• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Hipnoted

MySQL vai fechar o código fonte

26 mensagens neste tópico

A equipa do MySQL anunciou silenciosamente que não irá continuar a distribuir o código fonte do MySQL Enterprise Server num ficheiro tarball. Já lá vai um ano desde que o projecto se dividiu em versões pagas e gratuitas do projecto de base de dados. O Enterprise Server continua sujeito à GNU GPL, mas parece que a equipa quer tornar mais complicado para os utilizadores acederem ao código fonte.

Fonte

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A equipa do MySQL anunciou silenciosamente que não irá continuar a distribuir o código fonte do MySQL Enterprise Server num ficheiro tarball. Já lá vai um ano desde que o projecto se dividiu em versões pagas e gratuitas do projecto de base de dados. O Enterprise Server continua sujeito à GNU GPL, mas parece que a equipa quer tornar mais complicado para os utilizadores acederem ao código fonte.

Fonte

fogo ;) , acho isto tao mal, então: deviamos caminhar todos para o opensource, a partilha de conhecimentos... e depois é isto... :) o dinheiro e a ganância a funcionarem....

enfim

PS: post 500 :)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não é a ganancia, simplesmente eles também têm despesas e têm de arranjar dinheiro para elas. O MySQL "normal" vai continuar a ser opensourse.

E, vai continuar a ser freeware.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não é a ganancia, simplesmente eles também têm despesas e têm de arranjar dinheiro para elas. O MySQL "normal" vai continuar a ser opensourse.

E, vai continuar a ser freeware.

bah, nem sei como o MySQL ainda é tão utilizado (também falo por mim), com o SQLite aí :P ..

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não é a ganancia, simplesmente eles também têm despesas e têm de arranjar dinheiro para elas. O MySQL "normal" vai continuar a ser opensourse.

E, vai continuar a ser freeware.

bah, nem sei como o MySQL ainda é tão utilizado (também falo por mim), com o SQLite aí :P ..

SQLite é muito bom mas não é para sites ou aplicações que necessitem de alta performance e com loads elevados. Eu uso o SQLite em todos os meus projectos de PHP que envolvam bases de dados, até já vem integrado no PHP 5, não preciso de instalar nada. :P

Um verdadeiro substituto ao MySQL talvez seja o PostgreSQL.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não é a ganancia, simplesmente eles também têm despesas e têm de arranjar dinheiro para elas. O MySQL "normal" vai continuar a ser opensourse.

E, vai continuar a ser freeware.

bah, nem sei como o MySQL ainda é tão utilizado (também falo por mim), com o SQLite aí :P ..

SQLite é muito bom mas não é para sites ou aplicações que necessitem de alta performance e com loads elevados. Eu uso o SQLite em todos os meus projectos de PHP que envolvam bases de dados, até já vem integrado no PHP 5, não preciso de instalar nada. :P

Um verdadeiro substituto ao MySQL talvez seja o PostgreSQL.

Belo que li, aqui no forum inclusive, é mais leve e rápido que o MySQL.
0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Belo que li, aqui no forum inclusive, é mais leve e rápido que o MySQL.

Sim, é muito leve, tem cerca de ~200kB, mas como já disse não é o indicado para aplicações que necessitem de grande performance.

Por exemplo, para um site pessoal, ou uma aplicação de gestão de música, na minha opinião é o indicado. Para um site muito visitado e com acesso constante a base de dados, ou um MMORPG, já não é o indicado.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Já que falas de outras opções, tens o PostgreeSQL.

PostgreSQL


cada vez mais acho que o MySQL e o PostgreSQL ainda estão muito distantes do SQLServer ou do Oracle, e tendo em conta que estes possuem versões gratuitas (embora com limitações), acho que podem ser uma opção bastante viável.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Com o sem despesas a pagar, e notem que não são o únicos com despesas, acho que a equipa nunca foi muito open source...

São open source quando lhes  dá jeito mas quando precisam de dinheiro viram as costas.

Dificultar o acessa a código fonte de software open source, para mim, é um revés... nunca fui muito com esse motor por razões técnicas mas cada vez mais acrescento às técnicas razões de respeito por utilizadores, ou neste caso, falta dele.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Aqui se demonstra mais uma das vantagens do Software Livre.

O que está licenciado sob GPL está para sempre. Se houver real interesse a comunidade faz um fork do que foi até agora licenciado sob GPL, para continuar a desenvolver essa "edição" do MySQL.

O que está livre agora, continuará sempre livre!

O SQLite não se pode comparar ao MySQL, é um brinquedo... Já o PostgreSQL, já é actualmente muito mais poderoso que o MySQL, e o mesmo se pode dizer do Firebird.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Isso é verdade, mas sinceramente, não estou a ver a "comunidade" a pegar nisso. Pelo que conheço da comunidade, quem tem conhecimentos para fazer o motor avançar seriam as várias empresas que usam o sistema, e essas já pagam o MySQL, não vão deixar de o pagar.

Espero estar enganado, mas não vejo a comunidade ser capaz de fazer mais que manter e corrigir alguns bugs da versão actual, ou da que está no repositório. Mas de certo estou errado, pelo menos espero estar.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Epa não tinha visto isto.

O mysql é dos software open source mais usados por aí. É um menos esta noticia.

Rui, eu acho o contrario, o postgresql e o mysql na minha opiniao, cada vez mais se aproximam do oracle e do sqlserver. O postgresql há muito que é rico em features, bem documentado e tem uma performance boa. O  mysql na versão 5 deu um cheirinho daquilo que vais ser. Em termos de performance, para sites médios dá um baile aos restantes, mas não tinha muitas funcionalidades/utilidades, mas isso está a mudar rapidamente. Na versão 5 vieram os triggers, subqueries, transacções, e outras coisas.... plsql e afins deviam estar mesmo por aí a rebentar.

O sqlite é das coisas mais cool que existe, claro que nao tira o lugar a nenhum desses pela simples razão que não tem uma camada de rede e armazena os dados num só ficheiro, o que so é viável para bases de dados de dimensao pequena.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Isso é verdade, mas sinceramente, não estou a ver a "comunidade" a pegar nisso. Pelo que conheço da comunidade, quem tem conhecimentos para fazer o motor avançar seriam as várias empresas que usam o sistema, e essas já pagam o MySQL, não vão deixar de o pagar.

Espero estar enganado, mas não vejo a comunidade ser capaz de fazer mais que manter e corrigir alguns bugs da versão actual, ou da que está no repositório. Mas de certo estou errado, pelo menos espero estar.

Estás enganado! A maior parte das empresas não pagam pelo MySQL, a maior parte das empresas usa a versão que é licenciada como Software Livre. Também há sempre empresas interessadsa em modificar o código fonte de aplicações criticas que usam, e se o MySQL for critico para alguma delas elas vão fazer. Para além disso as distribuições de GNU/Linux também podem pegar nisso, não era a primeira vez que por exemplo a Red Hat faria uma coisa dessas.

Há capacidade fora das empresas (freelancers, universidades, etc...) e ao contrário do que se pensa as empresas interessam-se pelo Software Livre como sistema de licenciamento de software e não apenas no mérito técnico do software.

O SQLite é giro para ter pequenas aplicações que utilizamos no nosso computadore, mas não escala. Não é de de forma nenhuma substituto para o MySQL.

Para além disso o desenvolvimento do MySQL como Sofware Livre vai continuar. Creio que maior parte das pessoas não vai notar nenhuma diferença.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Rui, eu acho o contrario, o postgresql e o mysql na minha opiniao, cada vez mais se aproximam do oracle e do sqlserver. O postgresql há muito que é rico em features, bem documentado e tem uma performance boa. O  mysql na versão 5 deu um cheirinho daquilo que vais ser. Em termos de performance, para sites médios dá um baile aos restantes, mas não tinha muitas funcionalidades/utilidades, mas isso está a mudar rapidamente. Na versão 5 vieram os triggers, subqueries, transacções, e outras coisas.... plsql e afins deviam estar mesmo por aí a rebentar.

em termos de usabilidade, não vi diferenças entre o MySQL 4.x e o 5.x. no caso do PostgreSQL (8.2), também deixa muito a desejar...

o único SGBD que usei minimamente a sério foi o SQLServer 2000 (que não é propriamente recente), e nunca tive problemas do tipo não conseguir recuperar backup, não me verificar restrições de integridade, ter problemas com permissões, problemas a editar tipos de dados, problemas com charsets, etc. como me aconteceu com o MySQL e PostgreSQL. em Oracle, no pouco tempo que usei, apesar de não ser tão fácil de usar como o MSSQL Server, também nunca tive problemas. por isso tenho algumas dúvidas sobre a aproximação dos motor gratuitos ao MSSQL Server e Oracle.

em termos de funcionalidades como triggers, transacções, etc. talvez se esteja a aproximar, mas enquanto não tiver coisas essenciais, como um sistema de backups, que funcionem sem problemas, vou sempre pensar duas vezes antes de o escolher.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

És o único que vi queixar-se de problemas de back-ups, quanto a problemas como encodings, só quem não estudou minimamente a aplicação e a sua documentação é que tem esse dificuldades com isso,

Se o MySQL não fosse facilmente utilizavel, não seria o SGDB mais usado na Internet.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

se o Oracle, DB2 e SQLServer não fossem claramente superiores aos restantes, não estou a ver por que é que as empresas haviam de pagar milhares de € pelas licenças... por que será que são os SGBDs mais usados?

pelo contrário, o MySQL é principalmente usado na internet, sobretudo em sites "amadores".

e não sou só eu que me queixo de problemas no MySQL (nos casos dos PostgreSQL não conheço muita gente que o tenha usado).

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

As razões da escolha do software nem sempre têm a ver com a qualidade tecnica do mesmo.... Há outras razões (que não as técnicas de informática) que estão envolvidas no processo de escolha, por vezes são acertadas outras vezes nem por isso.

Sim há muita gente que usa o MySQL sem o estudar e sem ler a documentação. O mesmo se pode dizer em relação a outros softwares, por isso é normal que tenham alguns problemas por não conhecerem suficientemente bem a plataforma.

O MySQL é utilizado por muitos amadores, mas também por muitos profissionais. Conheço casos de empresas que utilizam o MySQL para missões criticas e nenhuma delas se queixou de qualquer problema.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

se tens um botão que te diz que efectua a acção X, tu usas esse botão e ele não faz o que devia, tu vais-me dizer que isso não é um defeito, pois na documentação diz para fazer a acção XPTO?

no caso do MySQL, os backups foram feitos com o PHPMyAdmin, por isso o problema poderia ser daí e não do MySQL (duvido, até porque colegas meus que não usavam o PHPMyAdmin também se queixaram). mas também já tive (ou melhor, tenho) problemas semelhantes com o pg_dump do PostgreSQL.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Botões no MySQL? Ou era um exemplo abstracto?

era um exemplo abstracto (até porque estava a falar de um qualquer software).

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Rui, em termos de usabilidade não viste diferenças entre o MySQL 4 e o 5 !?!?!?

Se usas o mysql como utilizador final... aí podes não ter notado diferença pois o software que usas ou não actualizou ou fez uma migração tão suave que não se notou.

Para o utilizador-desenvolvedor as diferenças de usabilidade não são grandes, são enormes:

-Subqueries

-transacções

-triggers e procedimentos

-ajustes de algumas incongruencias ou desobediencias no SQL usado,  assim que me lembre o case-insensitive foi adoptado em situações onde o devia ser mas não o era

Basicamente foi uma das maiores mudanças no desenvolvimento do MySQL, até andou aí pela internet uma histeria generalizada pois o MySQL estava a deixar de ser o 'básico-mas-rápido' para se tornar no 'rápido-e-nao-tao-basico'.

Mas atenção... cada coisa a seu tempo, continua um SGBD com limitações, isso temos que admitir. As novidades que falei só agora foram implementadas e precisam de muito desenvolvimento para ficarem mais completas.

Isto é curiosidade minha: de que funcionalidades de backup falas? o MySQL vem com o mysqldump que pode ser usado de 1001 formas. Podes sempre trancar a BD e copiar os ficheiros. Isto são coisas um pouco simplistas, mas tambem não estou a ver que mais se possa querer numa funcionalidade de backup... pode haver, eu é que nao me estou a lembrar de nada.

O problema dos charsets é sempre o mesmo: o pessoal não se preocupa com eles, depois guarda bases de dados com charset X num ficheiro com charset Y e injecta-o ainda numa outra bd com charset Z. Não é nenhum defeito nem nenhum problema, é uma falta de cuidado por "nossa" parte. Quem trabalha com backups todos os dias não tem qq problema com isso.

Atenção ainda a outro boato que anda por aí... o MySQL é usado por grandes empresas e em bases de dados grandes e sérias. Não é usado por bancos e afins ( basicamente é a isso que te referes penso eu ) por razões simples:

-é limitado, nomeadamente não suportava transacções

-não tem muito suporte em muitos países

Mas como disse o falco há grandes empresas a desenvolver software bem avançado e com muitas exigencias que usam MySQL, serão mais na área das tecnologias de internet é certo, mas não as podemos menosprezar... afinal de contas o homem mais rico do mundo, o bill gaitas, não é banqueiro, é mesmo um 'informático'.

Moral da história, é um SGBD que tem um 'mercado' que não é bem o mesmo que o oracle, sqlserver, db2, etc.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Para o utilizador-desenvolvedor as diferenças de usabilidade não são grandes, são enormes:

-Subqueries

-transacções

-triggers e procedimentos

-ajustes de algumas incongruencias ou desobediencias no SQL usado,  assim que me lembre o case-insensitive foi adoptado em situações onde o devia ser mas não o era

Isto não é, nunca foi, e dificilmente alguma vez será usabilidade :)

De resto, não vale a pena, ainda, comparar com Oracle e afins, são destinos diferentes, ou pelo menos, têm até ao momento utilizações diferentes.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Para o utilizador-desenvolvedor as diferenças de usabilidade não são grandes, são enormes:

-Subqueries

-transacções

-triggers e procedimentos

-ajustes de algumas incongruencias ou desobediencias no SQL usado,  assim que me lembre o case-insensitive foi adoptado em situações onde o devia ser mas não o era

Isto não é, nunca foi, e dificilmente alguma vez será usabilidade :)

De resto, não vale a pena, ainda, comparar com Oracle e afins, são destinos diferentes, ou pelo menos, têm até ao momento utilizações diferentes.

??? não? lembra-te que um SGBD não é um produto para o cliente final mas sim para a entidade desenvolvedora.

Mas ok, o que é mau em termos de usabilidade no MySQL?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Usabilidade é o que usa para medir a facilidade de utilização de determinada ferramenta ou sistema.

Tendo isto em conta, o que poderá estar mal em termos de usabilidade np MySQL seriam as várias interfaces, sejam gráficas sejam em linha de comandos. Usabilidade é diferente de funcionalidade.

Algumas ferramentas que acompanham o MySQL possuem problemas de usabilidade, mas medir a usabilidade de um SGBD, do motor em si, é complicado, quer porque não existe interacção homem/máquina suficiente, quer porque não se usa o motor directamente mas sempre através de um qualquer frontend, e esse sim pode ter problemas de usabilidade.

O meu comentário foi contra o uso do termo, que neste tópico foi usado erradamente :)

Essas funcionalidades que referiste realmente são uma mudança bastante boa, mas ainda não chega :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora