres mas O ISEL .. é MACHO !!  tás a ver ?  INSTITUTO !!

[...]...a isel , mas ja disseram que a isel[...]

A Instituto Superior de Engenharia de Lisboa ... epah.. não fica muito bem :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Mas realmente para quem sabe a diferença entre um conceito e uma tecnologia.... as universidades dão os CONCEITOS , os politécnicos a TECNOLOGIA !

Essa diferença vai-se extinguir (ou passa a ser mesmo mínima) com Bolonha.

Essa diferença já quase não existe quanto a mim.

O problema aqui é que o pessoal que fala mal dos politécnicos pensa que está há uma dezena de anos atrás, onde só saiam bachareis de lá, enquanto que nas faculdades saíam licenciados, e logicamente com mais conhecimentos que os bachareis.

A partir de certa altura os politécnicos começaram também a formar licenciados, ou seja, começaram a existir licenciaturas bi-etápicas fazendo com que saiam licenciados com o mesmo nível de conhecimentos  que os das Universidades.

Resumindo, depois de Bolonha o que se tem de fazer é trabalhar duro para tirar o curso, seja na Universidade seja no Politecnico porque quando sairem para o mercado de trabalho acreditem que não ligam à instituição como faziam antes. Hoje, por exemplo fui a uma entrevista de estágio e o entrevistador disse que tinha muito boas referências da minha escola e que estavamos no top das preferências em relação a outras instituiçoes de ensino por estarem contentes com a produção de antigos estagiários. Não foi preciso estar numa Universidade para ouvir isso, felizmente.

Ah, por certo quando entrei para a faculdade podia escolher onde entrar, acho que tinha média para entrar numa faculdade mais "conceituada" mas optei pelo politécnico que estava perto de minha casa. Se fosse hoje voltava a fazer a mesma escolha.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

O meu comentário nem foi para ofender ninguém, basta verificar o plano curricular do ISEL para ver que ao fim de dois semestres as matemáticas por e simplesmente desapareceram do plano de estudos, se isso não indica que tens menos matemática, não sei o que indica. Mas isso nem foi insulto pois para muita gente isso é uma grande vantagem.

Não sei se foi para ofender ou não, mas a verdade é que ofendeste. E não és só tu, a maioria do pessoal que conheço do Técnico fala com a mesma arrogância, "nós é que somos bons, nós é que trabalhamos muito, nós é que sabemos o que são dificuldades". O problema é que não é a verdade.  Como disse o saunde, sempre tivemos tantas matemáticas como vocês, a diferença é que dantes dávamos o mesmo que vocês em 3 semestres, e agora damos em 2.

E pura e simplesmente não aceito que rebaixem o nosso trabalho no ISEL baseados em presunções do século passado, como disse o Hipnoted.

É verdade que o IST tem mais reputação que o ISEL. Mas é só isso que têm a mais. E um bocado de arrogância também. Levam a rivalidade entre os institutos duma forma absurda. Não há absolutos. No ISEL aprendes a mesma coisa que no IST. E se calhar até aprendes mais um bocado porque, pelo que todos dizem (tu incluído), o ensino é mais prático. Metes as mãos na massa, não ficas tão focado só na teoria, e isso é positivo para aprenderes a trabalhar com as tecnologias disponíveis.

Penso que este comentário responde um pouco à questão inicial do booser.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

E se calhar até aprendes mais um bocado porque, pelo que todos dizem (tu incluído), o ensino é mais prático. Metes as mãos na massa, não ficas tão focado só na teoria, e isso é positivo para aprenderes a trabalhar com as tecnologias disponíveis.

Foi o que eu disse sim, e também referi em como isso pode ser uma grande vantagem.

Só disse que é claramente mais tramado um curso onde as matemáticas se prolongam por 5 semestres do que um em que só ficam por dois. Pelo menos geralmente as dificuldades estão nas matemáticas.

Agora a vantagem de termos assim tanta matemática é que não sei se é muita. Já tenho ouvido muito pessoal do técnico a dizer que aqui o ensino está completamente desactualizado no que toca a eng informática e que devia ser modernizado.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora