• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

Ridelight

Acção judicial contra o YouTube ganha mais adeptos

3 mensagens neste tópico

A batalha judicial contra a disponibilização de vídeos com direitos de autor no YouTube foi reforçada com a entrada em campo de mais oito empresas, associações e indivíduos, que se juntaram à Primeira Liga inglesa de futebol e à editora discográfica Bourne Co.

De acordo com um comunicado da Primeira Liga inglesa, juntam-se ao processo iniciado em Maio a maior associação norte-americana de editores discográficos, a NMPA; a editora X-Ray Dog Music; as promotoras de combates de boxe Secondsout e Seminole Warrioes Boxing; a Liga de Futebol da Finlândia; e a Liga de Râguebi inglesa.

A título individual, envolveram-se também Robert Tur, o repórter de imagem a quem se atribui a autoria da primeira filmagem de helicóptero de uma perseguição policial; e Daniel Quinn, autor do livro "Ishmael" (1992), que viu os seus livros disponibilizados em formato áudio no YouTube.

"Estamos muito contentes por ver pessoas cujos direitos de autor não estão a ser respeitados juntarem-se à nossa acção. A mensagem por trás da expansão do YouTube é simples: trata-se de um negócio insensível e oportunista, contrário ao direito, à lei e que deve ser travado", declarou Dan Johnson, porta-voz da Primeira Liga inglesa.

Em causa estão os interesses de empresas e associações que desde Maio se têm juntado à causa por verem os seus conteúdos disponibilizados no YouTube sem autorização prévia.

"Esta acção pretende um tribunal proíba o YouTube de usar materiais protegidos sem autorização e sem nenhum tipo de compensação para os detentores dos direitos e que imponha a adopção de tecnologias que previnam a exploração de conteúdos não autorizados", lê-se no comunicado.

Contactado por mail pelo PUBLICO.PT, o gabinete de imprensa da Google (proprietária do YouTube e do Google Video, outro site de partilha de vídeos online) remeteu quaisquer declarações para o comunicado emitido em Maio, aquando do anúncio da acção judicial pela Primeira Liga inglesa e pela Bourne Co.

Nesse documento, a Google afirmava não compreender o motivo da acção contra o YouTube. "A maior parte dos autores dos conteúdos que temos no nosso site percebem que respeitamos os seus direitos de autor. Trabalhamos todos os dias para ajudá-los a gerir esses conteúdos e se desenvolvemos ferramentas cada vez mais avançadas é para que essa gestão seja ainda melhor", afirmou a empresa.

"Estas acusações não fazem uma leitura correcta da Lei Digital Millennium Copyright [lei norte-americana que pune a utilização de tecnologia, serviços e dispositivos que permitam o uso abusivo de conteúdos com direitos de autor]. Esta lei equilibra os interesses dos direitos dos autores e a necessidade de proteger as comunicações e conteúdos online", disse na altura um porta-voz da Google.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Hmmm, mesmo que fechassem o youtube, iam fechar todos os outros sites de filmes também?  (isso seria um ciclo indeterminável, seriam mais criados que os fechados)

Serei só eu a pensar assim??

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Não penso que o youtube venha a fechar, que venham a apertar as formas de proteger os direitos de autor acho que é bem provável, no entanto tudo vai depender do que o google considerar como aceitável e rentável, podem muito bem fechar o serviço.

Quanto a outros sites, já não era o primeiro que via a fechar ou a remover parte do seu conteúdo só para não terem de ser sujeitos a um processo legal extremamente caro. O caso do animemusicvideos.org, por exemplo, em que retiraram várias centenas de clips feitos por fans mas que usavam músicas de bandas conhecidas. Tiveram de retirar todos os videos dessas bandas e criar um sistema que filtre videos com as mesmas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora