• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Kratos

[Python] Tratanto Arquivos Binários com Python

2 mensagens neste tópico

Olá amigos,

Ja havia postado este tutorial, mas,  por motivos obcuros eu estou postando-o novamentei  :biggrin: hehe:

Arquivos Binários

Este tutorial fala sobre o ponto básico para se iniciar a manipulação de arquivos binários com Python.

É bem básico, mas espero que gostem:

Arquivos binários em Python

Vamos começar analisando uma estrutura.

import sys #Importa o módulo sys => exit
try:
   arquivo = open("arquivo.exe","rb")
   print "Arquivo aberto!"
   arquivo.close()
   sys.exit(0)
except IOError:
   print "Erro ao abrir o arquivo"
   sys.exit(1)

Antes de tudo, já sabe que o modo rb tenta abrir um arquivo como binário para leitura. Reveja a tabela:

Parâmetro        Ação 

rb                     Abre um arquivo binário especificado para leitura. O arquivo deve existir previamente.

wb                     Abre um arquivo binário especificado para escrita. Caso o arquivo não exista, este será criado, porém , caso exista, seus dados serão sobrescritos.

r+b                    Abre um arquivo binário especificado para leitura e escrita. O arquivo deve existir previamente, podendo ser alterado.

w+b                   Abre um arquivo binário especificado para escrita e leitura. Caso o arquivo não exista será criado, caso exista, seus dados serão sobrescritos.

a+b                  Abre um arquivo binário especificado no modo Append. Caso o arquivo não exista, será criado, caso exista, os dados serão acrescentados após a sua última linha, não sobrescrevendo-o.

Na estrutura acima, utilizamos dois métodos: try e except. O método try, como a sua própria tradução sugere (tentar), tenta executar uma ou mais ações que podem não ser executadas com sucesso. O método except, é utilizado justamente para validar os possíveis erros que impediram as instruções especificadas por try de serem finalizadas com êxito.

Utilizamos IOError para validar erros de entrada/saída, consequentemente, a manipulação de arquivos. Voltando à estrutura, o programa tenta abrir o arquivo, e em caso de erro, é retornada uma mensagem de erro.

Para fecharmos um arquivo, utilizamos: arquivo.close().

Lendo arquivos binários

Abaixo temos um exemplo de como retornar o tamanho de um arquivo:

import sys
try:
   arquivo = open("arquivo.exe","rb")
except IOError:
   print "Erro ao abrir o arquivo"
   sys.exit(1)

arquivo.seek(0,2)
tamanho = arquivo.tell()
print "O tamanho do arquivo e:",tamanho
arquivo.close()
sys.exit(0)

Veja:

arquivo.seek(0,2) => A função arquivo.seek() é utilizada para alterar a posição read/write do código de um arquivo.

A sintaxe da função é: arquivo.seek(bloco,[origem])

bloco => Número de bytes para o qual a posição read/write será alterada a partir da origem.

origem => Define a posição de onde o bloco de bytes será contado.

Embora seja opcional especificar a origem, para esta, temos:

Valor      Posição

0            Início do arquivo

1            Posição atual

2            Final do Arquivo

Portanto, no trecho: arquivo.seek(0,2); estamos alterando a posição read/write exatamente para o final do arquivo. E como já sabemos, a última posição de leitura/escrita em um arquivo, indica o tamanho do arquivo em bytes.

tamanho = arquivo.tell() => Atribuimos à variável tamanho, o valor de retorno da função arquivo.tell() que retorna a posição atual de leitura/escrita no arquivo.

Considere o código:

# Exemplo: Lendo um arquivo inteiro.

import sys
try:
   arquivo = open("arquivo.exe","rb")
except IOError:
   print "Erro ao abrir o arquivo"
   sys.exit(1)

arquivo.seek(0,2)
tamanho = arquivo.tell()
arquivo.seek(0)
buffer = arquivo.read(tamanho)
arquivo.close()
sys.exit(0)

Analisando:

arquivo.seek(0) => Retorna a posição read/write ao início, para podermos ler o arquivo desde o início.

buffer = arquivo.read(tamanho) => Amarzena em um buffer todo o conteúdo do arquivo.

A sintaxe da função é: buffer arquivo.read(tamanho)

buffer => Buffer no qual o conteúdo será lido.

tamanho => Tamanho em bytes do bloco a ser lido.

Considere agora o código que lê o arquivo por partes:

#Exemplo: lendo um arquivo por partes

import sys
try:
   arquivo = open("arquivo.exe","rb")
except IOError:
   print "Erro ao abrir o arquivo"
   sys.exit(1)

arquivo.seek(0,2)
tamanho = arquivo.tell()
arquivo.seek(0)
chunk = 1024
while arquivo.tell() < tamanho:
   buffer = arquivo.read(chunk)
   print "Posicao:",arquivo.tell()," - Total:",tamanho
arquivo.close()
sys.exit(0)

Destacando:

chunk = 1024 => Atribuimos a uma variável denominada chunk o valor 1024, que representa o número de bytes a serem lidos por vez.

while arquivo.tell() < tamanho: => Enquanto a posição read/write não for a última.

buffer = arquivo.read(chunk) => Lê no arquivo,o tamanho especificado pelo chunk, no caso, 1024 bytes.

print "Posicao:",arquivo.tell()," - Total:",tamanho => Mostra a posição read/write atual do arquivo e o tamanho do arquivo, a cada loop.

Em Python, o tamanho disponível para ser lido (diferença entre posição read/write final e posição read/write atual) é automaticamente calculado.

Escrevendo em arquivos binários

Veremos agora como escrever em arquivos binários:

# Exemplo: escrevendo em um arquivo

import sys
try:
   arquivo = open("arquivo.exe","wb")
except IOError:
   print "Erro ao abrir o arquivo"
   sys.exit(1)

arquivo.write("hi")
arquivo.close()
sys.exit(0)

Explicando:

arquivo = open("arquivo.exe","wb") => Utilizamos o modo wb ao invés de rb;

arquivo.write("hi") => A função arquivo.write() é a função inversa à arquivo.read(). Enquanto a última ler dados, arquivo.write() escreve.

Sintaxe: arquivo.write(buffer)

buffer => Buffer que contém os dados a serem escritos.

Considere o código que lê um arquivo por inteiro em seguida escreve um arquivo com os dados lidos:

# Exemplo: lendo e escrevendo em um arquivo inteiro;

import sys
try:
   arquivo = open("arquivo.exe","rb")
   destino = open("copia.exe","wb")
except IOError: #Erro ao abrir algum dos arquivos
   print "Erro ao abrir o arquivo"
   sys.exit(1)
arquivo.seek(0,2)

tamanho = arquivo.tell()
arquivo.seek(0)
buffer = arquivo.read(tamanho)
destino.write(buffer)
arquivo.close()
destino.close()
sys.exit(0)

Pontos em destaque:

arquivo = open("arquivo.exe","rb") => Abre o arquivo de origem para leitura.

destino = open("copia.exe","wb") => Abre o arquivo de destino para escrita.

buffer = arquivo.read(tamanho) => Lê o conteúdo do arquivo de origem.

destino.write(buffer) => Escreve no arquivo de destino o conteúdo lido.

arquivo.close()

destino.close()

Fecha os arquivos.

Abaixo, segue o código que como realizar tal processo, porém lendo e escrevendo um arquivo por partes.

# Exemplo: lendo e escrevendo em um arquivo inteiro;

import sys
try:
   arquivo = open("arquivo.exe","rb")
   destino = open("copia.exe","wb")
except IOError:
   print "Erro ao abrir o arquivo"
   sys.exit(1)

arquivo.seek(0,2)
tamanho = arquivo.tell()
arquivo.seek(0)
chunk = 1024
while arquivo.tell() < tamanho:
   buffer = arquivo.read(chunk)
   destino.write(buffer)
arquivo.close()
destino.close()
sys.exit(0)

Acima notamos que a cada loop o programa tenta ler 1024 bytes do arquivo ou então lê a quantidade total disponível, em seguida, escreve esses bytes no arquivo de destino.

Chegamos no fim do nosso tutorial que é bem simples.

t+

Kratos  :ipool:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora