• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

Internet aumenta venda de livros a nível mundial

6 mensagens neste tópico

A Internet incentiva a venda de livros no mundo, ao contrário das previsões pessimistas de que a rede global esmagaria o sector das publicações através dos leitores digitais e das vendas online de livros usados.

A Penguin anunciou esta semana que o aumento das vendas digitais e de livros usados não causou os prejuízos previstos e que, de muitas formas, a Internet acabou por beneficiar as livrarias, já que funcionou como ferramenta de marketing, experimentação e aproximação com a próxima geração de leitores.

A editora, que inclui autores como Alan Greenspan ou Nick Homby, sentiu- se ameaçada pelos sites de leilão, como o eBay, mas descobriu que, ao contrário do que acontece no sector da música, no caso dos livros as pessoas ainda desejam os livros físicos.

A Pearson, proprietária da Penguin, lançou, na semana passada, o portal Spinebreakers, com vídeos e audiolivros destinados aos adolescentes e administrados por eles, oferecendo visionamentos estratégicos sobre como este público cria e partilha informações sobre publicações na Internet.

A empresa também lançou este mês um concurso de redacção de romances, em conjunto com a Amazon e a HP, que atraiu um manuscrito por minuto nos seus primeiros dias. O vencedor receberá um contrato de publicação e 25 mil dólares (17,5 mil euros).

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

eheheh... eu acho piada a estas conclusões.

Este pessoal diz quanto mal há da tecnologia e destes fenómenos sociais... quando afinal isso até acaba por lhes dar dinheiro como m**** ( passo a palavra )  então já dizem amen. Cada um que tire as suas conclusões àcerca da moral de quem defende direitos de autor e afins.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

no caso dos livros as pessoas ainda desejam os livros físicos.

Acho isto mais que óbvio. Na minha opinião pessoal, acho simplesmente intragável ler um livro em formato digital. Não ter a sensação das folhas, é algo ...
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu por exemplo ainda há pouco comprei um livro, e se não tivesse pesquisado na internet informação sobre ele se calhar não o tinha comprado.

Também não acho graça aos eBooks, para ler tem de ser algo do meu agrado e em formato de papel. É por isso que estou a favor de digitalizarem o maior número de livros possível (aquilo que o Google queria fazer). O problema são as editoras, mas só ficavam a ganhar com isso porque quem realmente quisesse ler comprava o livro.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu por exemplo ainda há pouco comprei um livro, e se não tivesse pesquisado na internet informação sobre ele se calhar não o tinha comprado.

Concordo, também só compro livros depois de pesquisar informação sobre ele na internet.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu infelizmente leio pouco, mas lêr livros só em papel, e-books pelo menos para mim estão fora de questão, sinceramente não se enquadra no espirito, gosto de lêr apenas a noite na cama, e estar a lêr num portátil não dá, gosto muito de folhar !

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora