• Revista PROGRAMAR: Já está disponível a edição #53 da revista programar. Faz já o download aqui!

_deXter

Universidade de Aveiro inaugura hoje ilha no Second Life

13 mensagens neste tópico

Universidade de Aveiro inaugura hoje ilha no Second Life

É a primeira presença oficial de uma instituição de ensino superior portuguesa no SL e tem inauguração agendada para hoje numa ilha que alberga cinco edifícios próprios.

Neste espaço, a Universidade de Aveiro (UA) vai promover a realização de aulas, conferências reuniões e eventos sociais. A sua abertura aos residentes do SL será feita pelo avatar do vice-reitor, José Alberto Rafael.

Ao mesmo tempo vai também decorrer o lançamento oficial do blogue da ilha da UA.

Para acompanhar o evento, basta aceder ao Second Life (desde que tenha uma conta de utilizador e o programa instalado no PC) e pesquisar “Universidade de Aveiro”.

Após a inauguração, haverá intervenções da vice-presidente para a área do marketing da Linden Lab (empresa que criou o SL) e de Jorge Lima, o português que detém há mais tempo uma presença no SL e fundador da Beta Technologies, empresa com sede em Lisboa que está a construir e vender a clientes de todo o mundo edifícios, objectos, filmes e jogos para o SL.

Fonte: http://exameinformatica.clix.pt/noticias/internet/215323.html

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Hum...., 26 de Maio... então lamento mas não é a primeira presença de uma instituição de ensino superior portuguesa. A ESTG está lá há mais tempo :D

Mas não houve qualquer inauguração, apenas um discreto inicio de actividade. Embora ainda não tenha todos os edificios presentes no campus 2 da ESTG.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Epa... sem ofensa, mas tenho a dizer que que considero isto tudo uma grande palhaçada idiota e parola.

O que se seguirá a isto? Grupo de cientistas da universidade XPTO ( oh please.. me me me ) abre conta no hi5?

A comunicação social está mais uma vez a ser manipulada e a cometer um grande erro. Estão a dizer às pessoas que o second life é uma coisa "virtual" ( palavra mágica ) assim como os hologramas nos filmes de ficção cientifica. E depois claro, o povão não está instruido e engole todas essas idiotices.

Existem muitas tecnologias de comunicação em muitos formatos diferente que permitem comunicar de mil e uma formas diferentes dependendo do tipo de comunicação pretendido. De repente estes gajos do secondlife querem convencer toda a gente que sao os iluminados.

Caiam na realidade, é uma plataforma engraçada como são os outros jogos em rede, nada mais.

Ainda não percebi como é que as pessoas começaram a por dinheiro real naquilo em troca de uma moeda virtual sem valor inicial. Penso que tudo isso é suportado pelos casinos reais que lá existem, que, no dia em que desaparecerem, levarao consigo qualquer valor real la da moeda do second life.

Com todo o respeito pela universidade de aveiro, já está na altura de centrar esforços no ensino e abandonar a publicidade de consumo imediato, caso contrario transformar-se-á numa universidade estilo restaurante macdonalds.

Isto é um fenómeno semelhate à igreja universal do reino de deus. A universidade de aveiro converteu-se. Só espero que tenha alguma prudencia.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Eu até acho piada mas sinceramente leccionar naquilo?! Deve ser muito interessante. Pior é que o Second Life é dos piores sistemas do género que conheço. Mas é giro :D

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A universidade converteu-se, mas não é só ela. Podes juntar Cisco, IBM, Vodafone, etc

O valor do dinheiro é relativo, e depende sempre da economia. Podemos dizer que o valor que as notas têm também é virtual, porque no fundo é uma folha de papel sofisticada.

Se o Second Life tem uma economia, então o seu dinheiro também pode ter valor.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

La esta, e como tudo... Uns apoiam outros não.  :biggrin:

Desde que não venha influenciar negativamente coisas mais importantes não vejo problema nenhum...

P.S. Agora pessoalmente, acho que havia coisas mais interessantes em que gastar o tempo. Mas isso sou eu.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites
Agora pessoalmente, acho que havia coisas mais interessantes em que gastar o tempo

Tempo e dinheiro, não é de borla :thumbsup:

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

A universidade converteu-se, mas não é só ela. Podes juntar Cisco, IBM, Vodafone, etc

O valor do dinheiro é relativo, e depende sempre da economia. Podemos dizer que o valor que as notas têm também é virtual, porque no fundo é uma folha de papel sofisticada.

Se o Second Life tem uma economia, então o seu dinheiro também pode ter valor.

Que essas empresas usem o second life para fazer publicidade é uma coisa, pois o dinheiro é deles. Agora uma universidade publica!?!? É para aí que o meu dinheiro vai? Para o senhor reitor brincar no second life? Acho mau.

O teu segundo paragrafo é um raciocinio invalido pois comete à partida uma falacia basica.

O valor do dinheiro é determinado por aquilo que o suporta. Ou seja, um país sem nenhuma produção ou fluidez económica não é capaz de manter o valor da sua moeda em situação alguma. Basta olhar para as moedas dos países africanos.

O second life tem uma economia, muito bem... basada em quê? suportada pelo quê? Penso que o secondlife é um embrulho para os casinos que lá tem dentro, caso contrario nao estou a ver em que é que a moeda deles se apoia.

Um exemplo para todos perceberem melhor:

se eu criar uma moeda chamada dolars-tugas e estipular que um dolartuga vale  3 euros. Se eu cunhar essa moeda e aceitar cambios de 2 euros por cada dolartuga voces vao trocar os vossos euros por dolarstugas? porque não? têm na mesma um valor... ( na verdade nao têm )

Agora se eu por exemplo tiver uma ourivesaria e só aceitar trocas em dolarstugas... aí já se pode fazer negocio.

Moral da historia: o dinheiro só tem valor se houver produção de mais-valias que o suportem, caso contrario não tem qq valor. A única razão pela qual há cunhagem de moeda hoje em dia é para que a inflação não desça a baixo de zero pois isso provocaria um colapso da economia. Os gajos do second life não descobriram agora a formula mágica no século 21. Podem ter arranjado forma de manipular a comunicação social de forma bastante favoravel para eles, mas isso é outra coisa.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Para o senhor reitor brincar no second life? Acho mau.

É senhora Reitora!  :thumbsup:

Quanto ao tópico, acho bem que inovem, mas acho mal que usem os dinheiros públicos para coisas sem interesse. Até agora ainda não dei muita importância a esta coisa do Second Life, por isso, ainda não percebo se é bom ou mau a Universidade de Aveiro estar lá!

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

pedrotuga:

Quanto a Universidades gastarem dinheiro tens uma certa razão. Mas também não sei muito bem o que está a ser implementado, não vou criticar de pensamento aberto.

Se me disserem "vamos implementar uma biblioteca virtual", "vamos fazer conferencias virtuais, reunir académicos das mais variadas instituições", é um investimento, e como todos os investimentos têm riscos, vamos ver se vale o dinheiro gasto.

Agora quando disseste "produção ou fluidez económica" é basicamente economia de que estás a falar.

A economia é suportada não só por produtos mas também por serviços (bens e serviços). Um serviço vale alguma coisa, para não dizer bastante, já que a economia de serviços tem crescido "pa caneco".

O Second Life basicamente presta um serviço em que as pessoas aderiram.

O dinheiro tem o valor que as pessoas lhe dão. Eu não trocava o meu dinheiro por dolar-tuga a não ser que o pudesse trocar novamente por outra coisa qualquer (bens ou serviços). Tem de existir economia/microeconomia, não vou aceitar a troca só porque um individo-o me disse que tem valor.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Nem mais. Eu falei mesmo de economia.

E quando falo em produção incluem-se obviamente as prestações de serviços. eu tive o cuidado de usar a expressão mais valia.

No teu ultimo paragrafo tocas precisamente na questão chave chave desta discussao.Entao vejamos: os tais linden dolars... foram cunhados, quem foi que deu dinheiro em troca de que serviços? Isto é o que interessa aqui. Começaram do nada a cobrar dinheiro por espaço acreditando os compradores que aquele espaço pudesse valorizar? Ou não serão os linden dolars apenas outro formato de 'fichas' para os casinos lá existentes?

Sinceramente não acredito que as pessoas começaram a comprar terreno ou o que quer que seja por simples fezada. Se deram dinheiro por alguma coisa la no second life, é porque essa alguma coisa se traduz num valor em dolars. Ou seja, voltamos ao mesmo, tem que lá estar alguma coisa que valha dolars reais. Na minha opiniao sao os casinos.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Insisto que o valor das coisa é relativo depende do valor que cada um dá (oferta/procura). Até os dolars reais ou não. Porque podes ter dolares sem ter notas ou moedas.

Mas se insistes nisso, é o mesmo que pagar por um alojamento. Tens terreno que se traduz por espaço para colocares recursos e poder de calculo, porque fazer rendering daquilo tudo exige muitos servers potentes e gastos de energia dessas tostadeiras.

Assim já é real?

Quanto a trocas monetárias dentro do jogo, é efectuado pagamento de serviços, existe pessoal que investe tempo a fazer programação, modelação, som, animações, e outros trabalhos que geram a dinâmica do jogo.

Serviços são serviços não tem que se comparar a nada. Eu posso inventar um serviço qualquer, tipo... chamar nomes a pessoas, vou contratar um gajo só para chamar nomes ao pessoal que passa em frente à minha porta. LOL. Ora este gajo está a prestar-me um serviço que aparentemente não tem utilidade nenhuma (ainda arranja é problemas). No entanto eu estou-me a cagar a rir da janela, e o gajo até está a fazer um lindo serviço. Vou pagar bem por isso, porque gosto do serviço do gajo.

Ok. Concordo contigo que este serviço é uma bela palhaçada.

E pronto acho que me fartei da discusão. Só esbanja quer quer e quem é rico. Eu não.

0

Partilhar esta mensagem


Link para a mensagem
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou ligue-se para comentar

Só membros podem comentar

Criar nova conta

Registe para ter uma conta na nossa comunidade. É fácil!


Registar nova conta

Entra

Já tem conta? Inicie sessão aqui.


Entrar Agora