• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

fraquinho

[ajuda] algoritmo

13 mensagens neste tópico

boas tarde....

este ano decidi voltar a estudar no âmbito das novas oportunidades e estou no curso tecnológico de informática  de noite mas adiante...

a minha duvida é: " considere um algoritmo capaz de calcular e apresentar o valor da área de um trapézio...?"

como já não estudo a muito tempo tenho duvidas sera A=B+b/2*h

A=área

B=base maior

b=base menor

h=altura

desculpem se é básico mas estou atentar resolver o problema hoje  :-[ 

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A trapézio = (B+;)/2*h :thumbsup:

E a tua dúvida é só a formula, ou como fazer o algoritmo?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

oi...

estudar de noite e trab não é facil...

A minha duvida era na formula.

já agora eu fiz assim o algoritmo em pseudocodigo

variáveis base_menor, base_maior, altura, resultado: reais

Inicio

  escrever ("Inserir  valor da base maior");

  ler (base_maior);

  escrever ("Inserir  valor da base menor");

  ler (base_menor);

  escrever ("Inserir valor da altura");

  ler (altura);

  resultado <-- (base_maior + base_menor/2)*altura;

  escrever (" A área de um trapézio é" , resultado);

fim.

 

se poderem comentar se esta errado ou certo eu agradecia...

cumps

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

resultado <-- (base_maior + base_menor)/2*altura;

tinhas o parentessis fora do sitio.

Parece-me bem. Espero que lhe ganhes o gosto :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não, como ele tinha é que estava quase bem, ou seja:

resultado <-- ((base_maior + base_menor)/2)*altura;

Segundo vi por aqui...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não, como ele tinha é que estava quase bem, ou seja:

resultado <-- ((base_maior + base_menor)/2)*altura;

Segundo vi por aqui...

Er, lol? O do mogers está certo, o do fraquinho estava mal... Esse parentises antes do *altura não é necessário, basta pensares na prioridade das operações. :)
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Exactamente Hipnoted, como tu puseste e como ele pôs é equivalente..

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Então não estou a perceber, a multiplicação é sempre prioritária ou não é?

Da maneira que tinha o mogers o 2 ia multiplicar pela altura antes da divisão. Ou não é essa a sequência? Posso estar enganado... :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

multiplicação e divisao tao no memso patamar de prioridade em operações tal como soma e subtração--

lol mas eu gosto de por parentesis, mesmo q n seja necessario... assim fico com a certeza d k ta cert heh :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Então não estou a perceber, a multiplicação é sempre prioritária ou não é?

Da maneira que tinha o mogers o 2 ia multiplicar pela altura antes da divisão. Ou não é essa a sequência? Posso estar enganado... :)

A divisão e a multiplicação têm prioridade sobre a soma e a subtracção. No entanto, nenhuma das duas têm prioridade em relação à outra, 1/2*3 = (1/2)*3 e não 1/(2*3)  :)
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

resultado <-- ((base_maior + base_menor)/2)*altura;

como já disseram aqui, os () que colocaste são redundantes (não fazem nada).. já cometi esse erro também :)

como eu tinha, ao resultado da divisao por 2, é multiplicada a altura. eu era para por os () , porque se percebe melhor... mas não pus :)

Ainda na semana passada eu tava a falar com um prof acerca de Prolog (que tou a aprender agora..) sobre colocar uns () para perceber melhor porque ainda não estou à vontade com a linguagem. E ele riu-se para mim: "a primeira coisa que o interpretador vai fazer é tirar esses parentessis"    :-[

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ainda na semana passada eu tava a falar com um prof acerca de Prolog (que tou a aprender agora..) sobre colocar uns () para perceber melhor porque ainda não estou à vontade com a linguagem. E ele riu-se para mim: "a primeira coisa que o interpretador vai fazer é tirar esses parentessis"    :-[

É verdade, o interpretador/compilador irá dar uns passos a mais para nada, indo parar ao mesmo estado que se não tivesse os parêntesis. Mas eu não me importo, prefiro que o parsing demore um pouco mais e ter o código mais legível.

Mas nesta situação também não usaria os parêntesis, acho que atrapalharia mais do que ajudava. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora