• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

Microsoft desvaloriza críticas ao negócio com o Facebook

1 mensagem neste tópico

Depois de receber algumas críticas quanto ao valor despendido na aquisição da rede social Facebook - 168,87 milhões de euros por 1,6 por cento da empresa -, a Microsoft vem a público responder alegando que "o investimento não foi um erro", mesmo tendo valorizado a empresa o que supõe uma valorização da rede social de 10,5 mil milhões de euros.

Os analistas de mercado referem que a Microsoft pagou um preço demasiado elevado pela participação no Facebook acreditando que a rede social poderá vir a tornar-se num dos centros da actividade online nos próximos anos.

À margem de uma conferência em Mumbai, Steve Balmer referiu aos jornalistas presentes que o valor de mercado do Facebook "ainda está por determinar". O responsável indicou que actualmente o serviço é "muito popular" e como tal, mesmo que "não se saiba o futuro" da comunidade, este foi um negócio "muito importante", principalmente para uma empresa que "quer marcar presença no sector".

As estimativas da Microsoft apontam que, em breve, a rede social possa alcançar os 300 milhões de utilizadores, o que supõe um forte aumento das receitas publicitárias que, neste momento, se fixam nos 28,145 mil milhões de euros anuais.

Na mesma ocasião, Steve Balmer foi questionado quanto à possibilidade da Microsoft poder vir a comprar a Yahoo. O responsável preferiu não comentar, mesmo tendo afirmado há um mês que a Microsoft planeava apostar numa política de aquisições para esta área. Na altura Balmer referia-se essencialmente à compra de até 20 pequenas empresas em investimentos que rondariam os 500 milhões e os mil milhões de dólares.

Para já as atenções da empresa voltam-se para a publicidade online, sendo por isso o foco principal da Microsoft no futuro próximo.

Steve Balmer vai agora para a China, um dos principais mercados da Microsoft e onde pretende promover a protecção dos direitos de propriedade intelectual.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora