• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

joaoqalves

Harry Potter gera universo paralelo na Internet

32 mensagens neste tópico

Os livros de Harry Potter não tornaram apenas famosa a sua autora, J.K. Rowling. O nome do pequeno mágico transforma em sucesso os sítios onde aparece na Internet, onde criou um universo paralelo.

De acordo com a agência Reuters, são milhões os seguidores da série literária juvenil mais mediática de todos os tempos que se transformou também num sucesso do cinema. Alguns deles acabaram por se transformarem em actores influentes da chamada «Pottermania», como é o caso de Emerson Spartz, cujo sítio recebe 40 milhões de visitas por mês.

A Reuters conta que Spartz abriu o www.mugglenet.com com apenas 12 anos. Hoje, este jovem universitário, de 20 anos, que vive nos EUA, é uma personalidade popular entre os fãs das personagens de Rowling.

«Passei o Verão inteiro na estrada a dar milhares de autógrafos, uma coisa totalmente inédita para um miúdo viciado em computadores que criou uma página na Internet», afirmou, citado pela Reuters.

Nos últimos tempos, à medida que se aproxima o dia 21 de Julho, a data do lançamento do sétimo e último livro da série - Harry Potter and the Deathly Hallows ¿, a agitação entre esta espécie de movimento cresce. E a Internet desempenha um espaço fundamental para manter a curiosidade acesa, de forma especial nos momentos «mortos», entre a publicação dos livros e a saída dos filmes.

A responsável por outro dos influentes sítios na rede, o www.the-leaky-cauldron.org, sublinha este aspecto. «Às vezes passam anos entre os filmes ou os livros e, com esta interacção, a agitação nunca acaba. Mantemos a coisa animada nos intervalos», disse Melissa Anelli à Reuters.

O sítio da autora de Harry Potter é também a prova do papel da Internet no seu sucesso. O www.jkrowling.com recebe o número impressionante de sete milhões de visitas diárias.

E assim se ganham milhões  :eek: :cheesygrin:

(post 250  :()

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Principalmente porque há noticias destas com links.

Não confundam o poder das bases que suportam estes fenómenos com o merito dos mesmos.

Por mim sou bastante ceptico. Bastava a jkrowling ter assinado por uma editora com menos capacidade de penetração aqui há uns anos e nem sequer nós sabiamos o que era o harry potter.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Por mim sou bastante ceptico. Bastava a jkrowling ter assinado por uma editora com menos capacidade de penetração aqui há uns anos e nem sequer nós sabiamos o que era o harry potter.

tendo em conta a qualidade de outros livros (que se calhar nem deviam ser chamados de tal) lançados nos últimos tempo e o sucesso que fazem, os do HP até não devem estar muito mal (nunca li nenhum por isso não posso falar muito).

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu tambem nunca li nenhum, e não me estou a ver a faze-lo. Aquilo que a critica diz é que são mesmo maus.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Olá!

Vi há uns tempos, numa reportagem da sic, que a escritora dos livros do Harry Potter, começou a escrever o 1º livro do Harry Potter quando estava a morar na cidade do Porto, à beira da Baixa.

Pode-se dizer que em Portugal "nascem" grandes ideias!

:(

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

<spam>

Olá!

Vi há uns tempos, numa reportagem da sic, que a escritora dos livros do Harry Potter, começou a escrever o 1º livro do Harry Potter quando estava a morar na cidade do Porto, à beira da Baixa.

Pode-se dizer que em Portugal "nascem" grandes ideias!

:(

é... se o Einstein tivesse nascido em Portugal , em Portugal nascem grandes génios LOOL.. há com cada uma :D

mas pronto....

</spam>

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

lol, a escritora já viveu em portugal e fala portugues fluentemente, já foi casada com um portugues.

Mas ya... é o tipico... ah e tal.. foi em portugal que... essas curiosidades temo-las todas... agora meritos e dividendoes reais... que é deles?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Tambem há que ver que em Potugal nasceram já realmente grandes ideias, A via Verde Por exemplo.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Tambem há que ver que em Potugal nasceram já realmente grandes ideias, A via Verde Por exemplo.

Sim, para mim das melhores ivenções portuguesas, é utilizada agora em todo o mundo ( ? ) :(:D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu gosto dos livros do Harry Potter, e agora que sou mais crescidinho e já li tantas outras coisas, de tantos e variados escritores, devo dizer que não é o tipo de escrita que faz o livro, porque em comparação com um Senhor dos Aneis (para manter isto no domínio da fantasia) a JKRowling não tem nem de perto, nem de longe a capacidade de escrita do Tolkien.

O que marca a diferença é a história em si. É de tal forma rica que nos agarra de tal forma que poucos são aqueles que lêem e não gostam :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Exactamente o que O Quickfire disse. O que agarra é o mundo que ela criou que está de facto engraçado e cativante.

Quanto à JKRowling ter vivido cá, pelo que já li, o tuga casado com ela deu-lhe com os pés :P Agora deve-se estar a lamentar :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu gosto dos livros do Harry Potter, e agora que sou mais crescidinho e já li tantas outras coisas, de tantos e variados escritores, devo dizer que não é o tipo de escrita que faz o livro, porque em comparação com um Senhor dos Aneis (para manter isto no domínio da fantasia) a JKRowling não tem nem de perto, nem de longe a capacidade de escrita do Tolkien.

O que marca a diferença é a história em si. É de tal forma rica que nos agarra de tal forma que poucos são aqueles que lêem e não gostam :P

Pois, mas existe um problema nesse argumento, é que se o Tolkien tivesse escrito os seus livros nesta geração. ninguém os tinha lido, o mesmo acontece com qualquer outro clássico de qualquer outro estilo de literatura. Actualmente a geração abaixo dos 30 não tem a determinação necessária para ler um texto rico e extenso. Infelizmente a escrita que agarre o leitor, mas que não necessite de demasiado esforço é o que vende.

Concordo no entanto que claramente a escrita de JKRowling não se compara a do Tolkien, mas é essa diferença que permite que tenha sucesso, e como é óbvio a capacidade de marketing por detrás de um produto, como disse o pedrotuga.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu gosto dos livros do Harry Potter, e agora que sou mais crescidinho e já li tantas outras coisas, de tantos e variados escritores, devo dizer que não é o tipo de escrita que faz o livro, porque em comparação com um Senhor dos Aneis (para manter isto no domínio da fantasia) a JKRowling não tem nem de perto, nem de longe a capacidade de escrita do Tolkien.

O que marca a diferença é a história em si. É de tal forma rica que nos agarra de tal forma que poucos são aqueles que lêem e não gostam :P

Pois, mas existe um problema nesse argumento, é que se o Tolkien tivesse escrito os seus livros nesta geração. ninguém os tinha lido, o mesmo acontece com qualquer outro clássico de qualquer outro estilo de literatura. Actualmente a geração abaixo dos 30 não tem a determinação necessária para ler um texto rico e extenso. Infelizmente a escrita que agarre o leitor, mas que não necessite de demasiado esforço é o que vende.

Concordo no entanto que claramente a escrita de JKRowling não se compara a do Tolkien, mas é essa diferença que permite que tenha sucesso, e como é óbvio a capacidade de marketing por detrás de um produto, como disse o pedrotuga.

Incluís os livros de Tolkien nesses de texto rico e extenso? Estou a metade da idade que disses-te e já li a triologia do Senhor dos Aneis e o Hobbit.

Nunca generalizes as coisas sem fortes bases.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu gosto dos livros do Harry Potter, e agora que sou mais crescidinho e já li tantas outras coisas, de tantos e variados escritores, devo dizer que não é o tipo de escrita que faz o livro, porque em comparação com um Senhor dos Aneis (para manter isto no domínio da fantasia) a JKRowling não tem nem de perto, nem de longe a capacidade de escrita do Tolkien.

O que marca a diferença é a história em si. É de tal forma rica que nos agarra de tal forma que poucos são aqueles que lêem e não gostam :D

Pois, mas existe um problema nesse argumento, é que se o Tolkien tivesse escrito os seus livros nesta geração. ninguém os tinha lido, o mesmo acontece com qualquer outro clássico de qualquer outro estilo de literatura. Actualmente a geração abaixo dos 30 não tem a determinação necessária para ler um texto rico e extenso. Infelizmente a escrita que agarre o leitor, mas que não necessite de demasiado esforço é o que vende.

Concordo no entanto que claramente a escrita de JKRowling não se compara a do Tolkien, mas é essa diferença que permite que tenha sucesso, e como é óbvio a capacidade de marketing por detrás de um produto, como disse o pedrotuga.

Incluís os livros de Tolkien nesses de texto rico e extenso? Estou a metade da idade que disses-te e já li a triologia do Senhor dos Aneis e o Hobbit.

Nunca generalizes as coisas sem fortes bases.

Tu e eu já lemos Tolkien e gostámos, mas se fores aí perguntares pelo "Senhor do Anéis", todos te dizem "ya, vi o filme. está excelente" e tu dizes "então e o livro, já o leste?" e eles "achas? 500 pags? dass, 'te f*der."...

:P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem verdade :P

Começam a ser raras as pessoas da minha geração e anteriores com o gosto da leitura...

Eu pessoalmente não gosto de andar sem livro nenhum "atrás". Nestas alturas de verão só leio à tardinha à espera de ir para a praia, mas no tempo de escola é sempre à noitinha ;)

De qualquer forma, quanto ao Tolkien vender ou não é muito relativo... O facto de ser um livro de fantasia já limita o número de pessoas que poderão comprar o livro, mas diga-se que se tivesse a publicidade necessária o livro venderia de certeza :D Contudo gosto de pensar que um bom livro vende sempre e é intemporal. O Senhor dos Anéis já provou que pode ser intemporal por ter passado por algumas gerações. Vamos ver como se safa o Harry Potter se safa :)

Abraços

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu ler é raro, mas quando leio, é mesmo empinanço. Li o Código Da Vinci em 5 dias, o Anjos e Demónios em 3 meses quase (tava em aulas e não tinha pachorra), o A Conspiração em 3 noites, a Fortaleza Digital em 1 semana. Isto do Dan Brown. Da JK Rowling ou lá como ela se chama do Harry Potter, 2ª e 3ª livro foram em +/- 2 dias, o 4º e 5º 3 e o 6º ainda não tive pachorra de o ler. O único que li do Tolkien (O Senhor dos anéis - A irmandade do anel) demorei 5 noites e foi dos que mais gostei destes que referi. O que mais me agarrou enquanto lia foi o Anjos e Demónios (cheguei a ler o livro 8 horas sem parar).

Ou seja, ler é raro, mas quando leio, leio mesmo para valer. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem, já li praticamente todos os livros do Tolkien publicados em português (estou a acabar de ler o Filhos de Húrin) e não concordo com o que disseste e sim, a maior parte das pessoas não lê os livros porque acha que são muito grandes e não têm o gosto pela leitura. Eu felizmente tive o prazer de ler a trilogia antes de sairem os filmes. :biggrin:

Também já li todos os Harry Potter em português, e os primeiros quatro em inglês. Quero ver se acabo os outros dois, para ler o sétimo livro que está prestes a sair. :D

Por isso penso que essa teoria não é muito correcta, ainda há quem desenvolva o gosto pela leitura. :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem, já li praticamente todos os livros do Tolkien publicados em português (estou a acabar de ler o Filhos de Húrin) e não concordo com o que disseste e sim, a maior parte das pessoas não lê os livros porque acha que são muito grandes e não têm o gosto pela leitura. Eu felizmente tive o prazer de ler a trilogia antes de sairem os filmes. :biggrin:

Também já li todos os Harry Potter em português, e os primeiros quatro em inglês. Quero ver se acabo os outros dois, para ler o sétimo livro que está prestes a sair. :D

Por isso penso que essa teoria não é muito correcta, ainda há quem desenvolva o gosto pela leitura. :P

Eu não disse que ler era uma coisa extinta, disse que era raro (em comparação com a geração dos nossos pais por exemplo)

Claro que conheço gente que adora ler, e também os que só leram livros para a escola (e mesmo assim provavelmente nem os acabaram). Em comparação talvez à 30 anos atrás, quase todas as pessoas liam livros regularmente...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem, já li praticamente todos os livros do Tolkien publicados em português (estou a acabar de ler o Filhos de Húrin) e não concordo com o que disseste e sim, a maior parte das pessoas não lê os livros porque acha que são muito grandes e não têm o gosto pela leitura. Eu felizmente tive o prazer de ler a trilogia antes de sairem os filmes. :biggrin:

Também já li todos os Harry Potter em português, e os primeiros quatro em inglês. Quero ver se acabo os outros dois, para ler o sétimo livro que está prestes a sair. :D

Por isso penso que essa teoria não é muito correcta, ainda há quem desenvolva o gosto pela leitura. :P

Eu não disse que ler era uma coisa extinta, disse que era raro (em comparação com a geração dos nossos pais por exemplo)

Claro que conheço gente que adora ler, e também os que só leram livros para a escola (e mesmo assim provavelmente nem os acabaram). Em comparação talvez à 30 anos atrás, quase todas as pessoas liam livros regularmente...

Era isso que eu originalmente estava a dizer. Eu não disse que já não se lia livros. O que disse foi que livros como "sumo" como os do Tolkien não têm nem metade do mercado que tinham à uns anos atrás.

Eu também já li quase todos os do Tolkien e adorei, mas se eu perguntar a todas as pessoas que conheço quem leu, este ou outro "clássico" qualquer, não devo ter mais de 10% de respostas afirmativas, e eu estou na faixa dos 28 anos.

Um facto é que por mais marketing que exista um livro para ser vendável tem de ser "pequeno" e de fácil leitura, isto é, não obrigar o leitor a um esforço grande.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bem, já li praticamente todos os livros do Tolkien publicados em português (estou a acabar de ler o Filhos de Húrin) e não concordo com o que disseste e sim, a maior parte das pessoas não lê os livros porque acha que são muito grandes e não têm o gosto pela leitura. Eu felizmente tive o prazer de ler a trilogia antes de sairem os filmes. :biggrin:

Também já li todos os Harry Potter em português, e os primeiros quatro em inglês. Quero ver se acabo os outros dois, para ler o sétimo livro que está prestes a sair. :D

Por isso penso que essa teoria não é muito correcta, ainda há quem desenvolva o gosto pela leitura. :P

Eu não disse que ler era uma coisa extinta, disse que era raro (em comparação com a geração dos nossos pais por exemplo)

Claro que conheço gente que adora ler, e também os que só leram livros para a escola (e mesmo assim provavelmente nem os acabaram). Em comparação talvez à 30 anos atrás, quase todas as pessoas liam livros regularmente...

Há 30 anos atrás realmente talvez houvessem muitos leitores. Há 40 anos atrás não existia um terço dos leitores que existem actualmente no nosso país. E dizer que hoje em dia se lê menos do que há algumas décadas eu acho uma ideia errada.

Simplesmente não se dá tanta atenção aos livros devido à expansão dos mercados digitais, da internet e todas essas possibilidades. Portanto, le-se mais mas dá-se menos importância à leitura de livros, o que é de facto mau.

De qualquer forma, incluo-me no grupo dos leitores muito assíduos aqui do fórum. Gosto sempre de ter um bom livro para ler quando chego à cama à noite.  ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Há 30 anos atrás realmente talvez houvessem muitos leitores. Há 40 anos atrás não existia um terço dos leitores que existem actualmente no nosso país. E dizer que hoje em dia se lê menos do que há algumas décadas eu acho uma ideia errada.

Simplesmente não se dá tanta atenção aos livros devido à expansão dos mercados digitais, da internet e todas essas possibilidades. Portanto, le-se mais mas dá-se menos importância à leitura de livros, o que é de facto mau.

De qualquer forma, incluo-me no grupo dos leitores muito assíduos aqui do fórum. Gosto sempre de ter um bom livro para ler quando chego à cama à noite.  :P

Atenção que eu estava a falar de um mercado global, tendo em conta que estamos a falar de sucessos mundiais. Claro que em Portugal o fenómeno da cultura é bastante recente, por varias razões, entre elas o próprio acesso aos conteúdos.

E eu não disse que se lê menos, eu disse que se lê com menos qualidade. E não, não estou a retirar qualidade aos escritores contemporâneos, simplesmente digo que aqueles de ganham muito dinheiro com a escrita, não podem escrever algo com a complexidade dos "clássicos".

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
O único que li do Tolkien (O Senhor dos anéis - A irmandade do anel) demorei 5 noites e foi dos que mais gostei destes que referi.

Não sabes o que perdeste, really.

A Irmandade do Anel para mim foi a mais seca dos 3, tendo as coisas entrado nos eixos logo a partir do segundo livro, que me prendeu até ao final, mesmo a parte da história depois de terem destruído o anel foi mais interessante que o primeiro livro. Simplesmente achei a parte dos gajos a irem ter com o Tom Bombadil uma grande seca, e acreditem que eu leio bastante. Mas por outro lado adorei o ínicio do primeiro livro, por não ter nada a ver com o filme e explicar tudo muito melhor.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

E eu não disse que se lê menos, eu disse que se lê com menos qualidade. E não, não estou a retirar qualidade aos escritores contemporâneos, simplesmente digo que aqueles de ganham muito dinheiro com a escrita, não podem escrever algo com a complexidade dos "clássicos".

Isso é porque o vosso conceito de qualidade é muito limitado.

Eu já li Tolkien, da mesma forma que já li o Harry Potter, e prefiro o estilo da escrita da JK. Rowling ao de Tolkien. Da mesma forma que prefiro Dan Brown a Eça de Queirós. Simplesmente, a mim interessa-me mais a história, o conteúdo, do que metáforas e anáforas e descrições enormes e muito bonitas, com palavras caras.

Quando leio um livro, fico com a história, não com a maneira como ela foi contada. Tudo bem que uma história complexa me cativa mais do que a Carochinha, mas estilo de escrita e complexidade não estão associados.

Daí que dizer que x é melhor do que y não é fácil.

E sim, já li livros de todos portanto posso dizer qual gosto mais.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

E eu não disse que se lê menos, eu disse que se lê com menos qualidade. E não, não estou a retirar qualidade aos escritores contemporâneos, simplesmente digo que aqueles de ganham muito dinheiro com a escrita, não podem escrever algo com a complexidade dos "clássicos".

Isso é porque o vosso conceito de qualidade é muito limitado.

Eu já li Tolkien, da mesma forma que já li o Harry Potter, e prefiro o estilo da escrita da JK. Rowling ao de Tolkien. Da mesma forma que prefiro Dan Brown a Eça de Queirós. Simplesmente, a mim interessa-me mais a história, o conteúdo, do que metáforas e anáforas e descrições enormes e muito bonitas, com palavras caras.

Quando leio um livro, fico com a história, não com a maneira como ela foi contada. Tudo bem que uma história complexa me cativa mais do que a Carochinha, mas estilo de escrita e complexidade não estão associados.

Daí que dizer que x é melhor do que y não é fácil.

E sim, já li livros de todos portanto posso dizer qual gosto mais.

Tens toda a razão , eu prefiro que o livro tenha um bom argumento a ter muitas figuras de estilo... mas sou eu, pronto, se calhar não percebo nada disto :P , anyway, os livros da JK Rowling penso que são bastante bons :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora