• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

gajo da net

As duvidas de um recem chegado ao fantastico mundo do Web Design

26 mensagens neste tópico

Ola :D

Tenho aqui uma tripla de duvidas (por agora ;)) que deve concerteza balançar em muitas das cabeças de um jovem iniciante em web design.

1 - Para os que estão por conta própria a fazer páginas. Até quanto carcanhol  uma página web vale? Desde á simples html, passando por php, asp e bases de dados até ao modelo em flash?

2 - Os típicos anuncios, google ads, que andam por todo o lado, são suficientes para pagar o alojamento da página? Sei que está depêndente da sua popularidade, mas precisava de uma luzes por entendidos.

3 - Gostaria de perguntar aos possuidores e usuários de servidores próprios, o que um noob interessado precisa de ter em conta caso queira fazer o mesmo para lá colocar os seus sites? Os vários custos, protocolos (?) softwares (freeware rulava), possiveis perigos externos, ou conhecimentos que se recomenda ter?

Um abraço do GAJO

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Começando pelo fim. Servidores próprios não são minimamente fiáveis. São bons para a tua página pessoal, para uns testes, para o desenvolvimento e possível apresentação ao clientes mas não oferecem garantias.

Se realmente pensares num servidor próprio precisas de:

- Ter um IP fixo, que compras no teu ISP, ou usares um serviço de redirecionamento tipo no-ip. Neste último caso o teu endereço será parecido com http://knitter.redirectme.net, ou outro que escolhas, mas estás condicionado aos endereços da empresa que te dá o serviço de DNS dinâmico.

- Ter o pc sempre ligado a correr um servidor web. Neste ponto um servidor a correr Linux com Apache 2, MySQL 5, PHP 5, Perl, Java/JSP, fica apenas pelo preço da máquina já que todo o software é Open Source. Estas tecnologias são apenas exemplo, podes adicionar suporte para Python, ter Ruby, etc.. Podes também correr o Windows XP Profissional com o IIS, não vale a pena instalares o Windows 2003 Server. Embora possa ter PHP, Apache, MySQL, etc., é capaz de te dar mais trabalho.

Se quiseres compar um alojamento, existem imensas opções, cada uma com as suas vantagens e desvantagens. Neste ponto cada utilizador te tentará dizer que o alojamento que usa é o melhor, já experimentei tantos que posso dizer-te que o que é bom para uns não diz nada a outros. Verifica os teus requisitos, o quanto queres gastar, e escolhe um alojamento que te parece enquadrar bem.

Os anúncios do Google, pelo que tenho ouvido dizer, não chegam para pagar o alojamento, mas neste ponto será melhor outro utilizador falar porque não uso anúncios. Mesmo que o site seja concorrido há sempre os imensos ad-blockers que irão impedir que a publicidade apareça na página...

Quanto ao preço que podes pedir, depende da qualidade do serviço, dificuldade, termos acordados com o cliente, etc.. Podes consultar este tópico para teres uma ideia: http://www.portugal-a-programar.pt/index.php?showtopic=4489

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Portanto a melhor opção para quem quer um espaço (servidor) proprio será alugando ?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Duas novas duvidas ...

1 - Supondo que temos um site com alguns espaços destinados a publicidade e alguem mostra interesse em usá-los, eu como prestador de um serviço tenho de enviar alguma factura/recibo à pessoa ?

2 - Existem sites co "Copyright" ... mas como o posso fazer?

abraço do gajo

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sim, tens de enviar uma factura e tens de pagar os impostos :P

Não percebi a parte do copyright...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sim, tens de enviar uma factura e tens de pagar os impostos :D

Não percebi a parte do copyright...

Sim, factura e tens de pagar impostos :P

os direitos de autor, podes usar uma licença GPL, Creative Commons, ou fazer a tua própria licença, mas para isso terás de contactar um bom advogado com experiência na matéria... se estás preocupado com o teu código, se queres que te diga não é uma coisa que te devas importar tanto assim... na web o código (html / scripts) é visível, mas não é nada de preocupante :P

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Se a pergunta era essa então não precisas de licença nenhuma.

Toda a obra goza de protecção sobre direitos de autor. Nem sequer precisas de colocar o simbolo de copyright ou a palavra, que em português não tem qualquer significado, seria mais protecção de direito autoral.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

[Critical Noob question .1]

E para passar os ditos ducumentos, como é que deverei proceder? como voces o fazem? Passam-nas no Scanner e enviam virtualmente ou por carta?

[Critical Noob question .2]

...  :-[

E para os poder passar ... tenho de me inscrever nas finanças? :P Que devo exactamente fazer?

abraço do gajo

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

1) Envias num ficheiro license.txt a licença e mostrar também no instalador. :P

2) Não, não tens.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

1) Envias num ficheiro license.txt a licença e mostrar também no instalador. :D

2) Não, não tens.

Podes ser mais especifico?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

[Critical Noob question .1]

E para passar os ditos ducumentos, como é que deverei proceder? como voces o fazem? Passam-nas no Scanner e enviam virtualmente ou por carta?

[Critical Noob question .2]

...  :-[

E para os poder passar ... tenho de me inscrever nas finanças? :P Que devo exactamente fazer?

abraço do gajo

Por ditos documentos queres dizer licenças ou recibos?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Ah, recibos é diferentes. Recibos tens de enviar para o cliente uma factura-recibo com o teu nr de contribuinte, etc etc e o do cliente também. Depois, esse documento vai entrar para o teu IRS (ou não ;>). :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Bgd :D

Aa ... portanto nada de ser necessario colectar-me ou algo do raio ... é mandar fazer as facturas recibo e ... mandar por carta?

Desculpem la as questões chatas mas isto tem-me feito a cabeço num 8, pois baralha-me bastante. E quanto mais ajuda arranjar melhor

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Depende do tipo de recibos.

Até ao momento só passei Actos Isolados, um acto isolado corresponde a uma actividade não prevista, isto significa que, por exemplo, o  desenvolvimento de um site, ou dois, num mesmo ano não costuma levantar problemas. No caso de um acto isolado precisas do NIF da empresa e de escrever um recibo onde descriminas os valores sem IVA, os motivos do serviço, o IVA cobrado, que deve ser de 21%, e o valor final com IVA incluido. Bem como a tua identificação completa, número de BI e NIF, se não me engano, mas já não tenho a certeza do modelo, podes sempre pedir um numa repartição de finanças, foi lá que fui pedir o modelo que usei.

Se não poderes promover um acto isolado é obrigado a registo, aí tens de pedir ajuda a um contabilista ou na repartição de finanças. Existem vários modelos em que te podes enquadrar mas o mais provável será o de contabilidade simples, onde terás tu de fazer a contabilidade.

Se não usares o mecanismo de actos isolados terás de comprar um livro de recibos, normalmente as grandes papelarias têm para venda, Office Centre por exemplo, e de o carimbares na repartição de finanças a que fazes parte.

Depois tens de passar o recibo ao cliente, isso é só preencher os campos :D

Mas o melhor, se quiseres manter as coisas legais, será pedires informações na tua repartição de finanças ou num contabilista/técnico de contas. Melhor estares bem informado para não teres surpresas, e já agora, lembra-te que o IVA é de 21% o que quer dizer que se pedires, por exemplo 300€ por um trabalho, o preço final irá subir para 363€, se pedires 500€ o preço vai subir para 605€, e isso pode fazer o cliente ficar um pouco assustado ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

aa ... portanto, se eu não puder passar actos isolados, tenho de me registar/colectar nas finanças?

E para isso sou obrigado a escolher um modelo de contabilidade?

E ... qualquer que seja o serviço será sempre a 21%?

E ... para além da repartição de finanças ... há outras entidades onde me possa informar convenientemente mas sem ter de desembolçar pela informação?

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Sim, será sempre de 21%, pelo menos pelo que sei, mas podem existir serviços com outros valores, se bem que não me consigo lembrar de nenhum que não seja de 21%.

Outros pontos de informação?... tinha por aqui uns documentos que explicavam mais ou menos, mas não sei deles e não posso prometer que os possa disponibilixar... Tenta contactar algum organismo governamental, por exemplo o site e-finanças.gov.pt, ou encontrar legislação adqueada na net, mas não sei onde. Outra forma é teres um amigo que seja contabilista e faça um favorzito :D

Sinceramente não sei onde possas obter mais informação correcta que não uma repartição de finanças ou um contabilista/técnico de contas.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Pois tenho andado pela net a ver o que apanhava mas ... a coisa não tá simples lol

Existem vários modelos em que te podes enquadrar mas o mais provável será o de contabilidade simples, onde terás tu de fazer a contabilidade.

Mas esses modelos sao para pessoas colectadas? E sao essas que são obrigadas a tratar da contabilidade? E esse plano simples sou eu que tenho de fazer os calculos ou tenho alguem nas finanças a apoiar?

Desde já um obrigado às pessoas que me têem respondido :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

os modelos de contabilidade dependem do volume de facturação...

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Se és tu não tens ninguém a apoiar-te, isto é, a questão não é não teres ninguém é não seres obrigado a ter alguém. Como o marinheiro disse, vai depender do volume de receitas, mas acho melhor perguntares a quem tem mais conhecimentos sobre o assunto.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

No caso dos recibos verdes, tens que abrir actividade nas fianças e comprar lá o livro de recibos.

No primeiro ano estas isento de pagar iva e assim vai continuar ate ao ano em que factures mais que 10 000 euros

a partir dai tens sempre que cobrar iva mesmo que não ultrapasses esse valor

O melhor mesmo e pedires informações a um contabilista do que a um bando de informáticos que não percebem nada disto!!!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
O melhor mesmo e pedires informações a um contabilista do que a um bando de informáticos que não percebem nada disto!!!

Acho que foi a melhor resposta dada até agora, aqui só vais apanhar meias verdades e sugestões relacionadas com a experiência de cada um :D, pergunta a quem sabe, e aqui não é o sitio certo ;)

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

lool

Pois ... hei-de me desenrrascar,  pode ser que exista um forum de contabilistas :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

É assim tão difícil falar com um contabilista? nas finanças informam-te de tudo,  na loja do cidadão tens até um gabinete de aconselhamento aconselhamento

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora